Anuncie aqui!

Anuncie aqui!
QUER ANUNCIAR NO BLOG: E-mail: agresteemalerta@gmail.com Fone: (87) 9 8164-4420 Whatsapp: (87)9.9962-6354

Casa do Côco.

Casa do Côco.

Cia da Construção e Madeireira.

Cia da Construção e Madeireira.

Stop Lanches o Melhor Lanche da cidade

Stop Lanches o Melhor Lanche da cidade
Org: Maciel.

Rua do Ipiranga, 143 Boa Vista Garanhuns PE.

Rua do Ipiranga, 143 Boa Vista Garanhuns PE.

Pressão Total Utilidades

Pressão Total Utilidades

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

King Lanternagem e Pintura.

King Lanternagem e Pintura.

quinta-feira, 10 de agosto de 2017

Justiça de Alagoas manda soltar vereador Marinho da Estiva, tenente da PM, e de alguns outros presos na Operação Sem Fronteiras, realizada no mês de maio em Garanhuns


O Juízo de Direito da 17ª Vara Criminal de Maceió decidiu substituir a prisão preventiva de João Paulo dos Santos; Leandro Aristides Bento; Júlio César Wanderley, Luciana Ferro Lima, Djoou Silva Carvalho e do Vereador Garanhuense Mário dos Santos Campos Júnior (Marinho da Estiva), que foram presos no último dia 11 de maio, aqui em Garanhuns, durante a Operação sem Fronteiras.


Registrando que “há flagrante excesso de prazo para conclusão do inquérito policial, visto que a investigação corre há mais de três meses, sendo solicitada a dilação de prazo em 2 de junho de 2017, prontamente concedida, sem que até a presente data tenha sido concluído ou requerido nova dilação do prazo pela autoridade policial”, e que, mesmo depois de intimada para apresentar relatório conclusivo num prazo de cinco dias, em 26 de julho de 2017, a autoridade policial, até o momento, não atendeu a solicitação, bem como que “alguns dos acusados não apresentam maus antecedentes, demonstrando, até então, que os mesmos não representam risco à ordem pública”, os Juízes de Direito integrantes da 17ª Vara Criminal da Capital de Alagoas decidiram substituir a prisão preventiva dos acusados no Processo nº 0711556-31.2017.8.02.0001 para as seguintes medidas cautelares:

1. Comparecimento mensal em juízo na Comarca em que reside, até o dia 05 (cinco) do mês, e em caso de sábado, domingo e feriados, no primeiro dia útil subsequente, para prestar informações a respeito de suas atividades;

2. Não se ausentar da Comarca onde reside e comunicar previamente a este Juízo antes de mudar seu endereço;

3. Recolhimento domiciliar das 20 (vinte) horas às 05 (cinco) horas do dia seguinte; e

4. Comparecer a todos os atos do processo.  


Com a decisão expedida na noite de ontem, dia 9, os acusados serão postos em liberdade, através dos competentes alvarás de soltura, todavia, segundo a decisão dos Magistrados, “a medida extrema (prisão preventiva) poderá ser decretada se, no curso do processo, sobrevierem razões que a justifiquem, mormente no que se refere ao comparecimento do acusado aos atos do presente processo e o descumprimento das medidas aplicadas”. Os Juízes de Direito integrantes da 17ª Vara Criminal da Capital de Alagoas também determinaram um prazo de cinco dias para que a Autoridade Policial remeta o relatório conclusivo das investigações.

A expectativa agora no meio político de Garanhuns é que, com a decisão judicial, o vereador Marinho da Estiva (PHS) ressuma as suas funções na Câmara de Vereadores de Garanhuns.
Marinho da Estiva foi preso no mês de maio em Garanhuns


Para conferir a decisão original, acesse o site: http://www2.tjal.jus.br/esaj, informe o processo 0711556-31.2017.8.02.0001 e código 2074ACE.

Com texto e informações do Blog de Carlo Eugênio http://www.blogdocarloseugenio.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

QUER ANUNCIAR NO BLOG Ligue 87 9 9962-6354 / 9 8164-4420

J&N CARNES

J&N CARNES