Anuncie aqui!

Anuncie aqui!
QUER ANUNCIAR NO BLOG: E-mail: agresteemalerta@gmail.com Fone: (87) 9 8857-0534 WhatsApp

Clique na imagem para outras informações

A M SEMENTEIRA - Mudas de hortaliças e legumes

A M SEMENTEIRA -  Mudas de hortaliças e legumes

Cia da Construção e Madeireira.

Cia da Construção e Madeireira.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.
Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Maluquinha preço único

Maluquinha preço único
Avenida Santo Antônio, Centro Garanhuns-PE

Rua Melo Peixoto - Centro - Garanhuns - PE - Fone: (87) 9. 9677-5705

Rua Melo Peixoto - Centro - Garanhuns - PE - Fone: (87) 9. 9677-5705

terça-feira, 23 de março de 2021

Ministro da Cidadania diz que auxílio será pago a partir de 5 de abril

 

O novo ministro da Cidadania, João Roma Neto (Republicanos-BA), afirmou, nesta segunda-feira (22), que o novo auxílio emergencial será pago a partir dos dias 5 e 6 de abril.

A data para pagamento do benefício foi divulgada pelo ministro durante participação na rádio Bahia Notícias. Segundo o ministro, a pasta ainda trabalha para elaborar o calendário oficial de distribuição do auxílio.

“Mas já posso antecipar que o pagamento ocorrerá a partir do início de abril. Aproximadamente entre 5 e 6 de abril, já buscamos viabilizar o início do pagamento do auxílio emergencial”, disse à rádio baiana.

Segundo o ministro, o programa ofertará três valores diferentes: de R$ 150 para beneficiários que moram só; R$ 250 para famílias e R$ 375 às mulheres que são chefes de família. A estimativa do chefe da Cidadania é de que 46 milhões de famílias recebam o benefício, que será pago em quatro parcelas.

De acordo com o Ministério da Cidadania, os integrantes do Bolsa Família serão contemplados com o benefício conforme o calendário habitual do programa.

Ou seja, receberão as novas parcelas do auxílio, agora no valor de R$ 150, R$ 250 ou R$ 375, a partir do próximo dia 16 de abril, de acordo com o último dígito do Número de Identificação Social (NIS).

Em 2020, o auxílio emergencial teve parcelas de R$ 600 (ou R$ 1,2 mil no caso de mães chefes de família), por mês, para cada beneficiário. Projetado para durar três meses, o benefício foi estendido para um total de cinco parcelas.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

QUER ANUNCIAR NO PORTAL Ligue 87 9. 8812-6217