Anuncie aqui!

Anuncie aqui!
QUER ANUNCIAR NO BLOG: E-mail: agresteemalerta@gmail.com Fone: (87) 9 8857-0534 WhatsApp

Clique na imagem para outras informações

A M SEMENTEIRA - Mudas de hortaliças e legumes

A M SEMENTEIRA -  Mudas de hortaliças e legumes

Cia da Construção e Madeireira.

Cia da Construção e Madeireira.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.
Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Maluquinha preço único

Maluquinha preço único
Avenida Santo Antônio, Centro Garanhuns-PE

Rua Melo Peixoto - Centro - Garanhuns - PE - Fone: (87) 9. 9677-5705

Rua Melo Peixoto - Centro - Garanhuns - PE - Fone: (87) 9. 9677-5705

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2021

Ministro do TSE nega recurso impetrado por Eudson Catão para voltar à Prefeitura de Palmeirina, no Agreste de Pernambuco

 

O ministro do TSE, Edson Fachin, negou um pedido de tutela cautelar antecedente impetrado naquele tribunal pelos advogados do ex-prefeito de Palmeirina, Eudson Catão para suspender uma decisão do TRE de Pernambuco, que o afastou do cargo no último dia 04 de fevereiro por um placar de 5 a 2. 

Catão foi eleito subjudice prefeito de Palmeirina nas eleições de 2020, mas uma decisão do Juízo da 59ª Zona Eleitoral indeferiu o seu pedido de registro de candidatura ao reconhecer a incidência da causa de inelegibilidade por conta de rejeição das suas contas relativas a 2012 quando era prefeito daquele município. 

A defesa de Catão alegou que o indeferimento do registro não seria legal pois os efeitos dos atos de reprovação de contas estariam suspensos por decisões do Tribunal Regional Federal  (TRF) e do Tribunal de Justiça do Estado de Pernambuco (TJ/PE)

Em dezembro de 2020, Catão conseguiu uma liminar do TRE que possibilitou a sua diplomação e posse, mas a tutela foi cassada no último dia 04 de fevereiro pelo colegiado do TRE. 

Em sua decisão o ministro Fachin negou o pedido de Catão. O ex-prefeito ainda tentou argumentar que a saída dele atrapalharia o combate à pandemia, mas Fachin disse que, como a decisão que afastou Catão ocorreu no início do mandato, não faz sentido a referida alegação.

Com a saída de Eudson Catão, o Governo Municipal de Palmerina está nas mãos de Lecinho, Presidente da Câmara. A lei prevê que, em casos como esse, a Justiça Eleitoral deve convocar novas eleições no município.


CONFIRA A ÍNTEGRA DA DECISÃO CLICANDO http://www.vecgaranhuns.com/p/decisao-sobre-eudson-catao-proferida.html





Nenhum comentário:

Postar um comentário

QUER ANUNCIAR NO PORTAL Ligue 87 9. 8812-6217