Anuncie aqui!

Anuncie aqui!
QUER ANUNCIAR NO BLOG: E-mail: agresteemalerta@gmail.com Fone: (87) 9 8857-0534 WhatsApp

Clique na imagem para outras informações

A M SEMENTEIRA - Mudas de hortaliças e legumes

A M SEMENTEIRA -  Mudas de hortaliças e legumes

Cia da Construção e Madeireira.

Cia da Construção e Madeireira.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.
Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Maluquinha preço único

Maluquinha preço único
Avenida Santo Antônio, Centro Garanhuns-PE

Rua Melo Peixoto - Centro - Garanhuns - PE - Fone: (87) 9. 9677-5705

Rua Melo Peixoto - Centro - Garanhuns - PE - Fone: (87) 9. 9677-5705

sábado, 29 de fevereiro de 2020

DISCRIMINAÇÃO - Empresário de Garanhuns é suspeito de maltratar criança e cliente


Estamos passando por momentos onde parece que a paciência e a educação estão sendo acessórios pessoais escassos em algumas pessoas. Diga-se de passagem que o comércio de Garanhuns já sofre bombardeios por causa do mal atendimento em empresas públicas e privadas e não se contentando com tal propaganda, ainda tem gente que faz questão de aumentar o ranking de notícias sobre atendentes "sem sal" existentes e dessa vez quem leva o prêmio de má educação e mal atendimento é um empresário de lojas de artigos (Travessia presentes) no centro de Garanhuns.

Recebemos várias denúncias sobre um episódio desagradável que aconteceu nesta tarde de sexta (28), onde uma criança desacompanhada adentrou no estabelecimento para ver alguns brinquedos e foi persuadido pelo proprietário que, segundo testemunhas, retirou a criança do local constrangendo-a e deixando a chorar de frente a loja. Uma senhora que passava pelo local, indignada, percebeu a situação e decidiu ajudar a criança comprando o brinquedo que ela estava olhando antes de ser tocada de loja a fora. O mais absurdo da história foi que, nem com dinheiro na mão, a cliente conseguiu comprar o brinquedo pois o dono da loja estava visivelmente transtornado e evitou que a pessoa realizasse o desejo da criança. Não contente a cliente chamou policiais que estavam fazendo a segurança dos clientes e lojistas para que eles a ajudassem nesse enfático episódio. Após a chegada dos PMs a situação foi contornada, o brinquedo foi comprado e entregue a criança mas a decepção da senhora foi além de um resultado aparentemente positivo. 

CÓDIGO DE DEFESA DO CONSUMIDOR 

Nenhuma empresa pode discriminar um consumidor e se recusar a atendê-lo, a menos, claro, que não tenha a mercadoria em estoque. Essa é uma prática abusiva de acordo com o CDC, Código de Defesa do Consumidor, e é passível de multa e outras punições.


"...hoje por volta das 16:00 horas presenciei no comércio de Garanhuns uma criança de mais ou menos 9 anos chorando. Fui saber por que e ela falou que o dono da "loja" de presentes  o expulsou porque  foi olhar um brinquedo. Voltei com ele na loja, fui comprar o brinquedo com meu dinheiro e o dono gritou comiho dentro da loja. Disse, que não iria vender o brinquedo porque era criança de  rua. Quando fui questionar ele mandou eu e minha mae levarmos a criança pra casa. Ele tomou o brinquedo da minha mão e eu falei que iria chamar a policia. Ele ironizou. Chamei 3 policiais e comprei. 
Como pode existir pessoas assim, desumanas?"
Breve relato retirado do texto enviado pela senhora que comprou o brinquedo.

O Portal Agreste em Alerta se solidariza com a população e se dispõe a apoiar toda e qualquer situação em que pessoas se sintam constrangidas, agredidas ou vítimas de quaisquer tipos de discriminação, bem como, aguardarmos o empresário para que possa se retratar diante da população quanto a sua conduta diante de uma criança e duas senhoras. 


7 comentários:

  1. Chama celso russomano q ele coloca na justiça q coisa feia meu Deus q mundo cruel

    ResponderExcluir
  2. Fez valer a Lei do Consumidor. Parabéns! Se as pessoas fossem humanas e inteligentes iguais a vc o mundo seria melhor.Ser humano é um processo, esse dono da loja é ainda um bicho.

    ResponderExcluir
  3. típico desses bostas
    de dono de comércio dessa cidade a discriminação já vem a muito tempo não só dessa loja mais de varias

    ResponderExcluir
  4. sem falar no absurdo de multas que esse município vem gerando em seus visitantes,não vou mais fazer a revisão do carro nessa cidade e uma tv de 47 polegadas que ia consertar na agreste eletrônica mandei cancelar,estou evitando o máximo de ir ai em Garanhuns.

    ResponderExcluir
  5. Pessoas Assim como ele não merece ter a posição que tem , não merece ter sucesso em nd.como pode uma pessoa de condições fazer uma coisa absurda dessa com uma criança . Minha gente pelo amor de Deus é uma Criança que não tem o prazer de ter nem a alegria de ter um brinquedo .. ja não basta o sofrimento da vida sem ter nem o pão, muitas Vezes dormindo nas ruas sem um lar .. A justiça será feita , ela demora mas Não falha .

    ResponderExcluir
  6. tomara que perca o que tem pra baixar a bolinha...

    ResponderExcluir
  7. Lamentável!
    Será que esse Senhor, não sabia que estava cometendo crime ?
    Ou ele só queria chama atenção!
    Espero graciosamente que essa Senhora, mova uma ação judicial e criminal contra esse tal empresário desorientado, e que resulte no fechamento do estabelecimento dele, no mínimo.

    ResponderExcluir

QUER ANUNCIAR NO PORTAL Ligue 87 9. 8812-6217