Este espaço é seu anuncie aqui! 87 9 9962-6354 / 9 8164-4420

Garanhuns Bijuterias e Bianca Bijoux.

Garanhuns Bijuterias e Bianca Bijoux.

GF Presentes e Variedades Vendas em Atacado e Varejo.

GF Presentes e Variedades Vendas em Atacado e Varejo.

Informamos que Simulador de direção é obrigatório para tirar CNH a partir de 12/12/2016.

Informamos que Simulador de direção é obrigatório para tirar CNH a partir de 12/12/2016.

Casa do Côco.

Casa do Côco.
Rua Melo PeIxoto, 79 CeNtro Garanhuns PE

Rua do Ipiranga, 143 Boa Vista Garanhuns PE.

Rua do Ipiranga, 143 Boa Vista Garanhuns PE.

Volte a Sorrir Garanhuns PE.

Volte a Sorrir Garanhuns PE.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

quinta-feira, 19 de novembro de 2015

PRESO SECRETÁRIO DE FINANÇAS DE BELÉM DE MARIA POR DESVIAR 3 MILHÕES

Presos secretário de finanças e mais 6 por desvio de R$ 3 mi em prefeitura

Sete pessoas foram detidas por lavagem de dinheiro e fraudes em licitações.
Líder do grupo seria secretário de Finanças de Belém de Maria, diz MPPE.

Do G1 Caruaru

MPPE realizou vistoria na Prefeitura de Belém de Maria (Foto: Ascom/MPPE)MPPE realizou vistoria na Prefeitura de Belém de Maria (Foto: Ascom/MPPE)
O secretário de finanças e mais seis pessoas foram presos nesta quinta-feira (19) suspeitos de desviar R$ 3 milhões da Prefeitura de Belém de Maria, Zona da Mata Sul de Pernambuco. A ação do Ministério Público de Pernambuco (MPPE) e da Polícia Civil buscou suspeitos de criar empresas fantasmas, lavar dinheiro e fraudar licitações, segundo a assessoria de imprensa do MPPE.
Quatro suspeitos foram localizados em Água Preta, um em Catente, um em Palmares e outro em Caruaru. Ao G1, o promotor de justiça Frederico Magalhães informou que o secretário de Finanças do município é suspeito de liderar o grupo. "Os demais envolvidos não eram funcionários da prefeitura. Suspeita-se que as empresas fantasmas tenham sido criadas nos nomes de cada uma das outras seis pessoas envolvidas".

G1 tentou entrar em contato - por telefone - com algum representante da prefeitura de Belém de Maria, mas as ligações não foram atendidas; deixou mensagem na página oficial da administração pública em uma rede social, solicitando um posicionamento, mas até a publicação desta matéria, não houve resposta; e também também tentou conversar com o advogado do secretário de Finanças, mas o telefone dele estava desligado ou fora da área de cobertura.

Segundo o MPPE, as investigações continuam. "O dinheiro foi desviado entre janeiro de 2013 e maio de 2014. Há suspeitas de que haja mais pessoas envolvidas no caso", disse Frederico Magalhães. O promotor também relatou que os suspeitos foram encaminhados para a Delegacia Regional de Palmares e, em seguida, serão levados para uma unidade prisional do estado


Nenhum comentário:

Postar um comentário