Anuncie aqui!

Anuncie aqui!
QUER ANUNCIAR NO BLOG: E-mail: agresteemalerta@gmail.com Fone: (87) 9 8164-4420 Whatsapp: (87)9.9962-6354

Local do Som Equipadora e Auto Center.

Local do Som  Equipadora e Auto Center.

Casa do Côco.

Casa do Côco.

Cia da Construção e Madeireira.

Cia da Construção e Madeireira.

Rua do Ipiranga, 143 Boa Vista Garanhuns PE.

Rua do Ipiranga, 143 Boa Vista Garanhuns PE.

Cursos de Confeitaria com Profissionais Renomados Clique na Imagem e faça sua inscrição.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

King Lanternagem e Pintura.

King Lanternagem e Pintura.

quinta-feira, 28 de setembro de 2017

VIROU MODA: Homem é agredido e preso por ejacular em mulher em ônibus na Zona Leste de SP


Um homem foi preso suspeito de ejacular em uma mulher em um ônibus na Zona Leste de São Paulo na manhã desta quarta-feira (27.09). A mulher, de 34 anos, disse que não conhecia o homem.

Passageiros, revoltados, agrediram o homem. Na delegacia, o preso disse que não sabe como isso aconteceu.

"Eu senti um movimento, depois senti um negócio caindo na minha perna, pingou no meu pé", afirmou a vítima, muito abalada, quando foi prestar queixa na delegacia.


O caso ocorreu dentro de um ônibus no Tatuapé, na Zona Leste de São Paulo. O homem foi levado para o 30º Distrito Policial (Tatuapé) com escoriações no rosto, após ter sido agredido por passageiros.

Quatro passageiros prestaram depoimento, como testemunhas, contando como o crime ocorreu.

A calça da vítima foi apreendida para perícia. O suspeito foi preso pelo crime de violência sexual mediante fraude, sem arbitramento de fiança. Ele passará por uma audiência de custódia, com um juiz, que decidirá se o acusado ficará preso ou não.

A mulher diz que seguia para o trabalho quando o fato ocorreu e que não conhecia o suspeito.
O motorista do ônibus disse que fatos como este devem parar de ocorrer. Em setembro, houve outros casos de um homem que foi preso por ejacular em uma mulher em ônibus, no Centro de São Paulo.

Outros casos
Em 21 de setembro, o Ministério Público de São Paulo denunciou Diego Ferreira de Novais, de 27 anos, pelo crime de estupro, após ele ter sido preso em 2 de setembro esfregando o órgão genital na perna de uma mulher em um ônibus na Avenida Brigadeiro Luís Antônio, em São Paulo.


Novais foi preso duas vezes na mesma semana praticando crimes semelhantes. Antes, ele havia sido preso por ejacular em uma mulher, também em um ônibus na Avenida Paulista, sendo solto, neste caso, pela Justiça.

Na denúncia sobre o segundo caso, apresentado à Justiça na quarta-feira (20), a promotora Adriana Ribeiro Soares de Morais relata que a mulher percebeu o que estava ocorrendo e que, ao tentar se esquivar, o acusado segurou-a para continuar praticando o ato criminoso. Por isso, Novais foi denunciado por estupro, "na medida em que houve constrangimento da vítima mediante violência física empregada para que ele praticasse ato libidinoso".


Juliana de Jesus foi vítima de assédio sexual dentro do ônibus na Avenida Paulista.

Do G1/SP

Nenhum comentário:

Postar um comentário

QUER ANUNCIAR NO BLOG Ligue 87 9 9962-6354 / 9 8164-4420