Anuncie aqui!

Anuncie aqui!
QUER ANUNCIAR NO BLOG: E-mail: agresteemalerta@gmail.com Fone: (87) 9 8164-4420 Whatsapp: (87)9.9962-6354

Cia da Construção e Madeireira.

Cia da Construção e Madeireira.

Stop Lanches o Melhor Lanche da cidade

Stop Lanches o Melhor Lanche da cidade
Org: Maciel.

Eletrônica Pc Games

Eletrônica Pc Games
Pop-shop Garanhuns

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.
Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Maluquinha preço único

Maluquinha preço único
Avenida Santo Antônio, Centro Garanhuns-PE

quinta-feira, 6 de dezembro de 2018

EM PERNAMBUCO: Empresa fornecedora da merenda escolar é alvo de três investigações


A empresa Casa de Farinha entrou na mira da polícia desde março deste ano e é alvo de três investigações do Ministério Público de Pernambuco (MPPE) em conjunto com a Polícia Civil, além de auditoria do Tribunal de Contas do Estado (TCE-PE).

As investigações vão desde o fornecimento de comida estragada, como encontrado durante a Operação Ratatouille, realizada no Cabo de Santo Agostinho, no Grande Recife, até a intimidação de funcionários de empresas concorrentes para garantir contratos. A Operação Castelo de Farinha, por exemplo, investiga pessoas ligadas à Casa de Farinha que teriam tentado subornar e impedido outras empresas de participarem de licitação presencial para o fornecimento da merenda a escolas de Ipojuca, também na Região Metropolitana.

A empresa, além do contrato com o governo estadual, atua com diversos municípios, entre eles o Recife. Mas, no que depender do conselheiro do Tribunal de Contas Carlos Porto, esse contrato deve ser encerrado. Ele já emitiu, em outubro passado, um “Alerta de Responsabilização” para que o prefeito Geraldo Julio (PSB) realize nova licitação e substitua a empresa fornecedora de merenda às escolas da rede municipal.

A PCR informou, na época, que vem adotando todas as medidas e cumprindo todos os prazos previstos no acórdão para realizar a nova licitação, que ainda não foi lançada.

O diretor-presidente da Casa de Farinha, o empresário Romero Pontual Filho, chegou a ser preso no Centro de Observação e Triagem Professor Everaldo Luna (Cotel), em Abreu e Lima, durante a Operação Castelo de Farinha. A prisão durou cinco dias.

Em novembro, com a extinção da Delegacia de Polícia de Crimes contra a Administração e Serviços Públicos (Decasp), o MPPE assumiu as investigações sobre licitações envolvendo a Casa de Farinha. Foi recolhido da Decasp, sob ordem judicial, material apreendido nas investigações, como notebooks, pendrives e celulares.

PE Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

QUER ANUNCIAR NO BLOG Ligue 87 9 9962-6354 / 9 8164-4420

J&N CARNES

J&N CARNES