Este espaço é seu anuncie aqui! 87 9 9962-6354 / 9 8164-4420

Garanhuns Bijuterias e Bianca Bijoux.

Garanhuns Bijuterias e Bianca Bijoux.

GF Presentes e Variedades Vendas em Atacado e Varejo.

GF Presentes e Variedades Vendas em Atacado e Varejo.

Informamos que Simulador de direção é obrigatório para tirar CNH a partir de 12/12/2016.

Informamos que Simulador de direção é obrigatório para tirar CNH a partir de 12/12/2016.

Casa do Côco.

Casa do Côco.
Rua Melo PeIxoto, 79 CeNtro Garanhuns PE

Rua do Ipiranga, 143 Boa Vista Garanhuns PE.

Rua do Ipiranga, 143 Boa Vista Garanhuns PE.

Volte a Sorrir Garanhuns PE.

Volte a Sorrir Garanhuns PE.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

sexta-feira, 11 de novembro de 2016

GARANHUENSE CORRE O RISCO DE PEGAR IMPOSTOS MAIS CAROS: Vereador denuncia que prefeito enviou para a Câmara Municipal projeto de lei que penaliza população de Garanhuns com aumento e criação de diversas taxas e impostos



Em época de crise, é grande a tentação dos prefeitos, governadores e da própria União por jogar a conta conta nas costas da população. Com uma das cargas tributárias mais altas do mundo, o brasileiro vive sufocado com o pagamento de diversas taxas e impostos que minam sua renda, já carcomida por conta do aumento de preço de mercadorias. 


Nessa linha, o vereador Sivaldo Albino, candidato a prefeito nas últimas eleições municipais, denunciou no dia de ontem que  o prefeito reeleito Izaías Régis enviou à Câmara Municipal um projeto de lei de número 050/2016 que institui o novo Código Tributário de Garanhuns. 
O vereador alerta para o fato de que o projeto, que tem nada mais nada menos que 306 artigos, tenha sido apreciado e discutido nas comissões em apenas um dia. Isso para dar tempo de ser colocado em votação nesta sexta, 11 de novembro, o que está previsto para acontecer às 10 horas no plenário da Casa Raimundo de Moraes. Uma outra reunião deve ser marcada para aprovar o código de maneira urgente. 


De acordo com Sivaldo Albino, o projeto, do jeito que está, é prejudicial à população pelo fato de conter em seu escopo a criação de mais taxas, o cancelamento de isenções adquiridas pela população mais carente, além do aumento de taxas e impostos ja existentes. 


Dentre as alguns pontos Albino cita o IPTU. Hoje quem possui um imóvel até até 50 metros quadrados de área construída é isento de pagamento de IPTU. Com a nova legislação tributária, a isenção deixa de ser concedida e essa faixa de contribuinte terá que pagar o IPTU.  Servidores públicos do Município de Garanhuns e os ex-combatentes do Exército Brasileiro também perdem sua isenção, segundo o vereador denunciante, só passando a ter direito à isenção aquele cuja renda familiar seja de até 2 salários mínimos.


"Duvido que qualquer companheiro vereador hoje tenha a clareza desse Projeto e dos seus 306 artigos, 
que jamais poderia ter sido votado nesta sexta, 11 de novembro, sem discussão e sobretudo sem ouvir a população. Pelo momento de recessão que vivemos, isso é uma afronta total a população de Garanhuns", salientou Sivaldo Albino, que também revelou que o novo código criará a Taxa de Turismo. Um valor de três reais será cobrado de cada hóspede que utilizar a rede hoteleira de Garanhuns.



Matéria destaque Vec Garanhuns.

Nenhum comentário:

Postar um comentário