Anuncie aqui!

Anuncie aqui!
QUER ANUNCIAR NO BLOG: E-mail: agresteemalerta@gmail.com Fone: (87) 9 8164-4420 Whatsapp: (87)9.9962-6354

Local do Som Equipadora e Auto Center.

Local do Som  Equipadora e Auto Center.

Casa do Côco.

Casa do Côco.

Cia da Construção e Madeireira.

Cia da Construção e Madeireira.

Rua do Ipiranga, 143 Boa Vista Garanhuns PE.

Rua do Ipiranga, 143 Boa Vista Garanhuns PE.

Cursos de Confeitaria com Profissionais Renomados Clique na Imagem e faça sua inscrição.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

King Lanternagem e Pintura.

King Lanternagem e Pintura.

terça-feira, 25 de julho de 2017

Instrumental regional e tango coroam última noite nesta quarta (26) do Conservatório no FIG.


O “Conservatório no FIG” encerra nesta quarta (26/07) a sua programação deste ano em grande estilo, oferecendo um repertório que vai do instrumental regional ao tango de Piazzola. O dia começa com apresentação do grupo pernambucano SaGrama. Há mais de 20 anos difundindo a música popular, a banda contará neste show com a participação especial do violonista Yamandu Costa – uma das referências mundiais do violão de sete cordas. Será, com certeza, uma belíssima apresentação na Catedral de Santo Antônio, num show que unirá o popular e o erudito, a partir das 16h30.
O espetáculo começará com o SaGrama no palco, trazendo um repertório do último CD gravado pela banda – que será lançado ainda no segundo semestre deste ano. Batizado de Alinhavando, o álbum traz uma coletânea que lembra os 22 anos do SaGrama, com composições de Dimas Sedícias, Cláudio Moura e Sérgio Campelo – os três principais compositores do grupo. “Faremos um pré-lançamento do CD, que estará sendo vendido na Catedral de Santo Antônio. Apresentaremos composições importantes, que trazem a essência do SaGrama nesses 22 anos. Dimas, com a música da cultura popular; Cláudio, mais erudito; e eu, fazendo uma música mista – misturando elementos populares e uma linguagem erudita”, explica Sérgio Campelo.
Na segunda parte do espetáculo, Yamandu Costa fará uma apresentação solo, mostrando a sua sensibilidade e virtuosidade, que o fazem ser uma das maiores referências mundiais do violão de sete cordas. Yamandu é hoje um dos artistas mais solicitados no mundo e, desde 2001 – ano em que venceu o Prêmio Visa ­ –, vem conquistando os palcos, como solista e em formações com diversos artistas.
Yamandu possui uma discografia extensa e variada, que revela gravações com grandes nomes da história da música brasileira, como Dominguinhos e Paulo Moura. A influência maior na infância e adolescência foi a música regional do Sul do Brasil, que aos poucos, foi abrindo espaço para outros gêneros, como o choro, o samba, a música erudita e o jazz. São 19 discos gravados e dois DVDs ao longo da carreira.
“Na terceira parte, tocaremos uma música que já gravamos com ele no nosso penúltimo CD e faremos algumas coisas novas nessa formação SaGrama/Yamandu. Acredito que será um espetáculo muito bonito”, prevê Sérgio Campelo, contente em participar por mais um ano do Conservatório no 


FIG.
O escalado para fechar a programação do festival é o grupo “LiberTango – Tango em Família” - que este ano completa 21 anos mantendo vivo o legado do argentino Astor Piazzolla em terras brasileiras.
Baseado no Rio de Janeiro, o trio é formado pela pianista Estela Caldi e seus filhos, Alexandre Caldi (saxofones e flautas) e Marcelo Caldi (acordeom). Eles têm quatro discos gravados: Tangos hermanosLiberTango – a música de Astor Piazzolla(Delira, 2005), Cierra tus ojos y escucha (Delira, 2007) e Porteño (Delira, 2010).
Ao lado do tango argentino, o grupo também passou a explorar as raízes do chamado tango brasileiro, a partir das celebrações em torno dos 150 anos de nascimento de Ernesto Nazareth (2013). O resultado dessa nova fase está em peças que trazem releituras “tangueadas” do compositor, como EncantadaTenebrosoNove de julho e Plangente.
O Conservatório Pernambucano de Música fou responsável por levar à Catedral de Santo Antônio, em Garanhuns, atrações variadas nos dias 21, 22, 23, 25 e 26 de julho – como parte do Festival de Inverno de Garanhuns (FIG). Os artistas que se apresentaram no espaço são o que existe de mais representativo na música instrumental e vocal brasileira na atualidade. O projeto abriu com um show que exaltou as origens da música brasileira e homenageou o compositor Guinga, passou pela ópera e por musicais famosos, encantou o público com instrumentistas premiados e com nível de excelência em seus instrumentos. Sem dúvida, uma programação rica, que foi muito bem prestigiada pelo público do festival, que lotou a Catedral em todas as sessões.
SERVIÇO
Conservatório no FIG / Programação dias 25 e 26/7na Catedral de Santo Antônio
Quarta, 26
16h30 – SaGRAMA. Convidado: Yamandu Costa
21h - Libertango

Nenhum comentário:

Postar um comentário

QUER ANUNCIAR NO BLOG Ligue 87 9 9962-6354 / 9 8164-4420