Anuncie aqui!

Anuncie aqui!
QUER ANUNCIAR NO BLOG: E-mail: agresteemalerta@gmail.com Fone: (87) 9 8164-4420 Whatsapp: (87)9.9962-6354

Casa do Côco.

Casa do Côco.

Cia da Construção e Madeireira.

Cia da Construção e Madeireira.

Stop Lanches o Melhor Lanche da cidade

Stop Lanches o Melhor Lanche da cidade
Org: Maciel.

Rua do Ipiranga, 143 Boa Vista Garanhuns PE.

Rua do Ipiranga, 143 Boa Vista Garanhuns PE.

Pressão Total Utilidades

Pressão Total Utilidades

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

King Lanternagem e Pintura.

King Lanternagem e Pintura.

terça-feira, 25 de julho de 2017

Instrumental regional e tango coroam última noite nesta quarta (26) do Conservatório no FIG.


O “Conservatório no FIG” encerra nesta quarta (26/07) a sua programação deste ano em grande estilo, oferecendo um repertório que vai do instrumental regional ao tango de Piazzola. O dia começa com apresentação do grupo pernambucano SaGrama. Há mais de 20 anos difundindo a música popular, a banda contará neste show com a participação especial do violonista Yamandu Costa – uma das referências mundiais do violão de sete cordas. Será, com certeza, uma belíssima apresentação na Catedral de Santo Antônio, num show que unirá o popular e o erudito, a partir das 16h30.
O espetáculo começará com o SaGrama no palco, trazendo um repertório do último CD gravado pela banda – que será lançado ainda no segundo semestre deste ano. Batizado de Alinhavando, o álbum traz uma coletânea que lembra os 22 anos do SaGrama, com composições de Dimas Sedícias, Cláudio Moura e Sérgio Campelo – os três principais compositores do grupo. “Faremos um pré-lançamento do CD, que estará sendo vendido na Catedral de Santo Antônio. Apresentaremos composições importantes, que trazem a essência do SaGrama nesses 22 anos. Dimas, com a música da cultura popular; Cláudio, mais erudito; e eu, fazendo uma música mista – misturando elementos populares e uma linguagem erudita”, explica Sérgio Campelo.
Na segunda parte do espetáculo, Yamandu Costa fará uma apresentação solo, mostrando a sua sensibilidade e virtuosidade, que o fazem ser uma das maiores referências mundiais do violão de sete cordas. Yamandu é hoje um dos artistas mais solicitados no mundo e, desde 2001 – ano em que venceu o Prêmio Visa ­ –, vem conquistando os palcos, como solista e em formações com diversos artistas.
Yamandu possui uma discografia extensa e variada, que revela gravações com grandes nomes da história da música brasileira, como Dominguinhos e Paulo Moura. A influência maior na infância e adolescência foi a música regional do Sul do Brasil, que aos poucos, foi abrindo espaço para outros gêneros, como o choro, o samba, a música erudita e o jazz. São 19 discos gravados e dois DVDs ao longo da carreira.
“Na terceira parte, tocaremos uma música que já gravamos com ele no nosso penúltimo CD e faremos algumas coisas novas nessa formação SaGrama/Yamandu. Acredito que será um espetáculo muito bonito”, prevê Sérgio Campelo, contente em participar por mais um ano do Conservatório no 


FIG.
O escalado para fechar a programação do festival é o grupo “LiberTango – Tango em Família” - que este ano completa 21 anos mantendo vivo o legado do argentino Astor Piazzolla em terras brasileiras.
Baseado no Rio de Janeiro, o trio é formado pela pianista Estela Caldi e seus filhos, Alexandre Caldi (saxofones e flautas) e Marcelo Caldi (acordeom). Eles têm quatro discos gravados: Tangos hermanosLiberTango – a música de Astor Piazzolla(Delira, 2005), Cierra tus ojos y escucha (Delira, 2007) e Porteño (Delira, 2010).
Ao lado do tango argentino, o grupo também passou a explorar as raízes do chamado tango brasileiro, a partir das celebrações em torno dos 150 anos de nascimento de Ernesto Nazareth (2013). O resultado dessa nova fase está em peças que trazem releituras “tangueadas” do compositor, como EncantadaTenebrosoNove de julho e Plangente.
O Conservatório Pernambucano de Música fou responsável por levar à Catedral de Santo Antônio, em Garanhuns, atrações variadas nos dias 21, 22, 23, 25 e 26 de julho – como parte do Festival de Inverno de Garanhuns (FIG). Os artistas que se apresentaram no espaço são o que existe de mais representativo na música instrumental e vocal brasileira na atualidade. O projeto abriu com um show que exaltou as origens da música brasileira e homenageou o compositor Guinga, passou pela ópera e por musicais famosos, encantou o público com instrumentistas premiados e com nível de excelência em seus instrumentos. Sem dúvida, uma programação rica, que foi muito bem prestigiada pelo público do festival, que lotou a Catedral em todas as sessões.
SERVIÇO
Conservatório no FIG / Programação dias 25 e 26/7na Catedral de Santo Antônio
Quarta, 26
16h30 – SaGRAMA. Convidado: Yamandu Costa
21h - Libertango

Nenhum comentário:

Postar um comentário

QUER ANUNCIAR NO BLOG Ligue 87 9 9962-6354 / 9 8164-4420

J&N CARNES

J&N CARNES