Este espaço é seu anuncie aqui! 87 9 9962-6354 / 9 8164-4420

Garanhuns Bijuterias e Bianca Bijoux.

Garanhuns Bijuterias e Bianca Bijoux.

GF Presentes e Variedades Vendas em Atacado e Varejo.

GF Presentes e Variedades Vendas em Atacado e Varejo.

Informamos que Simulador de direção é obrigatório para tirar CNH a partir de 12/12/2016.

Informamos que Simulador de direção é obrigatório para tirar CNH a partir de 12/12/2016.

Casa do Côco.

Casa do Côco.
Rua Melo PeIxoto, 79 CeNtro Garanhuns PE

Rua do Ipiranga, 143 Boa Vista Garanhuns PE.

Rua do Ipiranga, 143 Boa Vista Garanhuns PE.

Volte a Sorrir Garanhuns PE.

Volte a Sorrir Garanhuns PE.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

sexta-feira, 18 de novembro de 2016

GRUPO DE OPERAÇÕES ESPECIAIS - GOE, sob a coordenação dos Delegados Guilherme Caraciolo, Francisco Océlio e Ramon Teixeira, resultou no cumprimento de mandados de prisão preventiva de três homens envolvidos em crimes de extorsão mediante sequestro e homicídio.



Dois dos presos nesta operação foram Adailton Jeferson Bezerra da Silva , 23 anos e Tiago César de Oliveira Amorim, 28 anos, considerados foragidos desde o início do mês de outubro. Eles são acusados da participação no sequestro de uma enfermeira, no bairro de Boa Viagem, no Recife, fato registrado em agosto deste ano, junto com mais três suspeitos,  dos quais um foi preso e mais dois estao sendo investigados. O primeiro preso responsável pelo sequestro e também líder da assocação criminosa foi José Bezerra da Silva Neto, 28 anos recolhido ao COTEL, desde o dia 21/10/2016.

O terceiro preso durante a ação do GOE realizada nestas quarta(16) e quinta(17) foi Adriano de Araújo Acioli, 42 anos. Ele também estava foragido desde o homicídio praticado em 2013, contra Emanuel Francisco Alves,  no bairro de Aldeia, Camaragibe.


Maiores detalhes sobre as investigações dos dois casos serão apresentados na SEGUNDA(21), às 10h, NO AUDITÓRIO DO GRUPO DE OPERAÇÕES ESPECIAIS                        
 Comunidades rurais do Sertão serão beneficiadas com sistemas simplificados de abastecimento

Primeira obra começa em dezembro e vai beneficiar a localidade de Conceição das Crioulas, em Salgueiro

A Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) inícia, no próximo mês, a primeira obra, de uma série de dez, para implantação de Sistemas Simplificados de Abastecimento de Água (SAA) que irão beneficiar 66 comunidades rurais do Sertão do estado, a partir da Transposição dos Eixos Norte e Leste do Rio São Francisco. Os empreendimentos são estratégicos para garantir a universalização e a sustentabilidade hídrica dessas localidades. O primeiro SAA que será construído é o de Conceição das Crioulas, no município de Salgueiro, e vai atender 5 mil pessoas.

Com o intuito de trazer melhorias para a gestão desses dez sistemas de abastecimento de água, a Compesa participou do Seminário "Rumo à sustentabilidade dos serviços de água rural - modelos de gestão e ferramentas para planejamento", nesta quinta-feira (17), em Brasília. O evento foi promovido pelo Banco Mundial e apresentou diversos modelos de gestão dos sistemas de abastecimento de água rural documentados no Brasil e no mundo, com foco na sustentabilidade.

De acordo com o diretor de Articulação e Meio Ambiente (DAM) da Compesa, Aldo Santos, a intenção foi acompanhar a evolução desses modelos e fazer várias interfaces com a gestão dos sistemas da companhia. "O evento trouxe para discussão diversas tendências sobre o modelo de gestão de água no mundo rural, e foi importante a Compesa participar desse momento, uma vez que buscamos promover um saneamento rural sustentável em nosso estado", afirma o diretor.

Ao todo, serão investidos mais de R$ 41 milhões para a implantação dos dez SAA's em oito municípios do Sertão - Salgueiro, Cabrobó, Verdejante, Sertânia, Floresta, Petrolândia, Custódia e Betânia -, que irão beneficiar cerca de 20 mil moradores de 66 comunidades rurais da região. As obras serão executadas com recursos previstos no termo de compromisso celebrado entre o Governo Federal, por meio do Ministério da Integração, e o estado de Pernambuco e a Compesa. Para execução dos outros nove sistemas, a Compesa vai abrir licitação, a partir de 2017, mesmo ano que também já serão iniciadas as obras.

Seminário - Durante o evento, em Brasília, foram discutidas as lições aprendidas e os principais desafios do setor de água rural para garantir a sustentabilidade desses sistemas. No seminário, foi apresentado o Sistema de Informações em Saneamento Rural (SIASAR), sua aplicação e usos na realidade da América Latina e do Ceará, além da iniciativa de Monitoramento do Avanço do País em Saneamento (MAPAS) e o lançamento e divulgação da publicação número 13 da Série Água do Brasil do Banco Mundial: Estudo de modelos de gestão de serviços de abastecimento de água no meio rural no Brasil.

Além da Compesa, Pernambuco também foi representado no seminário pelo secretário de Agricultura do estado, Nilton Mota. Ainda estiveram presentes representantes dos Ministérios do Meio Ambiente (MMA), da Integração (MI), da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCT) e das Cidades (MCID), além da Fundação Nacional de Saúde (Funasa), Agência Nacional das Águas (ANA), Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental (Abes), Fundo de Cooperação Alemã (KFW), Fundação Avina, companhias de saneamento de outros estados como Ceará, Alagoas, Bahia, Espírito Santo e Minas Gerais, e diversos consultores ligados ao tema

Nenhum comentário:

Postar um comentário