Anuncie aqui!

Anuncie aqui!
QUER ANUNCIAR NO BLOG: E-mail: agresteemalerta@gmail.com Fone: (87) 9 8857-0534 WhatsApp

Clique na imagem para outras informações

A M SEMENTEIRA - Mudas de hortaliças e legumes

A M SEMENTEIRA -  Mudas de hortaliças e legumes

Cia da Construção e Madeireira.

Cia da Construção e Madeireira.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.
Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Maluquinha preço único

Maluquinha preço único
Avenida Santo Antônio, Centro Garanhuns-PE

Rua Melo Peixoto - Centro - Garanhuns - PE - Fone: (87) 9. 9677-5705

Rua Melo Peixoto - Centro - Garanhuns - PE - Fone: (87) 9. 9677-5705

segunda-feira, 20 de dezembro de 2021

Cantor sertanejo é preso suspeito de estuprar enteada por 10 anos em AL


A Polícia Civil de Alagoas informou que a enteada de 14 anos do cantor sertanejo Rodolfo Santoro disse que deixava de comer para ficar “magra e feia”, em uma tentativa de evitar os estupros cometidos pelo padrasto, preso na sexta-feira (17) em Maceió, Alagoas.

O cantor é suspeito de cometer os abusos sexuais durante uma década, desde que a enteada tinha 4 anos de idade.

“Deixava de comer para ficar magra, para ficar feia e tentar afastá-lo“, disse o chefe de operações da Delegacia de Crimes Contra a Criança e o adolescente (DCCCA), Alan Barbosa.

Os abusos sexuais foram denunciados pela mãe da adolescente, que alegou só ter ficado sabendo dos crimes agora. O estupro acontecia na casa da família, onde Rodolfo morava com a vítima, a mãe dela e mais um filho do casal.

O chefe de operações também relatou que a adolescente sofria ameaças de morte para não revelar os estupros.

No inquérito policial constam áudios enviados pelo cantor para a esposa, mãe da adolescente, pedindo desculpas por usar drogas.

“Mandou um áudio dizendo que a mãe era maravilhosa, que ele errou, mas não diz o que fez, que é usuário de drogas, que eram drogas mais pesada do que ela pensava“, detalhou o chefe de serviço da DCCCA.

“Não foi precisado quando as ameaças começaram, mas ele dizia que mataria a adolescente, a mãe dela, a irmãzinha dela [filha dele] e depois se mataria, para que ela não revelasse nada“, disse.

Com informações do G1 Alagoas.






Nenhum comentário:

Postar um comentário

QUER ANUNCIAR NO PORTAL Ligue 87 9. 8812-6217