Anuncie aqui!

Anuncie aqui!
QUER ANUNCIAR NO BLOG: E-mail: agresteemalerta@gmail.com Fone: (87) 9 8164-4420 Whatsapp: (87)9.9962-6354

Cia da Construção e Madeireira.

Cia da Construção e Madeireira.

Stop Lanches o Melhor Lanche da cidade

Stop Lanches o Melhor Lanche da cidade
Org: Maciel.

Eletrônica Pc Games

Eletrônica Pc Games
Pop-shop Garanhuns

Pressão Total Utilidades

Pressão Total Utilidades

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.
Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Pise Bem Calçados e Casa do Côco

Pise Bem Calçados e Casa do Côco
Rua Melo Peixoto Centro Garanhuns-PE

segunda-feira, 2 de julho de 2018

Grupo se mobiliza para trazer ‘O Evangelho Segundo Jesus, Rainha do Céu’ para Garanhuns mesmo após cancelamento da peça pelo Governo do Estado

Renata Carvalho. Foto: Leonardo Pastor/Divulgação

A retirada de O Evangelho Segundo Jesus, Rainha do Céu da programação do Festival de Inverno de Garanhuns (FIG) mobilizou um grupo de artistas e membros da sociedade a criar uma campanha de financiamento coletivo para levar a peça à cidade. A iniciativa lançada ontem busca arrecadar R$ 6 mil para arcar com os custos de transporte, hospedagem e alimentação da atriz Renata Carvalho, da diretora Natalia Mallo e da produtora Gabriela Gonçalves.

No monólogo, Renata conjectura como seria se Jesus voltasse à terra como uma travesti. A partir desse mote, ela busca abrir o diálogo sobre as vivências das pessoas trans e combater a exclusão social de seus corpos.

O trabalho foi retirado da programação do FIG após o prefeito Izaías Régis (PTB) afirmar, na última sexta-feira (29), que não deixaria que a obra fosse apresentada em equipamentos culturais do município. O secretário de Cultura do Estado, Marcelino Granja, rebateu e disse que o Governo não iria recuar, ressaltando que a peça seria exibida para um público adulto.

Porém, no sábado (30), Dom Paulo Jackson, bispo da Diocese de Garanhuns, lançou uma nota criticando o conteúdo do espetáculo e afirmou que “a liberdade de expressão artística não pode ferir o sentimento religioso e a identidade cristã de uma inteira população”. O religioso disse que não entraria em nenhuma frente para impedir a apresentação, mas que, caso o Estado mantivesse a peça, proibiria que a Igreja Catedral fosse utilizada no FIG (o espaço recebe concertos de música clássica durante o festival). Diante dessa ameaça, o governo recuou e cancelou o espetáculo.

Para o ator garanhuense Joesile Cordeiro, que integra o coletivo responsável pelo financiamento coletivo, a ida do trabalho para Garanhuns ganhou contornos de resistência contra qualquer tipo de censura e preconceito.

“O prefeito, em uma ação eleitoreira, pediu a retirada do espetáculo, o que reflete também uma clara transfobia. Ele e muitos dos que estão criticando nem assistiram ao espetáculo. Estão julgando o conteúdo da peça como ofensivo, quando, na verdade, é um trabalho que fala sobre amor, respeito e tolerância, valores cristãos”, pontuou.

Ele afirmou que o grupo está estudando vender ingressos a preços populares para que as artistas tenham algum tipo de cachê. “Elas estão vindo mais pela causa mesmo, para se posicionar contra a censura. Já temos algumas opções de lugares para apresentar a peça, mas só vamos divulgar no dia por questões de segurança. Ao mesmo tempo em que temos recebido muito apoio, também há um discurso de ódio muito forte”, explica.

A resposta à campanha tem sido positiva: em poucas horas no ar, a iniciativa já arrecado mais de 50% do valor proposto. As contribuições, a partir de R$ 15, podem ser feitas até o dia 10 no endereço www.catarse.me/rainhajesus.

Com informações do Site Terceiro Ato

Um comentário:

  1. Isso é uma aberração,ao nosso jesus jesu.Tenham cuidado que ele é um justo juiz.Não brinquem com Deus.

    ResponderExcluir

QUER ANUNCIAR NO BLOG Ligue 87 9 9962-6354 / 9 8164-4420

J&N CARNES

J&N CARNES