Este espaço é seu anuncie aqui! 87 9 9962-6354 / 9 8164-4420

Garanhuns Bijuterias e Bianca Bijoux.

Garanhuns Bijuterias e Bianca Bijoux.

Roberto dos Ônibus.

Roberto dos Ônibus.

Informamos que Simulador de direção é obrigatório para tirar CNH.

Informamos que Simulador de direção é obrigatório para tirar CNH.

Casa do Côco.

Casa do Côco.
Rua Melo PeIxoto, 79 CeNtro Garanhuns PE

Rua do Ipiranga, 143 Boa Vista Garanhuns PE.

Rua do Ipiranga, 143 Boa Vista Garanhuns PE.

Volte a Sorrir Garanhuns PE.

Volte a Sorrir Garanhuns PE.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Cia da Construção e Madeireira.

Cia da Construção e Madeireira.

King Lanternagem e Pintura.

King Lanternagem e Pintura.

segunda-feira, 23 de novembro de 2015

POLICIAL MILITAR MATA O PRÓPRIO FILHO PARA DEFENDER A FAMÍLIA EM SÃO PAULO


São Paulo – Um policial militar que trabalha na ronda escolar de Praia Grande, no litoral sul de São Paulo, matou o próprio filho com três tiros na madrugada desta segunda-feira, 23, para defender a família. De acordo com informações da delegacia sede do município, o PM já prestou depoimento e foi liberado.
Segundo a Polícia Civil, o jovem Vinícius Ferreira Lopes, de 20 anos, que tinha um histórico de comportamento violento e de uso de drogas, chegou em casa por volta de 2 horas, no Jardim Guilhermina, e passou a agredir a mãe e os irmãos mais novos, ameaçando todos com uma faca.
Para conter o filho, o pai sacou uma pistola, mas o rapaz tentou pegar a arma. Nesse momento, o PM atirou três vezes contra Vinícius, que morreu na hora. Na sequência, o PM, que tem 48 anos, foi até a orla da cidade e tentou se matar, mas a arma falhou. Ele chamou uma viatura da PM e foi à delegacia, onde se apresentou e confessou ter matado o próprio filho.
Segundo o delegado Bruno Lázaro, responsável pelo caso, conforme a lei, houve um crime, mas em um primeiro momento a ação não foi considerada criminosa, pela existência do ato excludente de legítima defesa, cometido em momento de desespero. Um inquérito será instaurado.
Estadão Conteúdo / portal@d24am.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário