Este espaço é seu anuncie aqui! 87 9 9962-6354 / 9 8164-4420

Local do Som Equipadora e Auto Center.

Local do Som  Equipadora e Auto Center.
Garanhuuns-PE

Garanhuns Bijuterias e Bianca Bijoux.

Garanhuns Bijuterias e Bianca Bijoux.

Roberto dos Ônibus.

Roberto dos Ônibus.

Casa do Côco.

Casa do Côco.
Rua Melo PeIxoto, 79 CeNtro Garanhuns PE

Rua do Ipiranga, 143 Boa Vista Garanhuns PE.

Rua do Ipiranga, 143 Boa Vista Garanhuns PE.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Cia da Construção e Madeireira.

Cia da Construção e Madeireira.

King Lanternagem e Pintura.

King Lanternagem e Pintura.

sexta-feira, 28 de agosto de 2015

Aluno de 13 anos mata colega de 14 a socos no Mato Grosso

Da Agência O Globo
Um estudante de 13 anos matou seu colega de 14 durante o intervalo da aula, numa escola estadual de Juruema, a 893 quilômetros de Cuiabá. O crime ocorreu na última quarta-feira, e o motivo teria sido porque o adolescente mais velho xingou a mãe do agressor, que revidou e o agrediu com socos no rosto. O jovem de 14 anos desmaiou, foi levado a um hospital da cidade, mas faleceu logo em seguida. O outro estudante foi apreendido.

Os médicos tentaram reanimá-lo, no entanto, ele não resistiu e morreu na unidade de saúde. O médico legista constatou que o adolescente teve uma parada cardiorrespiratória e estava com uma fratura no pescoço. Para a polícia, o adolescente torceu o pescoço ao cair.
Testemunhas e a Polícia Civil informaram que os jovens tinham uma rixa antiga, e gostavam da mesma garota, que também estudava na escola. O jovem assassinado estava no 9º ano do ensino fundamental, e o agressor, no 8º. De acordo com a polícia, a vítima teria ofendido o colega com xingamentos à mãe dele. O outro estudante foi tomar satisfação e bateu no peito do colega e, em seguida, deu três socos no rosto da vítima. O jovem mais velho desmaiou, foi socorrido por funcionários da escola e levado ao hospital.
O agressor foi detido e levado para a Polícia Civil, acompanhado de representantes do Conselho Tutelar e da família. O jovem deve responder por lesão corporal seguida de morte. Os funcionários da escola relataram que o suspeito tinha um comportamento agressivo, era problemático e faltava às aulas. O outro jovem, segundo relator, tinha um bom comportamento na sala de aula, mas também causada desentendimentos quando não estava estudando.
As aulas foram suspensas até a próxima segunda-feira. Por nota, a Secretaria Estadual de Educação do estado lamentou o ocorrido, e informou que uma equipe de psicólogos acompanha o caso e presta o apoio à família.

Nenhum comentário:

Postar um comentário