Anuncie aqui!

Anuncie aqui!
QUER ANUNCIAR NO BLOG: E-mail: agresteemalerta@gmail.com Fone: (87) 9 8812-6217 WhatsApp

Clique na imagem para outras informações

Sombra Celular nesse você pode confiar

Sombra Celular  nesse você pode confiar

A M SEMENTEIRA - Mudas de hortaliças e legumes

A M SEMENTEIRA -  Mudas de hortaliças e legumes

Cia da Construção e Madeireira.

Cia da Construção e Madeireira.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.
Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Maluquinha preço único

Maluquinha preço único
Avenida Santo Antônio, Centro Garanhuns-PE

Rua Melo Peixoto - Centro - Garanhuns - PE - Fone: (87) 9. 9677-5705

Rua Melo Peixoto - Centro - Garanhuns - PE - Fone: (87) 9. 9677-5705

quinta-feira, 8 de outubro de 2020

MORADOR DE ÁGUAS BELAS RECEBE SEMENTES ENVIADA DA CHINA - Polícia Federal orienta quais procedimentos que devem tomar caso alguém receba



A Polícia Federal em Pernambuco tendo em vista atender a demanda da imprensa local sobre investigações a respeito do envio da china de diversos tipos de sementes para vários estados do Brasil, inclusive Pernambuco, esclarece que até o momento, foram confirmados 258 pacotes de sementes não solicitados em 24 estados e no Distrito Federal. Maranhão e Amazonas foram os únicos estados que não registraram recebimento do material.

A Secretaria de Defesa Agropecuária, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), informou na última terça-feira, 06/10 que após análises laboratoriais foram encontrados fungos, bactérias e possibilidade de pragas (que não existem no Brasil) em pacotes de sementes não solicitados que chegaram ao país. Toda a análise está sendo feita no Laboratório Federal de Defesa Agropecuária em Goiás, que é referência no país. A expectativa é que em 30 dias haja um detalhamento maior desses resultados.


As pessoas que receberem os pacotes com as sementes não devem abrir ou manuseá-los, apesar da pequena quantidade, podem trazer pragas para a nossa agricultura, como plantas daninhas, fungos, bactérias, vírus, além disso as sementes podem ter sido tratadas com algum elemento químico ou ser um produto tóxico, por isso não devem ser manuseadas pelas pessoas, plantadas ou descartadas no lixo (para evitar uma possível contaminação ou germinação).

Quem tiver recebido tais sementes devem encaminhá-las de forma bem acondicionada para uma unidade do MAPA (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento) sem medo de sofrer qualquer tipo de sanção ou ser penalizado em virtude de estar prestando uma colaboração da proteção da agropecuária do Brasil e também evitando o contato com um material que possa ter um risco até para a saúde.

A unidade do MAPA fica localizadas na Avenida General San Martin, nº 1000 no bairro do Cordeiro e o telefone é 3326.8540 ou 3326-8541.


As sementes são os insumos que mais têm carga regulatória no mundo, e o recebimento desse material não solicitado nessa quantidade é inédito no mundo. Do ano passado para este ano, houve um aumento de cerca de 150% (passando de 2 mil por mês para 5 mil por mês) no número de apreensões desse tipo de material na central de distribuições dos Correios em Curitiba, onde é centralizada a inspeção de pacotes de menor peso (até 2 kg).

A Polícia Federal em Pernambuco tendo em vista atender a demanda da imprensa local sobre investigações a respeito do envio de Twain de diversos tipos de sementes para vários estados do Brasil, inclusive Pernambuco, esclarece que até o momento, foram confirmados 258 pacotes de sementes não solicitados em 24 estados e no Distrito Federal. Maranhão e Amazonas foram os únicos estados que não registraram recebimento do material.

Em Pernambuco a Polícia Federal detectou o envio para a residência de uma pessoa na cidade de Barreiros e outros estão sendo acompanhados, já existem confirmados pelo Ministério da Agricultura local de envio também para Jaboatão dos Guararapes e Águas Belas, e desenvolve um trabalho de fiscalização em parceira com os Correios, utilizando cães farejadores, juntamente com a Receita Federal e Secretaria da Fazenda com o objetivo de detectar qualquer substância ou material suspeito que possa ser fruto de atividade ilícita. Caso essas sementes sejam identificadas, o material é encaminhado para uma representação local do Ministério da Agricultura.


INVESTIGAÇÃO

Inicialmente, a investigação está sendo feita apenas na esfera administrativa pelo Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento. Após o recolhimento de todas as informações, será feita interação com as autoridades fitossanitárias dos países que supostamente fizeram o envio do material. Caso seja necessário, outros órgãos, como a Polícia Federal, poderão ser acionados. Até o presente momento não há elementos para afirmar se é uma ação intencional ou criminosa para introdução de qualquer vulnerabilidade, praga, bioterrorismo no Brasil.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

QUER ANUNCIAR NO PORTAL Ligue 87 9. 8812-6217