Este espaço é seu anuncie aqui! 87 9 9962-6354 / 9 8164-4420

Garanhuns Bijuterias e Bianca Bijoux.

Garanhuns Bijuterias e Bianca Bijoux.

GF Presentes e Variedades Vendas em Atacado e Varejo.

GF Presentes e Variedades Vendas em Atacado e Varejo.

Informamos que Simulador de direção é obrigatório para tirar CNH a partir de 12/12/2016.

Informamos que Simulador de direção é obrigatório para tirar CNH a partir de 12/12/2016.

Casa do Côco.

Casa do Côco.
Rua Melo PeIxoto, 79 CeNtro Garanhuns PE

Rua do Ipiranga, 143 Boa Vista Garanhuns PE.

Rua do Ipiranga, 143 Boa Vista Garanhuns PE.

Volte a Sorrir Garanhuns PE.

Volte a Sorrir Garanhuns PE.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

terça-feira, 8 de novembro de 2016

Disque-Denúncia oferece R$ 2 mil por informações de assaltantes de banco.


Polícia informou que força-tarefa vai atuar em quatro municípios do Agreste.
Cidades são: Caruaru, Belo Jardim, Santa Cruz do Capibaribe e Garanhuns.


O Disque-Denúncia Agreste oferece até R$ 2 mil por informações de assaltantes de banco na região. De acordo com o  coordenador do órgão, Alexandre César, a população deve informar sobre suspeitos e também acerca de aquisição de munições e explosivos. Ele disse que são recebidas 250 ligações sobre situações relacionadas a explosões.

Quem tiver informações deve ligar para o número (81) 3719-4545 ou entrar em contato pelo site do Disque-Denúncia. Em coletiva realizada nesta terça-feira (8), em Caruaru, no Agreste de Pernambuco, a Polícia Civil informou que montou uma força tarefa juntamente com a Polícia Militar e o Disque-Denúncia para evitar ações de organizações criminosos que explodem bancos.

Segundo o delegado Bruno Vital, a força tarefa atuará em Caruaru, Belo Jardim, Santa Cruz do Capibaribe e Garanhuns, todas no Agreste. 

Ele disse ainda que duas equipes, formadas por um delegado, um escrivão e dois agentes, vão atuar em cada um dos municípios. 
Vital e o delegado Ariosto Esteve ficarão responsáveis por coordenar as ações nos quatro locais.

A ação integrada é para chegar aos autores dos crimes, conforme o Coronel Roberto Galindo, do 4º Batalhão da Polícia Militar. Ele destacou que nenhum suspeito foi preso ainda. 

O delegado Bruno Vital disse que os suspeitos escolhem cidades de pequeno porte, devido ao baixo efetivo de policiais.

G1 Caruaru.

Nenhum comentário:

Postar um comentário