Este espaço é seu anuncie aqui! 87 9 9962-6354 / 9 8164-4420

Garanhuns Bijuterias e Bianca Bijoux.

Garanhuns Bijuterias e Bianca Bijoux.

Roberto dos Ônibus.

Roberto dos Ônibus.

Informamos que Simulador de direção é obrigatório para tirar CNH.

Informamos que Simulador de direção é obrigatório para tirar CNH.

Casa do Côco.

Casa do Côco.
Rua Melo PeIxoto, 79 CeNtro Garanhuns PE

Rua do Ipiranga, 143 Boa Vista Garanhuns PE.

Rua do Ipiranga, 143 Boa Vista Garanhuns PE.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Cia da Construção e Madeireira.

Cia da Construção e Madeireira.

King Lanternagem e Pintura.

King Lanternagem e Pintura.

segunda-feira, 14 de novembro de 2016

Polícia Civil de Pernambuco reprime tráfico de drogas e proporciona ação beneficente ao Hospital do Câncer de Pernambuco.

A operação desenvolvida pelo Departamento de Repressão ao Narcotráfico(DENARC) da Policia Civil de Pernambuco foi concluída com a prisão de dois suspeitos, apreensão de drogas (maconha e pasta base de cocaína) e de uma carga de coco-verde que foi doada ao Hospital do Câncer de Pernambuco.

O trabalho de investigação da 1° Delegacia de Repressão ao Narcotráfico durou dez dias e culminou com o flagrante feito no CEASA, no Recife, na manhã do sábado(12) quando foram presos dois suspeitos que transportaram   62kg de maconha e 1,1 kg de cocaína numa camioneta F-4000 de Floresta para Recife. A droga estava escondida em meio a carga de coco-verde, também apreendida.

Os suspeitos identificados como os motoristas Erbson de Souza e Silva, 25 anos e Antônio Genivaldo de Souza, 40 anos, foram autuados em flagrante por tráfico de entorpecentes e associação para o tráfico, conforme os artigos 33 e 35 da Lei n 11.343/2006.

Na oportunidade em que a equipe do DENARC, coordenada pelo Delegado Gilberto Loyo, concluiu o flagrante e encaminhou os presos para a Audiência de Custódia, o delegado partiu para o lado beneficente do trabalho solicitando ao Juiz de Plantão, autorização para que a carga de cocos fosse doada ao Hospital do Câncer de Pernambuco - HCP. 

O juiz da audiência de custódia determinou a manutenção  da prisão aos traficantes com recolhimento ao COTEL e entendeu pelo deferimento do pleito, autorizando que fosse feita a doação da carga de cocos ao Hospital. 
Assim, todo o coco-verde foi entregue ao HCP na manhã deste domingo(13) pela equipe de PJES do DENARC. 

O chefe do setor de nutrição do Hospital recebeu a doação e informou ter o HCP uma demanda média de 300 pacientes, estando a maior parte deles obedecendo a uma dieta rígida e que o hospital comprava semanalmente pela unidade de saúde, quase 400 cocos.

O Hospital do Câncer agradeceu a doação da Polícia Civil (DENARC) ressaltando que o produto recebido será suficiente para atender a demanda da instituição por um período aproximado de dois meses

A satisfação desta ação foi além do cumprimento do trabalho policial. "Um esquema de tráfico foi desmantelado, traficantes foram presos e a Polícia ainda conseguiu apreender e garantir destino beneficente para a carga de coco-verde, contando para tanto com a autorização da Justiça" disse o delegado João Leonardo, gestor do DENARC. 

A ajuda solidária ao Hospital do Câncer de Pernambuco foi providencial, já que aquela unidade precisa do olhar voluntário para atender a pacientes carentes oriundos do interior de Pernambuco e de estados vizinhos que buscam no HCP o tratamento para câncer. 

A doação feita ao Hospital do Câncer foi uma atividade social beneficente da Polícia Civil, desta feita, com produto natural e de qualidade, que normalmente seria destruído

Nenhum comentário:

Postar um comentário