Anuncie aqui!

Anuncie aqui!
QUER ANUNCIAR NO BLOG: E-mail: agresteemalerta@gmail.com Fone: (87) 9 8164-4420 Whatsapp: (87)9.9962-6354

Casa do Côco.

Casa do Côco.

Cia da Construção e Madeireira.

Cia da Construção e Madeireira.

Stop Lanches o Melhor Lanche da cidade

Stop Lanches o Melhor Lanche da cidade
Org: Maciel.

Rua do Ipiranga, 143 Boa Vista Garanhuns PE.

Rua do Ipiranga, 143 Boa Vista Garanhuns PE.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

King Lanternagem e Pintura.

King Lanternagem e Pintura.

terça-feira, 16 de maio de 2017

Caem violência contra a mulher, homicídios, roubos e furtos no mês de abril em Pernambuco, diz Governo do Estado


O mês de abril em Pernambuco registrou redução nas mais diversas modalidade de crimes, em comparação com o mês anterior. A informação foi  apresentada nesta segunda-feira (15/05), pelo secretário de Defesa Social, Angelo Gioia, em entrevista coletiva. Houve, conforme o balanço, queda em homicídios (- 6,4% ou 35 mortes a menos), crimes violentos contra o patrimônio (- 14%), especialmente nos assaltos a coletivos ( -30,6%), estupros ( -27,6%) e violência doméstica contra a mulher (-15,2%).

“A queda nos números não é motivo de comemoração, pois sabemos que estamos distantes do que desejamos para a população de Pernambuco. Mas motiva a tropa e fortalece as diretrizes do trabalho daqueles que comandam as forças de segurança. No caso dos CVLIs, tivemos uma redução de 6,4% (514 contra 549 no mês anterior). Em março, já houve uma leve redução de 0,21% em relação a fevereiro. Considerando que, desde o segundo semestre de 2014, os CVLIs só ascenderam, avaliamos que esses são os primeiros resultados dos ajustes operacionais nas polícias, com foco nos grupos de extermínio”, diz o secretário.

No primeiro quadrimestre de 2017, foram presas 764 pessoas por envolvimento em assassinatos. O mês de abril foi o de maior número de detenções no ano, com 229 suspeitos alcançados pelas polícias Civil e Militar. Uma das principais operações é a Força no Foco, que, em 15 edições em dois meses, capturou 49 acusados de homicídios, instaurando mais de 249 inquéritos. “Ao priorizar os assassinatos recentes e envolver as delegacias distritais nas investigações, ampliamos o número de inquéritos com autoria esclarecida e estamos retirando de circulação matadores contumazes”, avaliou Gioia. Em abril, conforme o balanço, 58% (ou 298 CVLIs) dos homicídios tiveram relação com atividades criminais, a exemplo de crime organizado, tráfico de drogas, grupos de extermínio e sistema prisional; 16,5% (85) foram de conflitos na comunidade ou proximidade; 4,7% (24) tiveram origem em latrocínios; 3,7% (19) são descritos como conflitos afetivos ou familiares e 1,9% (10) foram feminicídio.

CVP – Com relação aos crimes violentos contra o patrimônio (CVP), foram registradas 9.257 ocorrências em abril, contra 10.763 em março. A diferença de 1.506 casos, entre os dois meses, representou uma variação negativa de 14% nos roubos, furtos e extorsões. Entre os CVPs, a maior queda ocorreu em relação às investidas a ônibus e coletivos, com redução de 30,6%. Em abril, foram 102 assaltos, contra 147 no mês anterior. “Pelo terceiro mês consecutivo, caem as ações de bandidos contra os ônibus. Reforçamos o patrulhamento e abordagens nos corredores e horários onde verificamos grande incidência, além de prendermos, somente este ano, mais de 70 acusados de envolvimento neste tipo de ação. É preciso, no entanto, que as empresas avancem mais na instalação de câmeras de boa resolução, ajudando o trabalho das polícias”, comentou o secretário.

Outra modalidade de CVP, os roubos e furtos a agencias bancárias reduziram de 8 casos, em março, para 2, em abril. As investidas contra caixas eletrônicos e carros-fortes não tiveram alteração, com 2 ocorrências em terminais eletrônicos e 1 ação contra veículo de transportadoras de valores em cada mês. Completando os dados de crimes contra o patrimônio, foram 1.735 roubos de veículos em abril, contra 1909 no mês anterior (redução de 9,1%).

MULHER - Em todo o mês de abril, foram registrados 126 estupros, contra 174 no mês anterior, representando uma variação negativa de 27,6%. Já violência doméstica e familiar contra a mulher caiu 15,2%, com 2.485 casos em abril, contra 2.929 em março.

Confira apresentação na íntegra aqui www.sds.pe.gov.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

QUER ANUNCIAR NO BLOG Ligue 87 9 9962-6354 / 9 8164-4420

J&N CARNES

J&N CARNES