Este espaço é seu anuncie aqui! 87 9 9962-6354 / 9 8164-4420

Garanhuns Bijuterias e Bianca Bijoux.

Garanhuns Bijuterias e Bianca Bijoux.

GF Presentes e Variedades Vendas em Atacado e Varejo.

GF Presentes e Variedades Vendas em Atacado e Varejo.

Informamos que Simulador de direção é obrigatório para tirar CNH a partir de 12/12/2016.

Informamos que Simulador de direção é obrigatório para tirar CNH a partir de 12/12/2016.

Casa do Côco.

Casa do Côco.
Rua Melo PeIxoto, 79 CeNtro Garanhuns PE

Rua do Ipiranga, 143 Boa Vista Garanhuns PE.

Rua do Ipiranga, 143 Boa Vista Garanhuns PE.

Volte a Sorrir Garanhuns PE.

Volte a Sorrir Garanhuns PE.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

quinta-feira, 8 de outubro de 2015

Justiça da Espanha pede 22 meses de prisão para Messi por fraude fiscal


A Procuradoria Geral da Espanha pediu que o atacante Lionel Messi, do Barcelona, seja condenado a 22 meses e meio de prisão por fraude fiscal cometida entre 2007 e 2009, informou nesta quinta-feira (8) o jornal “El País”.

De acordo com o periódico, as autoridades espanholas admitem que Messi é “leigo” em assuntos tributários, mas que “não pode ignorar” que boa parte das receitas de exploração dos seus direitos de imagem vinham de empresas sediadas em paraísos fiscais, como Uruguai e Belize.

O argentino é acusado de uma fraude fiscal contra a Fazenda de 4,1 milhões de euros (cerca de R$ 18 milhões).

Nesta semana, a Promotoria da Espanha já havia pedido 18 meses de prisão para o pai de Messi, Jorge Horacio Messi.

No documento apresentado ao Tribunal de Instrução de Gavà, o Ministério Público inocenta o jogador no caso, ao entender que ele não teve conhecimento da fraude cometida pelo pai, uma opinião contrária à do tribunal de Barcelona, que o mantém como acusado.

A Promotoria inicialmente acusou o atacante argentino e seu pai, no entanto, meses mais tarde, pediu o arquivamento das denúncias contra o atleta, depois de ambos pagarem 5 milhões de euros.


Folha Press

Nenhum comentário:

Postar um comentário