Anuncie aqui!

Anuncie aqui!
QUER ANUNCIAR NO BLOG: E-mail: agresteemalerta@@gmail.com Fone: (87) 9 8164-4420 Whatsapp: (87)9.9962-6354

Local do Som Equipadora e Auto Center.

Local do Som  Equipadora e Auto Center.

Casa do Côco.

Casa do Côco.

Cia da Construção e Madeireira.

Cia da Construção e Madeireira.

Rua do Ipiranga, 143 Boa Vista Garanhuns PE.

Rua do Ipiranga, 143 Boa Vista Garanhuns PE.

Roberto dos Ônibus.

Roberto dos Ônibus.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Prime Rastreamento Proteção Automotiva, Clique na Imagem e Acesse o Site da Prime.

King Lanternagem e Pintura.

King Lanternagem e Pintura.

segunda-feira, 26 de junho de 2017

Lula lidera intenção de voto para 2018; Bolsonaro e Marina empatam em segundo, diz Datafolha


Uma pesquisa feita pelo Datafolha divulgada nesta segunda-feira pelo jornal "Folha de S. Paulo" sobre a disputa presidencial de 2018 aponta que o ex-presidente Lula (PT) mantém a liderança na preferência do eleitorado. Ele tem de 29% a 30% das intenções de voto. O petista é seguido por Jair Bolsonaro (PSC) e Marina Silva (Rede), que têm 15%, empatados segundo lugar. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

Esses números são para o cenário em que o candidato do PSDB é o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, que aparece em quarto lugar com 8% das intenções de voto. Em dezembro de 2015, ele tinha 14% dos votos. E sua reijão cresceu para 35%, atrás apenas da de Lula (46%).

De acordo com a pesquisa, Jair Bolsonaro tem tendência de alta. Em dezembro de 2015, ele tinha apenas 5% das intenções de voto. Em dezembro de 2016, passou para 8%. Houve, então, um grande crescimento: em abril, passou para 14% e agora aparece com 16%.

Marina Silva traça caminho oposto ao do deputado federal. Em dezembro de 2015 liderava as intenções de voto no primeiro turno com 24%, à frente de Lula, nclusive. Agora, em junho de 2017, tem apenas 15%.

No quarto lugar da pesquisa aparece o ex-ministro do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa (sem partido), com 11% das intenções de voto.

Os números se mantém parecidos num cenário em que o candidato tucano à Presidência é João Doria, prefeito de São Paulo. Lula segue na liderança com 30% das intenções de voto, enquanto Jair Bolsonaro e Marina Silva ficam logo atrás, empatados com 15%. Doria aparece em quarto lugar, com preferência de 10% dos eleitores — num desempenho melhor que o do governador Geraldo Alckmin, seu correligionário e padrinho político.

Quando Joaquim Barbosa é incluído na consulta e o candidato tucano é Doria, Lula fica em primeiro (29%), seguido por Marina Silva (15%), Jair Bolsonaro (13%), Joaquim Barbosa (10%) e João Doria (9%). O percentual de votos brancos e nulos é elevado: 15%.

Num outro cenário testado, com Geraldo Alckmin como candidato tucano e com o juiz Sergio Moro (sem partido), Lula fica na frente com 29%, sendo acompanhado pelo próprio magistrado em segundo lugar, com 14%. Ele fica empatado com Marina Silva, também com 14%, e atrás vem Bolsonaro (13%) e Alckmin (6%).

Se não houvesse candidato petista algum, a disputa ficaria ainda mais embolada. Marina Silva ficaria na liderança, com 22% dos votos. Na sequência viria Jair Bolsonaro, com 16%; Joaquim Barbosa, com 12%; Ciro Gomes (PDT) e Alckmin, com 9% cada. Os grandes vencedores, porém, seriam os votos brancos e nulos: 23%.

Caso a disputa se desse somente entre candidatos que não são alvo da Lava-Jato, Marina Silva teria 27%; Bolsonaro, 18%; João Doria, 14%; Ciro Gomes, 12%. E os votos brancos e nulos corresponderiam a 26%.

SEGUNDO TURNO

Em simulações feitas de segundo turno, Lula também leva a melhor. Contra Alckmin, o petista tem 45% da preferência do eleitorado, enquanto o tucano conta com 32%. 
Os votos brancos e nulos seriam 22%. Já contra Doria, Lula se mantém com 45%, enquanto o prefeito de São Paulo tem 34%. Neste caso, os votos brancos e nulos corresponderiam a 19%. Se disputar com Bolsonaro, Lula também é apontado como provável vencedor: 45% contra 32%.

Os únicos casos em que Lula não é apontado como vencedor são contra Marina Silva e o juiz Sergio Moro, num eventual segundo turno. No caso de Marina, os dois empatam com 40%. O percentual estimado de votos brancos e nulos é de 19%. Já com o juiz Moro, Lula é derrotado por 44% a 42%, mas fica tecnicamente empatado dentro da margem de erro.

O PT foi o partido de maior preferência com eleitorado, com 18% de intenções de voto. A pesquisa aponta crescimento da popularidade da sigla, que tinha apenas 9% das intenções em dezembro de 2016. No entanto, 59% dos entrevistados não manifestou preferência partidária.

Atrás, seguem PSDB e PMDB, empatadas com 5%. Outras legendas, PSOL, PV e PDT têm 1% das intenções cada.

O Globo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

QUER ANUNCIAR NO BLOG Ligue 87 9 9962-6354 / 9 8164-4420