Este espaço é seu anuncie aqui! 87 9 9962-6354 / 9 8164-4420

Garanhuns Bijuterias e Bianca Bijoux.

Garanhuns Bijuterias e Bianca Bijoux.

Roberto dos Ônibus.

Roberto dos Ônibus.

Informamos que Simulador de direção é obrigatório para tirar CNH.

Informamos que Simulador de direção é obrigatório para tirar CNH.

Casa do Côco.

Casa do Côco.
Rua Melo PeIxoto, 79 CeNtro Garanhuns PE

Rua do Ipiranga, 143 Boa Vista Garanhuns PE.

Rua do Ipiranga, 143 Boa Vista Garanhuns PE.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Cia da Construção e Madeireira.

Cia da Construção e Madeireira.

King Lanternagem e Pintura.

King Lanternagem e Pintura.

quarta-feira, 26 de outubro de 2016

POLÍCIA CIVIL investiga morte de criança de dois anos (02) levada a hospital de Garanhuns PE com lesões no corpo.


A Polícia Civil de Garanhuns, no Agreste de Pernambuco, investiga a morte de uma criança de dois anos. O caso ocorreu na noite da terça-feira 25 de outubro de 2016.  o delegado que recebeu o caso informou que a garota deu entrada no hospital com lesões na cabeça, punho e costas. 
A médica plantonista disse que a menina já chegou na unidade de saúde morta, disse Alysson Câmara. 

A mulher do tio paterno da criança disse à polícia - em depoimento - que a menina foi agredida pelo primo, de 1 ano e 9 meses. 
Ela disse que o menino jogou o ferro [de passar roupas] na prima", informou o delegado. A mulher também falou que a garota - após a suposta agressão - passou a tarde bem e teve convulsões à noite - momento no qual foi levada ao Hospital Regional Dom Moura, de acordo com a Polícia Civil.

Ela [a mulher do tio da vítima] disse que a menina teve convulsões após cair da cama. Mas, no hospital, a médica informou que a criança estava morta há algumas horas", detalhou o delegado Alysson Câmara.

 O delegado ainda destacou que a mãe da menina mora em Caruaru e é separada do pai da garota, que reside em Garanhuns. A mãe deixava a criança aos cuidados do tio e da mulher dele.

O corpo da criança foi levado ao Instituto de Medicina Legal (IML) de Caruaru. O delegado disse que foi instaurado um inquérito para investigar o caso, e que ainda não é possível afirmar se a menina foi assassinada ou se morreu em um acidente doméstico. Até a publicação desta matéria, o laudo médico do IML não foi divulgado


G1 Caruaru.

Nenhum comentário:

Postar um comentário