Anuncie aqui!

Anuncie aqui!
QUER ANUNCIAR NO BLOG: E-mail: agresteemalerta@gmail.com Fone: (87) 9 8812-6217 WhatsApp

PRIME RASTREAMENTO E PROTEÇÃO AUTOMOTIVA

PRIME RASTREAMENTO E PROTEÇÃO AUTOMOTIVA

A M SEMENTEIRA - Mudas de hortaliças e legumes

A M SEMENTEIRA -  Mudas de hortaliças e legumes

Cia da Construção e Madeireira.

Cia da Construção e Madeireira.

Stop Lanches o Melhor Lanche da cidade

Stop Lanches o Melhor Lanche da cidade
Org: Maciel.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.
Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Maluquinha preço único

Maluquinha preço único
Avenida Santo Antônio, Centro Garanhuns-PE

Rua Melo Peixoto - Centro - Garanhuns - PE - Fone: (87) 9. 9677-5705

Rua Melo Peixoto - Centro - Garanhuns - PE - Fone: (87) 9. 9677-5705

quarta-feira, 22 de abril de 2020

Governo federal volta atrás e não pagará segunda parcela do auxílio emergencial a partir de quinta-feira


O Ministério da Cidadania e a Caixa Econômica Federal informaram que a antecipação do pagamento da segunda parcela do auxílio emergencial não irá ocorrer como o previsto, a partir de quinta-feira (23). Por meio de nota, o governo informa que, devido ao alto número de informais cadastrados, será necessário solicitar um crédito suplementar — o valor é necessário para garantir o pagamento das três parcelas para todos que têm o direito.  

Há previsão de R$ 32,7 bilhões para cada uma das três parcelas do auxílio — de acordo com o governo, foram pagos até agora R$ 31,3 bilhões. Mas ainda falta avaliar 12 milhões de cadastros para pagamento da primeira parcela.  

A partir de uma recomendação da Controladoria Geral da União (CGU) sobre o assunto, o Ministério da Cidadania produziu uma nota técnica e já solicitou ao Ministério da Economia a previsão para uma suplementação orçamentaria.  

"Em virtude disso, por fatores legais e orçamentários, pelo alto número de requerentes que ainda estão em análise, estamos impedidos legalmente de fazer a antecipação da segunda parcela do Auxílio-Emergencial", diz a nota do ministério. 

O Ministério da Cidadania informa ainda que aguarda resposta sobre a suplementação orçamentária para "completar o atendimento da primeira parcela e anunciar o calendário de pagamento da segunda parcela do auxílio-emergencial no mês de maio". 

GZH

Nenhum comentário:

Postar um comentário

QUER ANUNCIAR NO PORTAL Ligue 87 9. 8812-6217