Este espaço é seu anuncie aqui! 87 9 9962-6354 / 9 8164-4420

Garanhuns Bijuterias e Bianca Bijoux.

Garanhuns Bijuterias e Bianca Bijoux.

GF Presentes e Variedades Vendas em Atacado e Varejo.

GF Presentes e Variedades Vendas em Atacado e Varejo.

Informamos que Simulador de direção é obrigatório para tirar CNH a partir de 12/12/2016.

Informamos que Simulador de direção é obrigatório para tirar CNH a partir de 12/12/2016.

Casa do Côco.

Casa do Côco.
Rua Melo PeIxoto, 79 CeNtro Garanhuns PE

Rua do Ipiranga, 143 Boa Vista Garanhuns PE.

Rua do Ipiranga, 143 Boa Vista Garanhuns PE.

Volte a Sorrir Garanhuns PE.

Volte a Sorrir Garanhuns PE.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

quinta-feira, 1 de outubro de 2015

Policial militar é baleado por traficantes e arrastado por cavalo até a morte

Na madrugada desta segunda-feira (28) o corpo de um soldado da Polícia Militar foi encontrado em Nova Iguaçu (43 km do Rio de Janeiro) com sinais de tortura. Segundo informações, o crime ocorreu quando o policial identificado como Bruno Rodrigues Pereira se preparava para dormir momento em que teria recebido uma ligação para ir buscar o irmão em uma comunidade. O soldado chegou a ligar para sua esposa e dizer que achou o lugar que iria buscar seu irmão muito estranho. Durante o trajeto Bruno foi parado por bandidos que descobriram que ele era da Policia Militar. Ainda segundo informações, os marginais efetuaram um disparo contra o soldado que ao cair foi amarrado e arrastado por um cavalo pelas ruas da favela. O irmão de Bruno diz ainda ter visto seu carro passando em alta velocidade e com o porta-malas aberto e em seguida os bandidos teriam jogado a farda, a pistola e os documentos do policial para fora do veículo. De acordo com a PM, um adolescente de 17 anos confessou que teria montado o cavalo que arrastou o policial. Outros 05 adolescentes foram apreendidos e 08 adultos foram presos suspeitos de envolvimento na morte do policial. O corpo do soldado foi enterrado nesta última terça-feira (29). A Divisão de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) investiga o caso. 


fonte portal plantão policial

Nenhum comentário:

Postar um comentário