Anuncie aqui!

Anuncie aqui!
QUER ANUNCIAR NO BLOG: E-mail: agresteemalerta@gmail.com Fone: (87) 9 8164-4420 Whatsapp: (87)9.9962-6354

Cia da Construção e Madeireira.

Cia da Construção e Madeireira.

Stop Lanches o Melhor Lanche da cidade

Stop Lanches o Melhor Lanche da cidade
Org: Maciel.

Eletrônica Pc Games

Eletrônica Pc Games
Pop-shop Garanhuns

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.
Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Maluquinha preço único

Maluquinha preço único
Avenida Santo Antônio, Centro Garanhuns-PE

terça-feira, 15 de janeiro de 2019

Duas mulheres foram presas com drogas e dinheiro por Policiais Civis em Garanhuns, no Agreste de Pernambuco


Durante a tarde de desta  terça-feira 15 de janeiro de 2019, por volta das 16h00, Policiais Civis da 22ª Delegacia de Homicídios de Garanhuns receberam informações de que duas mulheres haviam embarcado em um taxi de posse de uma bolsa e que no seu interior com uma certa quantidade  de droga. 

Após localizarem o veículo e com apoio dos Policiais da 8ª DENARC, de Garanhuns, os policiais deram voz de  parada ao condutor do veículo. 

Logo em seguida, foi realizada algumas buscas  e revista às bolsas das passageiras identificadas como sendo Maria Alexandra da Silva, e Adeilda de Melo Ferreira, e no interior das bolsas foram encontrados 03 (três) “tijolos” de Maconha, que somados pesaram a proximadamente 02 (dois) quilos.

Os policiais se dirigiram até a residência de Adeilda Maria,  no Parque Fênix, em Garanhuns e, após buscas, encontraram mais 54 (cinquenta e quatro) gramas de cocaína, 01 (uma) balança de precisão, e embalagens plásticas para separação da droga e uma quantia de R$337,00 (trezentos e trinta e sete Reais) em notas diversas.

Diante da situação do flagrante, foi dada voz de prisão  as duas mulheres pela prática do crime de Tráfico de drogas e associação para o tráfico. As presas foram conduzidas para a 22ª Delegacia de Homicídios de Garanhuns, onde foram tomadas as medidas legais.  Elas serão apresentadas na audiência de custodia.

Garanhuns: MPPE recomenda que fundações remetam as prestações de contas de 2018


O Ministério Público de Pernambuco (MPPE), através da Promotoria de Justiça de Garanhuns, recomendou aos representantes legais das fundações com sede ou filial no município que remetam as prestações de contas referentes ao exercício financeiro de 2018, até o último dia útil do mês de junho.

“O patrimônio da fundação pertence à sociedade ou a uma parcela determinada desta, desvinculando-se de seu instituidor, tornando-se de domínio público, em razão de sua finalidade social”, destacou no texto da recomendação o promotor de Justiça Domingos Sávio.

Segundo a RES-PGJ nº 08/2010, as prestações de contas das fundações no âmbito de Pernambuco devem ser apresentadas ao MPPE através do Sistema de Cadastro e Prestação de Contas (SICAP). A prestação de contas deve ser entregue na respectiva Promotoria de Justiça da comarca onde está localizada a sede ou filial da fundação. Já fundações com sede em Pernambuco e representação em outro estado deverá apresentar a prestação nas Promotorias dos dois locais.

Ainda de acordo com a resolução, a prestação de contas do Sicap deve conter a carta de representação, recibo de entrega, dados cadastrais, informação sobre a gestão, demonstrativos financeiros e fontes de recursos.

Se as contas não forem apresentadas em tempo hábil, o promotor de Justiça competente pode determinar que a entidade o faça em até dez dias. Se mesmo assim a determinação não for atendida, ensejará requerimento judicial de prestação de contas e responsabilização dos administradores das fundações.

Homem morre em acidente de trânsito na saída de Garanhuns para São João, no Agreste de Pernambuco.

Um grave acidente foi registrado na noite desta segunda-feira 14 de janeiro de 2018, nas proximidades do monumento Rosa dos Ventos, na PE-177, em Garanhuns, no Agreste de Pernambuco. 
De acordo com as informações, a vítima foi identificado como sendo José Valmir Pereira Sobral, de 30 anos, que pilotava uma motocicleta modelo Honda Bros, cor preta, placa PEU-2988, quando tentou fazer uma ultrapassagem em um lugar não permitido e bateu de frente em uma Toyota Hilux, de cor azul, placas BRP-0071. 
Com o  impacto da batida deixou uma parte da caminhonete destruída. José sofreu várias fraturas e devido os ferimentos foi a óbito no local.

A Polícia Militar foi acionada a realizou isolamento do local, e acionou a Polícia Civil com uma equipe do Instituto de Criminalística, após os procedimentos legais cabíveis, encaminharam o corpo de José ao (IML) de Caruaru.

Professor da UFRPE é preso suspeito de estuprar menina de 9 anos em Tamandaré


Um professor da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), de 57 anos, foi preso na tarde desse domingo (13) em Tamandaré, Litoral Sul de Pernambuco. Ele é suspeito de estuprar uma menina de 9 anos de idade na piscina de um hotel. O professor, da área de Informática, foi preso em flagrante pelo crime de estupro de vulnerável.

De acordo com a Polícia Civil, o suspeito estava hospedado no Baía Branca Beach Resort. A vítima estava hospedada com familiares, em outro quarto. O professor não tem proximidade com a menina.

Segundo a polícia, o suspeito estava nadando na piscina enquanto a menina brincava em uma ponte instalada no local, que passa por cima da água. Ele teria puxado a criança para debaixo d’água e tocado nas partes íntimas dela.

A menina procurou os pais, que chamaram a polícia. Em depoimento, o suspeito negou ter praticado o crime e justificou que estava bêbado no momento da ocorrência. O professor universitário foi autuado em flagrante e passou por audiência de custódia na manhã desta segunda-feira (14), no Fórum de Palmares.  

O Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), por meio de sua Assessoria de Comunicação, afirmou que o processo segue em segredo de Justiça, por se tratar de uma situação envolvendo uma criança. O TJPE não divulgou o resultado da audiência de custódia.

Perfil
A UFRPE afirmou que vai aguardar um posicionamento da Justiça para emitir uma nota sobre a prisão. O professor, que é formado em Ciência da Computação pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), dá aulas na Rural desde o ano 2000. Com pós-douturado na Universidade de Birmingham, na Inglaterra, ele também já foi docente da UFPE e da Universidade Católica de Pernambuco (Unicap).

JC online

Delegacia de Homicídios de Garanhuns prende elemento que tentou matar o irmão na Cohab ll

Policiais Civis da 22ª Delegacia de Homicídios de Garanhuns, prenderam durante a manhã desta segunda (14), um elemento acusado de tentar matar o próprio irmão na Cohab 2, durante o mês de junho do ano passado.
De acordo com a Polícia Civil, a prisão do elemento foi realizada em uma residência localizada na Rua Nova Aliança, na Cohab 2, na cidade de Garanhuns. 
Foi preso em cumprimento do Mandado de Prisão Preventiva, Leandro Mendes da Silva o qual é autor do crime de tentativa de Homicídio em que foi vítima  o próprio irmão, identificado como sendo Leonardo Mendes da Silva o qual foi esfaqueado por diversas vezes no dia 26/06/2018, na Rua Monteiro Lobato, 369, Cohab 2, em Garanhuns.. O crime foi praticado após uma discussão entre os irmãos.

sábado, 12 de janeiro de 2019

Ministério Público Federal acusa Paulo e secretário por improbidade em repasses de até R$ 1,2 bi


O governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), e o secretário estadual de Saúde, José Iran Costa Júnior, são acusados em ação civil pública apresentada pelo Ministério Público Federal (MPF) por atos de improbidade administrativa. Para a procuradora Silvia Regina Pontes Lopes, não há transparência sobre repasses de recursos do Sistema Único de Saúde (SUS) para organizações sociais de saúde, as OSS, que administram hospitais e unidades de pronto-atendimento (UPAs).

Cálculos do Tribunal de Contas do Estado (TCE) citados no documento afirmam que os recursos passaram de R$ 144,37 milhões em 2010 para R$ 1.208.027.923,34 em 2017. Para a procuradora, o aumento foi "sem qualquer justificativa plausível".

De acordo com a ação, no exercício financeiro de 2018, os repasses somam R$ 507.301.501,72. Confira a entrevista da procuradora Silvia Regina Lopes para o Programa Rádio Livre desta terça-feira (11)

Rádio Jornal.

Vendedora de lanches de 27 anos foi assassinada a tiros em Caruaru, no Agreste de Pernambuco


Um feminicídio foi registrado na manhã deste sábado 12 de janeiro 2019, na cidade de Caruaru no Agreste de Pernambuco.

De acordo com as primeiras informações a vítima foi identificada como sendo Maria Lúcia de Jesus, de 27 anos, (vendedora de lanches), a vítima estava em frente à UPA onde ela vendia lanches, nas proximidades dos bairros Boa Vista 1, e Boa Vista 2 na linha do trem.


Maria Lúcia, foi surpreendida por um indivíduo não identificado que efetuou cerca de cinco disparos de arma de fogo. Devido os ferimentos Maria Lúcia, foi a óbito no local.


A Polícia Militar foi acionada realizou isolamento do local, e acionou a Polícia Civil com uma equipe do Instituto de Criminalística, após os procedimentos legais cabíveis o corpo da vítima foi encaminhado ao IML local.

Idoso residente Garanhuns encontra-se desaparecido


IDOSO RESIDENTE EM GARANHUNS  ENCONTRA-SE DESAPARECIDO.

Encontra-se desaparecido desde a tarde desta sexta-feira 11 de janeiro de 2019. O idoso identificado como sendo Manoel Vilela de Souza de 66 anos, natural de São João/PE. De acordo com as informações ele saiu com uma pessoa estranha do bairro do Magano em Garanhuns, com destino a o Estado Alagoas, ainda segunda segunda informações, o idoso não chegou no destino e nem retornou para a sua residência.

Se alguém tiver quaisquer informações que leva ao seu paradeiro, entrem em contato com a família através do número (87) 9.99088261

sexta-feira, 11 de janeiro de 2019

Linha de ônibus “Cohab lll” terá itinerário adaptado em dias úteis


Medida é válida a partir da próxima segunda-feira (14) e visa atender trabalhadores do Polo Industrial de Garanhuns

A Prefeitura de Garanhuns, por meio da Autarquia de Segurança, Trânsito e Transportes (AMSTT), informa a toda população sobre a adaptação no itinerário da linha de ônibus “Cohab 3”. A mudança é válida apenas durante os dias úteis, e tem o intuito de atender aos trabalhadores que atuam no Polo Industrial de Garanhuns, que está localizado no bairro Dom Helder Câmara, popularmente conhecido como Cohab 3.

A partir da próxima segunda-feira (14), serão incluídas no itinerário da linha as ruas Moacir Santos Paes, Monsenhor Tarcísio Falcão e Projetada, nos horários específicos de 06h20min e 06h50min, saindo do Centro da cidade; e das 17h32min e 17h59min saindo do bairro Cohab 3.

22ª Delegacia de Homicídios de Garanhuns mostra estatística positiva referente ao exercício de 2018


A 22ª DELEGACIA DE HOMICÍDIOS DE GARANHUNS, por intermédio do Delegado de Polícia Titular Dr. Eric Costa Candido, torna público para divulgação nos diversos meios de Imprensa o balanço geral do trabalho desenvolvido e números referentes ao exercício de 2018, no que se refere aos Crimes Violentos Letais Intencionais - CVLI.
No ano de 2018 foram 38 CVLI(s)* consumados, enquanto no mesmo período de 2017 foram um total de 62 crimes. Com 24 CVLI(s) a menos, houve uma redução de cerca de 40% (quarenta por cento) nos números de crimes contra a vida na cidade.
A taxa de resolução (crimes em que os autores são identificados e os Inquéritos Policiais são enviados ao poder judiciário para que sejam julgados) foi de 71% (setenta e um por cento), enquanto no mesmo período do ano de 2017, o índice foi de 50% (cinquenta por cento).
No mês de dezembro de 2018 ocorreram 02 homicídios na cidade de Garanhuns, sendo o último as 22:30 horas do dia 31/12/2018. Ambos os crimes tiveram seus autores identificados.
No ano de 2019 ainda não ocorreu CVLI na cidade de Garanhuns.
No ano de 2018 foram expedidos pelo poder judiciário 37 mandados de prisões em decorrência de investigações realizadas pela 22ª Delegacia de Homicídios. Foram cumpridos ao todo 31 mandados de prisão. Foram ainda realizadas *28 prisões em flagrante.
No que se refere as apreensões de armas e drogas, em 2018 a Delegacia de Homicídios apreendeu um total de 16 armas de fogo, sendo uma delas, um Fuzil .556, de fabricação americana. Foram ainda apreendidos cerca de 1kg de Crack, 13,8 Kg de maconha e 890,8 gramas de cocaína.
Em 2019, os desafios continuam e trabalharemos para proporcionar uma sociedade mais tranquila, com paz social, fortalecendo a credibilidade do cidadão no trabalho da Polícia Civil, buscando cada vez mais reduzir os índices de criminalidade.
ERIC COSTA CANDIDO- DELEGADO 22ª DELEGACIA DE HOMICÍDIOS DE GARANHUNS.

Grupo Vida Bela inaugura loja de móveis, em Garanhuns, no Agreste de Pernambuco


O grupo Vida Bela, inaugurou durante a tarde de ontem (10), a mais nova loja de móveis   da cidade de Garanhuns. A loja está localizada na Rua Maurício de Nassau, a conhecida Rua das Eletrônicas, no Centro da cidade.



O novo empreendimento conta com amplo espaço, que oferece comodidade aos clientes. A família de empresários apostou no segmento de móveis que vem dando muito certo no mercado garanhunense.

"Estamos inaugurando a Vida Bela Móveis. Uma novidade para o mercado garanhuense. Só temos a agradecer a cada um dos nossos clientes, aqueles que acreditaram no nosso projeto e nos ajudaram desde o primeiro tijolinho. Estamos agora de portas abertas para receber  todos os nossos munícipes e os moradores das cidades vizinhas", pontuou um dos empresários.



A Loja Vida Bela Móveis conta com uma especializada equipe de funcionários treinados, além de um amplo espaço para ampla comodidade.

Empresário Álvaro Fernandes foi assassinado a tiros em Garanhuns, no Agreste de Pernambuco


A vítima identificado como sendo Álvaro  de Souza Fernandes, de 65 anos, (empresário e político), foi  assassinado a tiros , no início da noite desta sexta-feira 11 de janeiro de 2019.

Loja onde a  vítima foi alvejado, com os disparos.

O crime foi registrado dentro do estabelecimento comercial da vítima, que fica localizada às margens da BR-423, na saída para Caruaru. De acordo com informações, Àlvaro estava em seu escritório quando o assassino, não identificado entrou na empresa e efetuou os disparos. Álvaro foi atingido na cabeça por pelo menos 03 (três) disparos, sendo socorrido ao Hospital Regional Dom Moura, onde foi a óbito. A PM foi acionada e realiza busca  do (s) autores do crime. Até o momento a motivação, e autoria do crime São desconhecidos a 22ª delegacia de homicídio irá investigar o caso

O corpo da vítima foi encaminhado ao IML, de Caruaru.

quinta-feira, 10 de janeiro de 2019

AÇÃO DO MP INVESTIGA GESTÃO ANTERIOR: prefeitura de Garanhuns emite nota esclarecendo caso que envolve Instituto de Previdência de Garanhuns


O Governo Municipal de Garanhuns, vem por meio do Instituto de Previdência dos Servidores Públicos Municipais de Garanhuns  – IPSG esclarecer sobre matéria intitulada “MPPE investiga Instituto de Previdência de Garanhuns por suspeita de apropriação de parcelas dos consignados de servidores e abusos em contratos de cartão consignado”.

O primeiro ponto a ser explicado, é que o ato que se transformou em inquérito civil público no MPPE, não é relacionado à atual gestão, é sim à gestão anterior a 2013. 

Vale ressaltar também que o Instituto de Previdência dos Servidores Públicos Municipais de Garanhuns ainda não foi oficialmente notificado sobre esse inquérito, que inclusive já estava arquivado. A partir de agora traremos as explicações sobre o que motivou o Inquérito:

O Banco Panamericano S/A indevidamente acusou o Instituto de Previdência dos Servidores Públicos Municipais de Garanhuns - IPSG de ter infringido as normas estabelecidas no termo de convênio assinado entre o Banco e a Prefeitura Municipal de Garanhuns, em virtude da falta de repasse de valores descontados dos aposentados e pensionistas do IPSG. Vale salientar que o Instituto de Previdência dos Servidores Públicos Municipais de Garanhuns é uma entidade autárquica com personalidade jurídica de público interno inscrita no CNPJ sob o nº 04.664.996/0001-90 que tem como principal característica a independência financeira, patrimonial e administrativa.

O IPSG somente poderia ser responsabilizado por qualquer tipo de obrigação ou direito se estivesse incluso como parte de um termo de convênio o que pelo que se observa não existe.  O convênio foi firmado entre Banco Cruzeiro do Sul S/A e a Prefeitura Municipal de Garanhuns, ainda na gestão passada, logo o IPSG não é parte averbadora do convênio celebrado.  Em um dos itens do termo do convênio firmado entre Banco Cruzeiro do Sul S/A e a Prefeitura Municipal de Garanhuns informa que a utilização do Consig Card é restrito a pessoas físicas maiores de 18 anos que mantém um vínculo efetivo e ativo com averbadora. Ora, o IPSG somente se relaciona com servidores inativos e pensionistas que não estão alcançados pelo termo de convênio firmado.

O convênio em comento prescreve que o mesmo poderá ser considerado imediatamente rescindido por qualquer das partes mediante simples notificação na ocorrência de falência, concordata ou liquidação da outra parte, como aconteceu com o Banco Cruzeiro do Sul que foi liquidado, oportunidade em que a Prefeitura Municipal de Garanhuns fez a comunicação através do e-mail datado de 11/06/2013 informando o cancelamento do convênio.

Com a liquidação do Banco Cruzeiro do Sul S/A e o cancelamento do convênio por parte da Prefeitura Municipal de Garanhuns, com base no próprio convênio, não poderia mais haver o desconto dos vencimentos dos servidores municipais nem os proventos dos inativos e pensionista por parte do IPSG, inclusive, conforme já ressaltado em linhas anteriores, os aposentados não estão alcançados pelo convênio, por isso, desde junho de 2013, não houve mais nenhum tipo de desconto dos proventos e pensões dos servidores inativos. Diante do exposto, entendemos que qualquer responsabilidade atribuída ao IPSG é infundada e descabida.

MAIS UMA MPPE: Investiga Instituto de Previdência de Garanhuns (IPSG) por suspeita de apropriação de parcelas de empréstimos consignados de servidores



A promotora de Justica Ana Cristina Barbosa Taffarel de GARANHUNS, mandou instaurar inquérito civil para investigar denúncias de improbidade administrativa supostamente praticada pela gestão do Instituto de Previdência de GARANHUNS de retenção ilícita de parcelas descontadas de alguns servidores do Município, a título de pagamento de empréstimo consignado sem que fosse realizado o respectivo repasse para a instituição financeira deixando os servidores em situação de inadimplência. Na mesma portaria a promotora determinou o encaminhamento de outra denúncia de contratação irregular de empréstimos por meio de CARTÃO de crédito consignado envolvendo o Banco Pan para que fosse juntada a outro procedimento sobre o mesmo tema.

Segue a Portaria publicada no Diário Eletrônico do MPPE de 4 de janeiro de 2019:

PORTARIA N. 11/2018 – INQUÉRITO CIVIL MPPE AUTO Nº 2018/248236 O MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE PERNAMBUCO, atravésDiário Oficial Eletrônico • Ministério Público de Pernambuco •Sexta-feira, 04 de janeiro de 2019 9 da 1ª Promotoria de Justiça de Defesa da Cidadania de Garanhuns, no uso das atribuições que lhe são conferidas pelos artigos 127 e 129, III, da Constituição Federal, e pelos artigos 1º e 8º, § 1º, da Lei nº 7.347/85, art. 4º, inciso IV, alínea a, da Lei Complementar Estadual nº 12/1994; CONSIDERANDO a tramitação da Notícia de Fato nº 134/20107, iniciada a partir de expediente encaminhado pelo Conselho Superior do Ministério Público de Pernambuco, devolvendo procedimento arquivado pela 2ª Promotoria de Justiça de Defesa da Cidadania, com o objetivo de promover investigação sobre eventual ato de improbidade administrativa cometido pelo Instituto de Previdência dos Servidores Públicos de Garanhuns – IPSG por falta de repasses em empréstimos consignados conveniados com o Banco Pan S/A. CONSIDERANDO a manifestação apresentada pelo Banco Pan SA (doc. 10210333) de que o IPSG deixou de repassar o valor de R$ 1.869,01 (mil, novecentos e sessenta e nove reais e um centavo) que teriam sido descontados de alguns servidores; CONSIDERANDO que este Ministério Público não atuará como intermediário na cobrança de eventual dívida entre os envolvidos; CONSIDERANDO o constante no art. 3º, III da Lei nº 10.820/03 que dispõe sobre a autorização para desconto de prestações em folha de pagamento, e dá outras providências, c/c o art. 11, I, II da Lei nº 8.492/92, Lei da Improbidade Administrativa; CONSIDERANDO que no sistema Arquimedes o assunto está relacionado como Improbidade Administrativa; RESOLVE: na conformidade do artigo 2º, § 6º e 7º da Resolução 23/2007 do Conselho Nacional do Ministério Público, e o artigo 22 da Resolução CSMP-PE nº 001/2012, converter o referido procedimento em inquérito civil com o objetivo de investigar ato de Improbidade Administrativa cometida pela gestão do Instituto de Previdência dos Servidores Públicos de Garanhuns, determinando: 1) autue-se o Inquérito Civil, com registro no Sistema Arquimedes; 2) encaminhe-se a Portaria, por meio eletrônico, ao(s) CAOP(s) pertinente, à Secretaria Geral do MPPE e ou ao setor responsável pela publicação no D.O.E; 3) dê-se ciência ao Conselho Superior do MPPE e à Corregedoria Geral do MPPE; 4) Extraiam-se dos autos os documentos de nºs 9818684, 9830549, 09881856, 9881840, 9853614, 9853645, 9581832, 9881850, 10002256, 10013521, 10013555 e os anexos que o acompanham, para juntada nos autos de nº 2018/236646, que trata de notícia de fato para verificar prática abusiva na contratação de cartão de crédito junto ao BANCO PAN SA; 5) Enumerem-se as folhas; 6) Oficie-se o IPSG para prestar os esclarecimentos necessários, no prazo de 10 dias; 7) Designo para secretariar os trabalhos a servidora à disposição Maria Júlia de Souza Ouro Preto; 8) Expirado o prazo, com ou sem resposta, certifique￾se e voltem os autos conclusos. Garanhuns, 18 de dezembro de 2018. Ana Cristina Barbosa Taffarel Promotora de Justiça em exercício cumulativo


Blog da Noelia Brito

UMA VERGONHA: Em algumas Delegacia da área da 18/DESEC em Garanhuns estão faltando resma de papéis para os policiais trabalhar


Como se já não bastasse tantas faltas na segurança do estado de Pernambuco, temos ainda que ver os policiais civis sofrendo com mínimos detalhes que fazem grande diferença nas delegacias.
Em especial as delegacias do Agreste Meridional, e principalmente na área da 18/DESEC em Garanhuns, estão passando por um processo muito difícil. Registrar um boletim de ocorrência é uma dificuldade, porque a vítima não pode sair com a segunda via devido à falta de papéis para impressões, como também a falta resma para outros tipos de serviços.

Além de tudo isso que os policiais civis enfrentam, não se deixam abater e fazem pequenas cotas para que alguém faça faxina no ambiente de trabalho, e isto porque as delegacias não tem pessoas apropriadas para trabalharem com a limpeza geral.
"O que vemos desse governo que foi recolocado, infelizmente, para administrar nosso estado é muita conversa e pouca ação. Ao  invés de colocar mais pessoas nos efetivos, deviam ter mais consciência, organizar às delegacias e dar melhor ambiente de trabalho para os funcionários da segurança pública. Nossa redação já presenciou muitas vezes lugares onde o preso fica mais bem acomodado que a polícia e isso é um absurdo. Esperamos que um dia isso mude e que as pessoas que tomam conta da nossa segurança sejam vistos como seres humanos e não apenas como meros funcionários do governo que estão ali para encarar tudo de ruim sem nenhum respeito, seja pelo ser humano ou pelo profissional.  Estamos indignados (Portal Agreste em Alerta), e mostramos nossa indignação por ver que coisas tão pequenas estão prejudicando o trabalho da polícia levando a crer que, apenas mostra a verdadeira face de um governador mentiroso.

Estamos à disposição, para quaisquer esclarecimento do governo do Estado.

Marchante foi assassinado com vários disparos de arma de fogo em Águas Belas, no Agreste de Pernambuco


Um homicídio foi registrado na noite nesta quarta-feira 9 de janeiro de 2019, na cidade de Águas Belas no Agreste de Pernambuco.

De acordo com informações, homicídio aconteceu na rua da liberdade, a vítima identificado como sendo, Josenildo da Silva, foi assassinado com vários disparos possivelmente de pistola. De acordo com informações, de sua esposa Josenildo havia saído no interior de sua residência para colocar ração para o seu cavalo, quando foi alvejado pelos disparos devido os ferimentos ele foi a óbito no local. De acordo com informações do Portal da "SDS" a vítima era ex-presidiário.
Até o momento a motivação do crime, e autoria são desconhecidos, a Polícia Civil de Águas Belas, irá investigar o caso.


A Polícia Militar foi acionada realizou isolamento do local,  acionou a Polícia Civil, com o Instituto de Criminalística, após os procedimentos legais, cabíveis o corpo da vítima foi encaminhado ao IML de Caruaru.

QUER ANUNCIAR NO BLOG Ligue 87 9 9962-6354 / 9 8164-4420

J&N CARNES

J&N CARNES