Este espaço é seu anuncie aqui! 87 9 9962-6354 / 9 8164-4420

Garanhuns Bijuterias e Bianca Bijoux.

Garanhuns Bijuterias e Bianca Bijoux.

GF Presentes e Variedades Vendas em Atacado e Varejo.

GF Presentes e Variedades Vendas em Atacado e Varejo.

Informamos que Simulador de direção é obrigatório para tirar CNH a partir de 12/12/2016.

Informamos que Simulador de direção é obrigatório para tirar CNH a partir de 12/12/2016.

Casa do Côco.

Casa do Côco.
Rua Melo PeIxoto, 79 CeNtro Garanhuns PE

Rua do Ipiranga, 143 Boa Vista Garanhuns PE.

Rua do Ipiranga, 143 Boa Vista Garanhuns PE.

Volte a Sorrir Garanhuns PE.

Volte a Sorrir Garanhuns PE.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

terça-feira, 25 de outubro de 2016

Em Catende, Paulo destaca ritmo acelerado das obras do Sistema Adutor Pirangi.



Orçado em R$ 60 milhões, o empreendimento vai dobrar a vazão do Sistema do Prata, ampliando 
o abastecimento em Caruaru e outros nove municípios pernambucanos

CATENDE - O governador Paulo Câmara vistoriou, no início da manhã desta terça-feira (25.10), o canteiro de obras do Sistema Adutor de Pirangi, em Catente, na Mata Sul. Orçado em R$ 60 milhões - recursos do Banco Mundial - o empreendimento foi idealizado para minimizar os efeitos da estiagem em Caruaru e outros nove municípios do Agreste. A obra, que será entregue no início de 2017, consiste na implantação de 27 quilômetros de tubulação que vai levar água do Rio Pirangi à Barragem do Prata, em Bonito, beneficiando 800 mil pessoas. Antes de conferir a intervenção, o chefe do Executivo estadual tomou café da manhã com os trabalhadores e destacou o ritmo acelerado das obras.

"Essa é uma obra muito importante e que terá um papel fundamental para a garantia da segurança hídrica de Caruaru e da Região Agreste. Imprimimos um ritmo acelerado, que nos permite cumprir os prazos, as etapas. É muito importante manter esses prazos porque janeiro é um momento crítico que nós estamos prevendo para o Prata", salientou Câmara. O chefe do executivo estadual ressaltou ainda que o Nordeste vive a pior seca dos últimos 50 anos. "A gente só vai enfrentar essa grave crise com muito trabalho e dedicação", grifou. Pirangi deverá ser entregue no primeiro semestre de 2017.

Ao lado dos trabalhadores do canteiro, Paulo pontuou que o Governo de Pernambuco procurou alternativas, por conta da demora na conclusão de obras federais, para o enfrentamento aos efeitos da estiagem. "A gente tinha que tomar uma providência imediata. As obras estruturadoras como a Adutora do Agreste e a Transposição do Rio São Francisco estão em um ritmo muito aquém do necessário. Então, nós tomamos essa decisão de levar água da Mata para o Agreste. São R$ 60 milhões investidos do Tesouro Estadual, através do Banco Mundial, para melhorar a situação hídrica de nove cidades, principalmente Caruaru", afirmou Paulo.

Com a intervenção, a vazão do Sistema do Prata vai dobrar (de 600 para 1,2 mil litros por segundo). A adutora vai assegurar o abastecimento nos municípios de Caruaru, Santa Cruz do Capibaribe, Riacho das Almas, Passira, Cumaru, Toritama, Agrestina, Altinho, Ibirajuba e Cachoeirinha, entre outros distritos da região. Além da adutora, o  Sistema Pirangi contará com duas estações elevatórias.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Thiago Norões, explicou ainda que o Governo do Estado ainda mantém investimentos expressivos na zona rural do Agreste. "Para garantir que a água chegue a todas as localidades, nós também estamos implantando sistemas simplificados em comunidades rurais", afirmou o titular da pasta.

Já o presidente da Compesa, Roberto Tavares, pontuou que o Estado mantém, hoje, 300 intervenções que visam garantir a sustentabilidade hídrica da região. "Nos últimos 10 anos, Pernambuco tomou uma decisão política de enfrentar o desafio do abastecimento, assim como foi feito na gestão de Miguel Arraes com a questão energética", destacou.

Bastante orgulhoso com a contribuição que Catente vai oferecer aos pernambucanos do Agreste, o prefeito Josibias Darcy de Castro destacou a importância de unir forças para vencer as dificuldades. "Nós temos um manancial enorme que pode ajudar muita gente. Essa também é mais uma forma de aglutinar pessoas que querem trabalhar",  disse o prefeito, referindo-se à geração de emprego e renda que a obra proporcionou ao município de Catende.

No segmento da construção civil há 20 anos, o operário Antônio Rodrigues, de 47 anos, não escondia a satisfação de atuar nessa benfeitoria. "É uma alegria poder participar de obras importantes para a população. Aqui é dedicação total, de 7h ás 17h, e ainda um plantão de 17h às 19h", contou o trabalhador

Nenhum comentário:

Postar um comentário