Este espaço é seu anuncie aqui! 87 9 9962-6354 / 9 8164-4420

Garanhuns Bijuterias e Bianca Bijoux.

Garanhuns Bijuterias e Bianca Bijoux.

GF Presentes e Variedades Vendas em Atacado e Varejo.

GF Presentes e Variedades Vendas em Atacado e Varejo.

Informamos que Simulador de direção é obrigatório para tirar CNH a partir de 12/12/2016.

Informamos que Simulador de direção é obrigatório para tirar CNH a partir de 12/12/2016.

Casa do Côco.

Casa do Côco.
Rua Melo PeIxoto, 79 CeNtro Garanhuns PE

Rua do Ipiranga, 143 Boa Vista Garanhuns PE.

Rua do Ipiranga, 143 Boa Vista Garanhuns PE.

Volte a Sorrir Garanhuns PE.

Volte a Sorrir Garanhuns PE.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

sábado, 10 de outubro de 2015

Brasília: Casa do senador “Romário” é invadida


hqdefaultNo início da tarde desta sexta-feira (9/10), duas pessoas invadiram a casa do ex-jogador e senador Romário (PSB-RJ) na QL 24 do Lago Sul. Segundo a Polícia Militar, a invasão ocorreu por volta das 14h40.
Um dos envolvidos foi levado à 1ª Delegacia de Polícia e um adolescente seguiu para a Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA) e acabou sendo liberado em seguida. O maior foi enquadrado no crime de corrupção de menores e ficará detido até ser encaminhado a um juiz.
O carro dos suspeitos estava estacionado dentro da residência do senador. O Classic dourado era da tia de um dos envolvidos. Ainda de acordo com a PM, os jovens frequentemente lavavam os veículos dos jogadores da equipe de futebol do Brasiliense, inclusive, de Romarinho, filho do parlamentar.
A suspeita é de que eles teriam furtado o controle que dá acesso ao portão da residência. O maior envolvido no caso chegou a dizer que recebeu o controle por meio do ex-zagueiro do Jacaré Fábio Braz, que morou com Romário no período que jogava pelo Brasiliense. O jogador negou os fatos à PM. No momento da abordagem, os “invasores” estavam ao lado da Ferrari do senador.
Essa não foi a primeira vez que eles estiveram na casa de Romário. Quando Romarinho e Fábio Braz jogavam no Brasiliense, os suspeitos teriam ido à residência do senador em algumas oportunidades, sempre a convite dos atletas. A tia de um dos envolvidos ainda achou estranha a detenção, ela alegava que os jovens frequentavam o local, segundo informou a PM ao Metrópoles.
No momento da invasão, a namorada de um dos assessores de Romário estava na residência. Ela percebeu, então, que dois indivíduos estavam na piscina. Ao questioná-los, eles responderam que estavam ali apenas para se divertir e que não fariam nenhum mal a ela. A assessora estava presente na 1º DP (Asa Sul), mas não quis contato com os jornalistas.
O advogado de Romário, Luiz Sérgio Vascolos, disse ao Metrópoles que apenas integrantes da equipe do senador estavam autorizados a entrar na casa. Vascolos afirmou que vai recomendar ao ex-jogador aumentar a segurança da casa e resolver a situação na Justiça.
Vascolos atribuiu o incidente à operação de desobstrução da orla do Lago Paranoá, empreendida pela Agência de Fiscalização do DF (Agefis). “A desocupação da orla está muito complicada, deixando as casas vulneráveis”, considera o advogado.
O filho do ex-jogador e atleta do Vasco, Romarinho, disse ao Metrópolesque considerou estranha a suspeita da polícia: “Estou há um ano sem ir a Brasília. É meio difícil alguém ter conseguido o controle”.
A reportagem tentou entrar em contato com o senador, mas o telefone de Romário está desligado.
Leia agora o relato da própria Polícia Militar sobre o ataque à propriedade do ex-jogador:
No início dessa tarde a namorada do assessor do senador estava na QL 24 quando o interfone tocou.
A jovem não atendeu o interfone pois não estava esperando ninguém, porém viu pelas câmeras que eram dois rapazes em atitude suspeita. Sendo assim , ligou para o namorado, assessor do jogador e que estava viajando e informou o ocorrido pedindo para que ele ligasse para a polícia.
O namorado da moça entrou em contato com o 5º BPM e solicitou que os policiais pudessem averiguar a situação. Assim que chegaram no local, os dois suspeitos estavam dentro da casa do senador.
Segundo a moça, após tocarem o interfone e acharem que não tinha ninguém, os rapazes abriram o portão com o controle e entraram no quintal.
Ao chegar no local, os policiais apreenderam os suspeitos e os encaminharam para a 1ª DP e para a DCA. Segundo os jovens, eles estavam lá apenas para curtir a piscina da casa. Na mochila, foram encontradas somente roupas de banho e um narguilé.
Um deles era lavador de carro de um local próximo ao clube de futebol do Brasiliense e talvez tenha conseguido o controle da casa quando o filho do Romário jogava no clube.

blog jair sampaio

Nenhum comentário:

Postar um comentário