Este espaço é seu anuncie aqui! 87 9 9962-6354 / 9 8164-4420

Garanhuns Bijuterias e Bianca Bijoux.

Garanhuns Bijuterias e Bianca Bijoux.

GF Presentes e Variedades Vendas em Atacado e Varejo.

GF Presentes e Variedades Vendas em Atacado e Varejo.

Informamos que Simulador de direção é obrigatório para tirar CNH a partir de 12/12/2016.

Informamos que Simulador de direção é obrigatório para tirar CNH a partir de 12/12/2016.

Casa do Côco.

Casa do Côco.
Rua Melo PeIxoto, 79 CeNtro Garanhuns PE

Rua do Ipiranga, 143 Boa Vista Garanhuns PE.

Rua do Ipiranga, 143 Boa Vista Garanhuns PE.

Volte a Sorrir Garanhuns PE.

Volte a Sorrir Garanhuns PE.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

sexta-feira, 15 de julho de 2016

VÍDEO: Caminhão avança contra multidão e deixa pelo menos 70 mortos na França


Ao menos 70 pessoas foram mortas e mais de 100 ficaram feridas, sendo que dezenas em estado grave, na noite desta quinta-feira (14) em Nice, na França, após um caminhão se lançar contra uma multidão que comemorava o Dia da Bastilha, feriado nacional. 




Ao menos 70 pessoas foram mortas e mais de 100 ficaram feridas, sendo que dezenas em estado grave, na noite desta quinta-feira (14) em Nice, na França, após um caminhão se lançar contra uma multidão que comemorava o Dia da Bastilha, feriado nacional. 



O episódio de violência foi registrado em Promenade des Anglais, avenida no litoral da cidade, quando era realizado um show de fogos de artifício para comemorar o início da Revolução Francesa. 

Segundo testemunhas, após o veículo avançar cerca de 2 quilômetros a 80 km/h contra a multidão, seus passageiros abriram fogo contra os franceses que celebravam e iniciaram um tiroteio com as forças policiais. O motorista do caminhão também está entre os mortos. Um cúmplice estaria foragido.

"Ruas geralmente bem limpas, especialmente nessa temporada, nesta noite ficaram repletas de sapatos, sandálias de dedo e bolsas das pessoas que fugiram em pânico, as deixando para trás", afirmou o enviado da agência Ansa em Nice. "Jovens aterrorizados, próximos um dos outros, vagavam desorientados e a Polícia estava tentando reagrupá-los em algumas esquinas por segurança e mandá-los de volta para casa com os táxis que estão oferecendo ajuda. Duas garotas na minha frente tinham se perdido na multidão e gritavam abraçadas e chorando", completou o jornalista.

Dentro do caminhão foram achadas metralhadoras e granadas, afirmou o governador da região Provence-Alpes-Côte d'Azur e ex-prefeito de Nice, Christian Estrosi. A segurança nas fronteiras da França foram reforçadas após o episódio de violência. Segundo relatos, o controle policial aumentou nas entradas que ligam o país à Itália, que também entrou em estado de alerta.

Imagens publicadas na Internet mostram dezenas de corpos estirados no chão da praça. Autoridades da Prefeitura de Nice pedem que os moradores procurem refúgio e não deixem suas casas. O presidente da França, François Hollande, que estava em Avignon, retornou às pressas para Paris após o ataque.

Nenhum comentário:

Postar um comentário