Anuncie aqui!

Anuncie aqui!
QUER ANUNCIAR NO BLOG: E-mail: agresteemalerta@gmail.com Fone: (87) 9 8812-6217 WhatsApp

Clique na imagem para efetuar sua compra.

PRIME RASTREAMENTO E PROTEÇÃO AUTOMOTIVA

PRIME RASTREAMENTO E PROTEÇÃO AUTOMOTIVA

A M SEMENTEIRA - Mudas de hortaliças e legumes

A M SEMENTEIRA -  Mudas de hortaliças e legumes

Cia da Construção e Madeireira.

Cia da Construção e Madeireira.

Stop Lanches o Melhor Lanche da cidade

Stop Lanches o Melhor Lanche da cidade
Org: Maciel.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.
Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Maluquinha preço único

Maluquinha preço único
Avenida Santo Antônio, Centro Garanhuns-PE

Rua Melo Peixoto - Centro - Garanhuns - PE - Fone: (87) 9. 9677-5705

Rua Melo Peixoto - Centro - Garanhuns - PE - Fone: (87) 9. 9677-5705

domingo, 1 de dezembro de 2019

Blocos do Hospital Getúlio Vargas são evacuados após tremores na estrutura do prédio na sexta (29)


Três blocos do Hospital Getúlio Vargas (HGV), no bairro do Cordeiro, na Zona Oeste do Recife, foram evacuados após pacientes e funcionários ouvirem estalos e sentirem tremores na estrutura do prédio durante a madrugada desta sexta-feira (29). A área foi isolada e o atendimento do ambulatório foi suspenso nesta manhã. Uma equipe da Defesa Civil de Pernambuco foi até o local para realizar uma vistoria. O Corpo de Bombeiros também foi acionado e enviou um efetivo.

A assessoria de imprensa dos Bombeiros informou que por volta da 1h da madrugada funcionários ligaram relatando que ouviram um estrondo. Cinco viaturas foram enviadas ao local. A equipe identificou rachaduras no prédio e três blocos foram interditados. Os pacientes foram transferidos para outros hospitais. Após vistoria da Coordenadoria de Defesa Civil do Estado de Pernambuco (Codecipe), apenas um bloco permaneceu isolado. 


O cirurgião Bruno Corrêa relatou que estava fazendo uma cirurgia por volta das 23h30 quando escutou um barulho e um tremor. O procedimento teve que ser interrompido duas horas antes. Segundo ele, o paciente está estável. Todas as cirurgias estão suspensas temporariamente. Cerca de 20 pessoas que estavam no setor cirúrgico tiveram que deixar o bloco. 

A dona de casa Juci Caetano chegou no hospital às 2h para acompanhar o marido nos exames que estavam marcados. "Eu moro no município de Canhotinho, e cheguei aqui de madrugada para acompanhar meu marido. Ele veio fazer exames e marcar uma neurocirugia, mas quando chegamos aqui informaram que não ia acontecer".

De acordo com uma funcionária da casa do Getúlio Vargas que não quis se identificar, as estruturas do hospital estão comprometidas em vários setores.

"Nós funcionários não nos sentimos seguros para trabalhar. O prédio tem muitas rachaduras e algumas portas não abrem. Quando eu cheguei aqui, hoje pela manhã, eu fiquei sabendo por terceiros sobre a interdição".  

Diario de Pernambuco


Nenhum comentário:

Postar um comentário

QUER ANUNCIAR NO PORTAL Ligue 87 9. 8812-6217