Anuncie aqui!

Anuncie aqui!
QUER ANUNCIAR NO BLOG: E-mail: agresteemalerta@@gmail.com Fone: (87) 9 8164-4420 Whatsapp: (87)9.9962-6354

Local do Som Equipadora e Auto Center.

Local do Som  Equipadora e Auto Center.

Casa do Côco.

Casa do Côco.

Cia da Construção e Madeireira.

Cia da Construção e Madeireira.

Rua do Ipiranga, 143 Boa Vista Garanhuns PE.

Rua do Ipiranga, 143 Boa Vista Garanhuns PE.

Roberto dos Ônibus.

Roberto dos Ônibus.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Prime Rastreamento Proteção Automotiva, Clique na Imagem e Acesse o Site da Prime.

King Lanternagem e Pintura.

King Lanternagem e Pintura.

quinta-feira, 1 de junho de 2017

Criação do BOPE é aprovada pela Alepe.


O projeto do governador Paulo Câmara (PSB) que cria o Batalhão de Operações Especiais (Bope) em Pernambuco e muda o programa de jornada extra de segurança (Pjes) foi aprovado nesta terça-feira (30) pela Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe). Sem grandes resistências, a proposta teve apenas uma abstenção.
Na hora da votação, o líder da oposição, Silvio Costa Filho (PRB), anunciou que, apesar de ressalvas, a bancada votaria a favor da proposta. Em seguida, o vice-líder da oposição, Joel da Harpa (PTN), anunciou que ia se abster. “A oposição precisa se entender”, brincou Vinícius Labanca (PSB), que presidia a reunião. Os principais questionamentos da oposição são em relação a gratificação para 4,5 mil policiais, o que seria visto como uma medida que não atende toda a corporação da Polícia Militar.
O QUE MUDA NO PJES?
Criado nos anos 1990 como incentivo para PMs atuarem nas ruas além da carga horária ordinária, o Pjes terá a maior parte da sua verba destinada para um novo modelo de gratificação de desempenho dirigido a 4.555 PMs. Caso atinjam as metas, eles recebem um acréscimo de R$ 800 no soldo. As metas seriam estipuladas pelos comando da Secretaria de Defesa Social.
Na prática, o governo espera mudar lógica do policiamento: ao invés de receber para passar mais tempo nas ruas, os policiais vão ganhar se apresentarem mais resultados segundo metas estipuladas.
O Pjes tinha papel central no modelo de segurança por fazer com que os policiais continuem nas ruas no período das folgas, aumentando a presença deles no policiamento ostensivo. Para o governo, porém, o policiamento será mantido com a entrada de novos homens.
BOPE
O efetivo do Bope, a tropa especializada da PM, ficará entre 120 e 150 homens. Criado a partir do Cioe, o batalhão de elite será composto por três outras companhias independentes, com atuação na Região Metropolitana e no interior. Segundo a Secretaria de Defesa Social, o Bope seguirá o modelo do que atua no Rio de Janeiro, Estado do secretário Ângelo Gioia.
A unidade será formada por policiais de alta qualificação para o combate e incidentes críticos, como negociações com reféns e sequestros. Também será especializada no combate ao crime organizado, ao tráfico de drogas e em operações especiais no meio urbano. “Poderão ocupar um território, se necessário”, diz a SDS, por nota.
Esses policiais também terão uma gratificação específica de R$ 2.525 para praças e oficiais e de R$ 3.620 para o comandante. Investimentos já anunciados pelo Estado, como munição de grosso calibre e os novos helicópteros com visão noturna, serão direcionados para o Bope.
TRAMITAÇÃO
O texto do Bope deve passar por uma segunda votação nesta quarta-feira (31) e ter sua redação final definida no dia 1º de junho. Depois, ele seguirá para a sanção do governador Paulo Câmara (PSB).
JC Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

QUER ANUNCIAR NO BLOG Ligue 87 9 9962-6354 / 9 8164-4420