Este espaço é seu anuncie aqui! 87 9 9962-6354 / 9 8164-4420

Garanhuns Bijuterias e Bianca Bijoux.

Garanhuns Bijuterias e Bianca Bijoux.

GF Presentes e Variedades Vendas em Atacado e Varejo.

GF Presentes e Variedades Vendas em Atacado e Varejo.

Informamos que Simulador de direção é obrigatório para tirar CNH.

Informamos que Simulador de direção é obrigatório para tirar CNH.

Casa do Côco.

Casa do Côco.
Rua Melo PeIxoto, 79 CeNtro Garanhuns PE

Rua do Ipiranga, 143 Boa Vista Garanhuns PE.

Rua do Ipiranga, 143 Boa Vista Garanhuns PE.

Volte a Sorrir Garanhuns PE.

Volte a Sorrir Garanhuns PE.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Motorista capacitado, há dez anos em transporte de universitários.

Motorista capacitado, há dez anos em transporte de universitários.

quinta-feira, 13 de agosto de 2015

Governo de PE alega crise para hospitais, mas gasta R$ 160 mil com tapetes, R$ 50 mil com gelo e R$ 2,2 milhões com cafezinho

Enquanto funcionários e pacientes do Hospital Mestre Vitalino ficam sem saber o que vai acontecer com a unidade, após a Fundação Altino Ventura anunciar que desistiu de administrar a unidade por falta de verbas do Estado, os editais lançados pelo governo mostram uma preocupação séria com carpetes.
A licitação será realizada na modalidade “Pregão Eletrônico” (nº 016/2015) e pagará até R$ 166.66por tapete. No total, cerca de R$ 165 mil.

A reclamação foi feita pelo sindicato dos policiais civis de Pernambuco e expõe gastos supérfluos do Governo de Pernambuco, em detrimento da contenção de despesas extrema que vem sendo feita em áreas como saúde e segurança.

A preocupação da equipe do governador Paulo Câmara com bebida gelada também chamou a atenção. Foram gastos R$ 51.208,20, para a compra de gelo, através do Pregão Eletrônico 03/2015.

O cafezinho para ser degustado enquanto se resolvem os problemas do Estado também pode sair caro em Pernambuco. Foi o que publicou o jornalista Giovanni Sandes, no Jornal do Commercio. O cafezinho pode chegar ao valor simbólico de R$ 2,2 milhões para Pernambuco. Veja um trecho da reportagem:
Talvez por isso o Estado tenha lançado uma licitação na modalidade registro de preços para o aluguel de200 máquinas de café expresso, já incluídos bebida e açúcar, reparos e manutenção, por exemplo. As propostas pelos dois lotes do contrato podem alcançar o valor máximo de R$ 2,295 milhões por ano.”

Não discuto, aqui, a crise pela qual passa o país e Pernambuco. Não discuto a falta de verbas para tocar a administração. Mas, fica a pergunta: será que estamos investindo em prioridades e será que o planejamento financeiro do Estado é correto para este momento de crise?



Blog do Igor Maciel




Nenhum comentário:

Postar um comentário