Este espaço é seu anuncie aqui! 87 9 9962-6354 / 9 8164-4420

Garanhuns Bijuterias e Bianca Bijoux.

Garanhuns Bijuterias e Bianca Bijoux.

GF Presentes e Variedades Vendas em Atacado e Varejo.

GF Presentes e Variedades Vendas em Atacado e Varejo.

Informamos que Simulador de direção é obrigatório para tirar CNH a partir de 12/12/2016.

Informamos que Simulador de direção é obrigatório para tirar CNH a partir de 12/12/2016.

Casa do Côco.

Casa do Côco.
Rua Melo PeIxoto, 79 CeNtro Garanhuns PE

Rua do Ipiranga, 143 Boa Vista Garanhuns PE.

Rua do Ipiranga, 143 Boa Vista Garanhuns PE.

Volte a Sorrir Garanhuns PE.

Volte a Sorrir Garanhuns PE.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

sexta-feira, 28 de outubro de 2016

DOIS RÉUS FORAM CONDENADOS: E um absolvido pelo assassinato do Promotor, Thiago Farias em 2013.



Por volta das 03h00hs da madrugada desta sexta-feira 28 de outubro de 2016, encerrou na sede da Justiça Federal, no Recife, o julgamento de três (03) dos cincos (05) acusados pela  morte do promotor Thiago Farias Soares, que teve inicio na última segunda-feira (24.10).
Dos três réus que estavam sendo julgados, dois foram condenados e um absolvido. 
A sentença foi lida pela juíza federal Amanda Torres por volta das 04:30hs.

O fazendeiro José Maria Pedro Rosendo Barbosa, ( Vulgo Zé Maria), acusado de  ser o mandante do assassinato do promotor, foi condenado a 50 anos e 4 meses de prisão em regime fechado,  José Marisvaldo Vitor da Silav ( vulgo Passarinho),  foi condenado a 40 anos e 8 meses. 
O terceiro acusado Adeildo Ferreira dos Santos, foi inocentado pelo conselho de sentença.

O quarto (04) réu, José Maria Domingos Cavalcante,  teve seu julgamento adiado para o dia 12 de dezembro deste ano de 2016, devido ao não comparecimento do seu advogado.
 O quinto (05) acusado, Antônio Cavalcante Filho, ainda está foragido.

A morte do  promotor Thiago Farias Soares, ocorreu no dia 14 de outubro de 2013, quando o mesmo seguia de carro de Águas Belas pra Itaíba, acompanhado da noiva Mysheva Martins e de um tia da mesma. 
A disputa pelas terras de uma fazenda, motivou o crime.


o  no Agreste Meridional. A motivação envolveu uma disputa pelas terras de uma fazenda.

Nenhum comentário:

Postar um comentário