Anuncie aqui!

Anuncie aqui!
QUER ANUNCIAR NO BLOG: E-mail: agresteemalerta@gmail.com Fone: (87) 9 8812-6217 WhatsApp

Clique na imagem para efetuar sua compra.

PRIME RASTREAMENTO E PROTEÇÃO AUTOMOTIVA

PRIME RASTREAMENTO E PROTEÇÃO AUTOMOTIVA

A M SEMENTEIRA - Mudas de hortaliças e legumes

A M SEMENTEIRA -  Mudas de hortaliças e legumes

Cia da Construção e Madeireira.

Cia da Construção e Madeireira.

Stop Lanches o Melhor Lanche da cidade

Stop Lanches o Melhor Lanche da cidade
Org: Maciel.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.
Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Maluquinha preço único

Maluquinha preço único
Avenida Santo Antônio, Centro Garanhuns-PE

Rua Melo Peixoto - Centro - Garanhuns - PE - Fone: (87) 9. 9677-5705

Rua Melo Peixoto - Centro - Garanhuns - PE - Fone: (87) 9. 9677-5705

segunda-feira, 14 de outubro de 2019

Idosas foram detidas pela Receita Federal e autuadas pela Polícia Federal tentando regularizar CPF com documentos falsos em Caruaru, no Agreste de Pernambuco


A Polícia Federal procedeu a atuação em flagrante nos dias 03/10/2019 por volta da 14:30h de ISMERINDA DE SOUZA, 68 anos, doméstica, natural de Santa Maria/RN e residente em Riacho das Almas/PE. –(não possui antecedentes criminais), JOSÉ ROBERTO PEREIRA, 47 anos, comerciante, natural de Caruaru/PE e residente no Bairro Serra Verde-Caruaru/PE-(possui antecedentes criminais – já foi preso por duas vezes por porte ilegal de arma de fogo) e MARCIANE CIQUEIRA MONTEIRO, 31 anos, doméstica, natural de Paulista/PE e residente no Sítio Serra Verde-Caruaru/PE. –(não possui antecedentes criminais)

As prisões aconteceram quando servidores da Receita Federal de Caruaru/PE ao atender a idosa (ISMERINDA) percebeu que a Carteira de Identidade utilizada para regularizar um CPF suspenso era oriunda do Rio Grande do Norte, motivo pelo qual havia um registro de alerta para que sempre fosse averiguado com cautela tais documentos, haja vista que em 12 fevereiro de 2016 cerca de 2.880 cédulas foram furtadas da Direção Geral do Instituto Técnico-Científico de Polícia-ITEP/RN. Ao ser analisado o documento e tendo a idosa não sabendo informar o nome de sua mãe e nem o município onde nasceu, constatou-se que realmente era falso, o serviço de segurança foi acionado e a falsária detida. Também foram detidos um homem (JOSÉ) e uma mulher (MARCIANE) que estavam acompanhando a idosa e ficaram fora da agência esperando-a sair. Ao ser abordado o homem tentou evadir-se do local, mas foi detido e se apresentou como sendo policial federal e a mulher disse que apenas estava acompanhando a sua vizinha idosa. A idosa já tentou também aplicar o mesmo golpe nos estados do RN. CE e PB.


Em seguida todos foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Federal em Caruaru/PE, onde acabaram sendo a idosa autuada pela prática do crime tipificado no artigo 304 do Código Penal (uso de documento falso) e caso seja condenada poderá pegar penas somadas variam de 2 a 6 anos de reclusão. Já o casal foi autuado pelo crime contido no artigo 288 do Código Penal (associação criminosa) e caso sejam condenados poderão pegar penas que variam de 1 a 3 anos de reclusão. Ambos pagaram fiança e foram liberados Na audiência a idosa teve a sua prisão preventiva confirmada e foi encaminhada para a penitenciária feminina em Buíque/PE onde ficará à disposição da Justiça Federal.

SEGUNDO CASO – LIMOEIRO – 11/10/2019

A Polícia Federal procedeu a atuação em flagrante no dia 11/10/2019 por volta da 10h de MARIA LUIZA PINHEIRO, 31 anos, vendedora autônoma, natural de Parnamirim/RN e residente em Mamanguape/PB, VILENE DA SILVA PEREIRA ANDRADE, 34 anos, agricultor, natural de Caetés/PE e residente em Mamanguape/PB e ANTONIA MARIA BATISTA PEQUENO, 68 anos, desempregada, natural de Bananeiras/PB e residente em Guarabira/PB.

As prisões aconteceram quando servidores da Receita Federal de Limoeiro/PE ao atender a idosa (ANTONIA) perceberam que a Carteira de Identidade utilizada para regularizar um CPF suspenso era oriunda do Rio Grande do Norte, motivo pelo qual havia um registro de alerta para que sempre fosse averiguado com cautela tais documentos. Ao ser analisado o documento, constatou-se que realmente era falso, a Polícia Civil  foi acionada e a falsária detida. Também foram detidas duas mulheres (VILENE) e (MARIA) que estavam acompanhando a idosa e possuíam documentos falsos com fotos da idosa e um motorista de taxi com placas de Mamanguape/PB. Ao serem abordados e entrevistados todos entraram em contradições e foram encaminhados para a Superintendência da Polícia Federal que fica localizada no bairro do Recife Antigo/PE. Além da Carteira de Identidade falsificada também foram apreendidos 03 (três) aparelhos celulares, carteiras de trabalho, cartões de bancos, além de outros documentos com sinais de falsificação.

As três mulheres foram autuadas pela prática do crime tipificado no artigo 297 do Código Penal (falsificação de documento público) e caso sejam condenadas poderá pegar penas somadas variam de 2 a 6 anos de reclusão. Já o motorista foi ouvido em inquérito policial e liberado em seguida, haja vista não ficar comprovada a sua participação no crime. Na audiência a idosa teve a sua prisão preventiva confirmada e foi encaminhada para a Colônia Penal Feminina, onde ficará à disposição da Justiça Federal e as duas suspeitas pagaram fiança e foram liberadas Em seus interrogatórios MARIA informou que apenas estava acompanhando a idosa, mas que já havia sido detida em Guarabira/PB com ela numa mesma ocorrência na Polícia Civil. Já VILENE também informou que estava apenas acompanhando a idosa e que não sabia de suas práticas criminosas.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

QUER ANUNCIAR NO PORTAL Ligue 87 9. 8812-6217