Este espaço é seu anuncie aqui! 87 9 9962-6354 / 9 8164-4420

Garanhuns Bijuterias e Bianca Bijoux.

Garanhuns Bijuterias e Bianca Bijoux.

GF Presentes e Variedades Vendas em Atacado e Varejo.

GF Presentes e Variedades Vendas em Atacado e Varejo.

Informamos que Simulador de direção é obrigatório para tirar CNH a partir de 12/12/2016.

Informamos que Simulador de direção é obrigatório para tirar CNH a partir de 12/12/2016.

Casa do Côco.

Casa do Côco.
Rua Melo PeIxoto, 79 CeNtro Garanhuns PE

Rua do Ipiranga, 143 Boa Vista Garanhuns PE.

Rua do Ipiranga, 143 Boa Vista Garanhuns PE.

Volte a Sorrir Garanhuns PE.

Volte a Sorrir Garanhuns PE.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

segunda-feira, 14 de setembro de 2015

Laxixa, ex-atacante do Sport, morre vítima de AVC no Hospital Perpétuo do Socorro, em Garanhuns


Faleceu na madrugada desta segunda-feira uma das figuras mais carismáticas do futebol pernambucano. Djalma Oliveira Passos, mais conhecido no mundo da bola como Laxixa, estava internado no Hospital Perpétuo do Socorro, em Garanhuns, desde o sábado, dia 5 de setembro. Havia sofrido um AVC e não conseguiu se recuperar. Laxixa morreu aos 75 anos. O enterro vai acontecer na tarde desta segunda-feira, no Cemitério de Santo Amaro. 

Laxixa teve uma carreira curta e vitoriosa carreira no Sport. Despontou nos anos de 61 e 62, sendo bicampeão Pernambucano, ao lado de Traçaia e Betancourt, grandes craques do Leão. Mesmo mostrando muita qualidade técnica, Laxixa desistiu do futebol pouco tempo depois. Foi aprovado no vestibular de Economia. A partir daí, saiu dos gramados e começou a construir sua história profissional como bancário. 

Mas Laxixa não conseguia largar a vida de boleiro. Gostava de fazer amizades. E soube fazer isso como ninguém. Era "chapa",  como costumava dizer, de Almir Pernambuquinho, Vavá, Luciano Veloso, Gena, entre tantos outros. Era o principal articulador dos encontros anuais dos ex-jogadores de futebol no Recife. Ficava feliz ao organizar a tradicional pelada e feijoada. Mantinha como costume ir para o Parque da Jaqueira para conversar com os amigos sobre... futebol. 

Conheci Laxixa numa dessas conversas. Liguei para saber das histórias do passado e ele preocupado com o desenrolar da matéria, ligava todos os dias para saber se eu havia conseguido entrevistar os personagens que ele havia me indicado. E continuou ligando mesmo após a publicação da matéria para falar dos jogos da rodada. Viramos amigos. Gostava das suas longas conversas, das histórias dos bastidores do futebol e da sua visão sobre tática. Estava sempre atualizado. 

Mas a alegria de Laxixa foi embora em julho de 2011, quando Gilka, sua esposa faleceu. Era o seu suporte. Estava ao seu lado em todas as circunstâncias.   Um infarto tirou a vida de Gilka e a alegria de Laxixa para viver. Desde então, o futebol perdeu para o ex-atacante do Leão que tinha  um coração gigante aberto para amizades e carinho. Laxixa era uma grande figura querida. Vai deixar muitas saudades. 


Fonte Globo Esporte

Nenhum comentário:

Postar um comentário