Anuncie aqui!

Anuncie aqui!
QUER ANUNCIAR NO BLOG: E-mail: agresteemalerta@gmail.com Fone: (87) 9 8164-4420 Whatsapp: (87)9.9962-6354

Local do Som Equipadora e Auto Center.

Local do Som  Equipadora e Auto Center.

Casa do Côco.

Casa do Côco.

Cia da Construção e Madeireira.

Cia da Construção e Madeireira.

Rua do Ipiranga, 143 Boa Vista Garanhuns PE.

Rua do Ipiranga, 143 Boa Vista Garanhuns PE.

Cursos de Confeitaria com Profissionais Renomados Clique na Imagem e faça sua inscrição.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Prime Rastreamento Proteção Automotiva, Clique na Imagem e Acesse o Site da Prime.

King Lanternagem e Pintura.

King Lanternagem e Pintura.

sexta-feira, 15 de setembro de 2017

ENTRE OS PRESOS MÃE PADRASTO E TIO Cinco suspeitos de estupro coletivo de duas meninas de 4 e 8 anos são presos em Sertânia/PE



Cinco pessoas envolvidas no estupro coletivo de duas meninas de 4 e 8 anos foram presas no município de Sertânia, no Sertão de Pernambuco, a mais de 300 quilômetros do Recife. O crime foi confirmado em exame sexológico realizado no Instituto de Medicina Legal (IML). Entre os suspeitos presos estão a mãe e o padrasto das crianças, além de dois irmãos dele e um sobrinho. De acordo com a polícia, os crimes "vinham sendo praticados de forma habitual". Segundo a polícia, a genitora também praticava a violência sexual e segurava as meninas para o marido.

A polícia estava investigando informes sobre os possíveis estupros desde a última semana, quando foram presos os dois primeiros suspeitos. A mãe, o padrasto e o tio foram detidos nesta quinta-feira (14), em comprimento a mandados de prisão. As primeiras denuncias sobre os crimes chegaram a delegacia da cidade depois que parentes perceberam um comportamento estranho das meninas. O Ministério Público representou pela guarda das vitimas, que já estão abrigadas. 



O delegado de Sertânia, Ubiratan Rocha Fernandes, contou que ainda está se certificando do período em que começaram as violências sexuais.“Ainda não sabemos o tempo, mas certamente isso está acontecendo há mais de três meses”, disse. 

De acordo com o investigador, todos os estupros aconteciam com o apoio da mãe, que também molestava as filhas. “Normalmente, o padrasto praticava o ato sexual na presença da mulher e o sexo era coletivo dele com a mãe e as crianças. Os outros suspeitos praticavam individualmente”, disse. Após a realização dos procedimentos legais, Os 4 homens foram encaminhados á cadeia publica de Sertânia, enquanto a mulher conduzida a Colônia Penal Feminina na cidade de Buíque no agreste do estado.


Acusados: Lucas Alves Vasconcelos, Magda Maria Perreira, José Alves Vasconcelos, Gilberto Alves Vasconcelos, e Jaelson Alves Vasconcelos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

QUER ANUNCIAR NO BLOG Ligue 87 9 9962-6354 / 9 8164-4420