QUER ANUNCIAR NO BLOG Ligue 87 9 9962-6354 / 9 8164-4420

QUER ANUNCIAR NO BLOG Ligue 87 9 9962-6354 / 9 8164-4420

Local do Som Equipadora e Auto Center.

Local do Som  Equipadora e Auto Center.

Casa do Côco.

Casa do Côco.

Garanhuns Bijuterias

Garanhuns Bijuterias

Cia da Construção e Madeireira.

Cia da Construção e Madeireira.

Rua do Ipiranga, 143 Boa Vista Garanhuns PE.

Rua do Ipiranga, 143 Boa Vista Garanhuns PE.

Roberto dos Ônibus.

Roberto dos Ônibus.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

King Lanternagem e Pintura.

King Lanternagem e Pintura.

sexta-feira, 6 de novembro de 2015

LAMA TÓXICA DE DUAS BARRAGENS ATINGIU EM DISTRITO; MG

Após confirmação de que foram duas barragens que romperam na tarde desta quinta-feira (5), entre Mariana e Ouro Preto, em Minas Gerais, o Corpo de Bombeiros do estado afirmou na manhã desta sexta-feira (6) que uma terceira barragem é monitorada por risco de rompimento. A informação foi confirmada pelo assessor de comunicação, major Rubem da Cruz, que informou que a barragem sob risco também fica em Mariana.
Em entrevista à rádio CBN, ele afirmou que uma vistoria foi realizada durante a madrugada e deve-se repetir na manhã desta sexta. Ainda segundo ele, a hipótese de que um abalo sísmico de 2 pontos na escala Richter poderia ter causado os rompimentos está sendo investigada.
O prefeito de Mariana, Duarte Junior (PPS), disse que decretará estado de emergência no município, atingido por uma onda de lama depois que duas barragens da mineradora Samarco estouraram. Vídeo!
A prefeitura da cidade de Mariana divulgou pedido de ajuda nas redes sociais para receber donativos, como roupas, colchões, água mineral, produtos de higiene pessoal, e também, pratos, copos e talheres descartáveis. Os interessados em ajudar devem se dirigir ao Centro de Convenções do município. O governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel (PT), e o ministro da Integração Nacional, Gilberto Occhi, devem chegar ao local na manhã desta sexta-feira.

Tragédia

O distrito de Bento Rodrigues, em Mariana, foi completamente inundado com lama tóxica – subproduto da atividade de mineração e que pode conter metais pesados . Até as 23 horas de quinta, haviam sido confirmados 17 mortes e 75 feridos. A previsão dos bombeiros era de que o número de mortes chegasse a 40 – ainda havia desaparecidos e muitas pessoas a resgatar.
A tragédia deve transformar-se na mais grave na área ambiental do estado. Até uma igreja histórica do século 18 e uma escola de ensino fundamental teriam sido atingidas. “Uma avalanche de lama destruiu casas, escola, igreja, posto de saúde e carros. Muitas famílias estão desalojadas e sem notícias de seus familiares. O resgate é difícil e somente com helicópteros é possível chegas às áreas destruídas”, relatou o secretário de Saúde de Mariana, Juliano Duarte. “Muitos desabrigados estão alojados provisoriamente em uma escola. É uma das cenas mais tristes que já vi”, lamentou.
“O distrito desapareceu, sumiu debaixo da lama”, afirmou o prefeito Duarte Júnior à Rádio Estadão. “Cheguei perto e eu vi a visão da inferno. A gente que conhece o lugar olhava e não via mais nada, casa, carro em cima de telhado.”
Segundo o promotor Carlos Eduardo Ferreira Pinto, coordenador de Meio Ambiente do Ministério Público Estadual, a situação é catastrófica. “Ainda não há condições de saber o número total de mortos”, disse. Uma avaliação completa só será possível na manhã desta sexta.
A população estimada de Bento Rodrigues, que fica a 25 km da região central do município, é de 620 pessoas, residentes em 200 casas, de acordo com os dados do governo do estado.

Exército

Em nota oficial, o governador afirmou ter recebido com “consternação a informação sobre o rompimento da barragem”. Já a presidente Dilma Rousseff foi informada do acidente pelo ministro da Casa Civil, Jaques Wagner, e colocou o Exército, o Centro de Desastres e a Força Nacional à disposição para ajudar no socorro.

Gazeta do Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

QUER ANUNCIAR NO BLOG Ligue 87 9 9962-6354 / 9 8164-4420