Este espaço é seu anuncie aqui! 87 9 9962-6354 / 9 8164-4420

Garanhuns Bijuterias e Bianca Bijoux.

Garanhuns Bijuterias e Bianca Bijoux.

GF Presentes e Variedades Vendas em Atacado e Varejo.

GF Presentes e Variedades Vendas em Atacado e Varejo.

Informamos que Simulador de direção é obrigatório para tirar CNH a partir de 12/12/2016.

Informamos que Simulador de direção é obrigatório para tirar CNH a partir de 12/12/2016.

Casa do Côco.

Casa do Côco.
Rua Melo PeIxoto, 79 CeNtro Garanhuns PE

Rua do Ipiranga, 143 Boa Vista Garanhuns PE.

Rua do Ipiranga, 143 Boa Vista Garanhuns PE.

Volte a Sorrir Garanhuns PE.

Volte a Sorrir Garanhuns PE.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

quinta-feira, 19 de novembro de 2015

BELGA MENTOR DOS ATAQUES NA FRANÇA FOI MORTO NA AÇÃO DE QUARTA

O corpo do jihadista belga Abdel Hamid Abaaoud, suposto mentor dos atentados de Paris, foi formalmente identificado pela polícia entre os mortos da operação de quarta-feira (18/11) em Saint Denis, norte da capital, anunciou a procuradoria.
O corpo crivado de balas foi achado ao fim da operação no apartamento onde um grupo de jihadistas se entrincheirou. Sua identidade foi determinada graças às impressões digitais, acrescentou a fonte.
Abdelhamid Abaaoud
O belga Abdelhamid Abaaoud, suspeito de ser o instigador dos ataques de sexta-feira em Paris, é um jihadista de 28 anos, membro ativo do grupo Estado Islâmico (EI), que escapava das forças de segurança europeia há vários anos.
Abdelhamid Abaaoud nasceu em 1987 no bairro de Molenbeeck, subúrbio de Bruxelas. Ele é conhecido como Abu Omar Susi, nome da região do sudoeste de Marrocos de onde sua família é originária, ou Abu Omar al Baljiki (Abu Omar ‘o belga’). “Era um menino estúpido”, que assediava colegas e professores e era detido por roubar carteiras, relatou, sob condição do anonimato, um ex-colega de turma ao tabloide belga La Dernière Heure.
Não é a primeira vez que o nome de Abu Omar ‘o belga’ aparece em uma investigação. No início de 2014, ele estampou as capas dos jornais belgas por ter levado para a Síria o seu irmão Yunis, de 13 anos, apelidado de “o jihadista mais jovem do mundo”. Pouco depois, apareceu em um vídeo de propaganda do EI, com uma barba pré-púbere e um turbante do tipo afegão. Diante da câmera, na direção de uma caminhonete que arrasta corpos mutilados, Abaaoud se diz orgulhoso de cometer atrocidades.
Correio Braziliense

Nenhum comentário:

Postar um comentário