Este espaço é seu anuncie aqui! 87 9 9962-6354 / 9 8164-4420

Garanhuns Bijuterias e Bianca Bijoux.

Garanhuns Bijuterias e Bianca Bijoux.

Roberto dos Ônibus.

Roberto dos Ônibus.

Informamos que Simulador de direção é obrigatório para tirar CNH.

Informamos que Simulador de direção é obrigatório para tirar CNH.

Casa do Côco.

Casa do Côco.
Rua Melo PeIxoto, 79 CeNtro Garanhuns PE

Rua do Ipiranga, 143 Boa Vista Garanhuns PE.

Rua do Ipiranga, 143 Boa Vista Garanhuns PE.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Cia da Construção e Madeireira.

Cia da Construção e Madeireira.

King Lanternagem e Pintura.

King Lanternagem e Pintura.

quinta-feira, 19 de novembro de 2015

PRESO SECRETÁRIO DE FINANÇAS DE BELÉM DE MARIA POR DESVIAR 3 MILHÕES

Presos secretário de finanças e mais 6 por desvio de R$ 3 mi em prefeitura

Sete pessoas foram detidas por lavagem de dinheiro e fraudes em licitações.
Líder do grupo seria secretário de Finanças de Belém de Maria, diz MPPE.

Do G1 Caruaru

MPPE realizou vistoria na Prefeitura de Belém de Maria (Foto: Ascom/MPPE)MPPE realizou vistoria na Prefeitura de Belém de Maria (Foto: Ascom/MPPE)
O secretário de finanças e mais seis pessoas foram presos nesta quinta-feira (19) suspeitos de desviar R$ 3 milhões da Prefeitura de Belém de Maria, Zona da Mata Sul de Pernambuco. A ação do Ministério Público de Pernambuco (MPPE) e da Polícia Civil buscou suspeitos de criar empresas fantasmas, lavar dinheiro e fraudar licitações, segundo a assessoria de imprensa do MPPE.
Quatro suspeitos foram localizados em Água Preta, um em Catente, um em Palmares e outro em Caruaru. Ao G1, o promotor de justiça Frederico Magalhães informou que o secretário de Finanças do município é suspeito de liderar o grupo. "Os demais envolvidos não eram funcionários da prefeitura. Suspeita-se que as empresas fantasmas tenham sido criadas nos nomes de cada uma das outras seis pessoas envolvidas".

G1 tentou entrar em contato - por telefone - com algum representante da prefeitura de Belém de Maria, mas as ligações não foram atendidas; deixou mensagem na página oficial da administração pública em uma rede social, solicitando um posicionamento, mas até a publicação desta matéria, não houve resposta; e também também tentou conversar com o advogado do secretário de Finanças, mas o telefone dele estava desligado ou fora da área de cobertura.

Segundo o MPPE, as investigações continuam. "O dinheiro foi desviado entre janeiro de 2013 e maio de 2014. Há suspeitas de que haja mais pessoas envolvidas no caso", disse Frederico Magalhães. O promotor também relatou que os suspeitos foram encaminhados para a Delegacia Regional de Palmares e, em seguida, serão levados para uma unidade prisional do estado


Nenhum comentário:

Postar um comentário