Anuncie aqui!

Anuncie aqui!
QUER ANUNCIAR NO BLOG: E-mail: agresteemalerta@@gmail.com Fone: (87) 9 8164-4420 Whatsapp: (87)9.9962-6354

Local do Som Equipadora e Auto Center.

Local do Som  Equipadora e Auto Center.

Casa do Côco.

Casa do Côco.

Cia da Construção e Madeireira.

Cia da Construção e Madeireira.

Rua do Ipiranga, 143 Boa Vista Garanhuns PE.

Rua do Ipiranga, 143 Boa Vista Garanhuns PE.

Roberto dos Ônibus.

Roberto dos Ônibus.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Prime Rastreamento Proteção Automotiva, Clique na Imagem e Acesse o Site da Prime.

King Lanternagem e Pintura.

King Lanternagem e Pintura.

terça-feira, 19 de julho de 2016

Quatro pessoas ligadas ao terrorismo tentaram se credenciar para Olimpíada




O Centro Integrado Antiterrorismo (Ciant), que tem sede em Brasília, fez um monitoramento nos pedidos de credenciamento para Olimpíada. Eles descobriram que 40 pessoas estão com alertas a respeito de cooperação internacional. O Fantástico mostrou, neste domingo (17), que quatro delas têm comprovadamente ligação com o terrorismo.
Elas tiveram as credenciais negadas e estão sendo monitoradas pelos serviços internacionais de inteligência. Os nomes, as nacionalidades e as acusações estão sob sigilo. O Ciant, que monitora todos os tipos de credenciamento, descobriu ainda que 61 brasileiros com mandado de prisão por crimes diversos entraram com pedido de credencial.
A Copa do Mundo no Brasil teve 350 mil pedidos de credenciais. A Olimpíada de Londres, 450 mil. Já para Olimpíada do Rio: “Aproximadamente 460 mil inspeções já foram feitas e destes 460 mil, aproximadamente 11 mil foram indicados para não-credenciamento”, contou Andrei Augusto Passos Rodrigues, coordenador nacional de segurança dos Jogo do Rio.
Isso quer dizer que, por segurança, o Ciant recomendou ao Comitê Rio 2016 que negasse credenciais para quase 11 mil pessoas.
Um mapa do Rio é uma das ferramentas do Ciant. O Fantástico entrou nesse setor, mas não pôde fazer imagens nem dos equipamentos, nem dos agentes. “Todos os pontos que entendemos pertinentes para a segurança foram identificados”, afirmou Andrei.
Pontos vermelhos são hotéis que irão receber os estrangeiros que irão compor a família olímpica; o ponto verde são os consulados; os pontos azuis são os locais de competição; e os pontos amarelos, os locais de treinamento das delegações.
“Fizemos uma varredura em todos os bancos de dados nacionais e também no âmbito da cooperação internacional, um rastreamento das informações nesses parceiros globais. Os países que fazem parte do Ciant são os Estados Unidos, a Espanha, a França, o Reino Unido, a Argentina, a Bélgica e o Paraguai”, contou o coordenador.
A Secretaria Extraordinária de Grandes Eventos e a Polícia Federal desenvolveram um aplicativo para denúncias e compartilhamento de informações durante os Jogos.
“São mais de 2 mil pessoas que nós vamos fazer a capacitação direta, além dos 20 mil voluntários, e que trabalham na rede hoteleira, no sistema de transporte público, em concessionárias de serviços públicos, e que estarão diretamente envolvidas durante a realização dos jogos”, disse Andrei.
Treinamento
Na sede do Comando de Operações Táticas da Polícia Federal (COT), em Brasília, os agentes treinam para segurança da Olimpíada do Rio. Cada movimento é pensado, ensaiado, repetido, preciso.
Eles usam técnicas de escalada e contam com uma nova frota de blindados. Ele tem uma plataforma de ataque e dá acesso rápido a casas, prédios, muros e telhados. E o uniforme, de última geração, protege os policiais.
São filtros, máscaras, luvas, botas e tecidos que impedem o contágio químico, biológico, radiológico — e nuclear.
G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

QUER ANUNCIAR NO BLOG Ligue 87 9 9962-6354 / 9 8164-4420