Anuncie aqui!

Anuncie aqui!
QUER ANUNCIAR NO BLOG: E-mail: agresteemalerta@gmail.com Fone: (87) 9 8857-0534 WhatsApp

Clique na imagem para outras informações

A M SEMENTEIRA - Mudas de hortaliças e legumes

A M SEMENTEIRA -  Mudas de hortaliças e legumes

Cia da Construção e Madeireira.

Cia da Construção e Madeireira.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.
Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Maluquinha preço único

Maluquinha preço único
Avenida Santo Antônio, Centro Garanhuns-PE

Rua Melo Peixoto - Centro - Garanhuns - PE - Fone: (87) 9. 9677-5705

Rua Melo Peixoto - Centro - Garanhuns - PE - Fone: (87) 9. 9677-5705

quinta-feira, 17 de março de 2022

PF Deflagra Operação PROTECT ll de combate a pornografia infantil na internet

 


A Polícia Federal em Pernambuco, através de sua Delegacia em Salgueiro/PE, deflagrou na manhã de hoje (17/03/2022) a Operação Protect II. Foi dado cumprimento a 01 (um) Mandado de Busca e Apreensão na cidade Salgueiro/PE. A busca foi realizada num endereço residencial de um suspeito de 54 anos. Foram apreendidos celulares, computador, pen drives (mídias de computador). O alvo das buscas também será interrogado pela autoridade policial na Delegacia de Polícia Federal em Salgueiro. 

Todo o material passará por uma perícia técnica, a fim de subsidiar as investigações que estão em andamento. A operação objetiva prevenir e combater ações criminosas de manutenção e difusão, pela internet, de arquivos pornográficos envolvendo crianças e adolescentes, inclusive para outros países. Os crimes de armazenamento e de distribuição de material pornográfico estão previstos nos artigos 241-A e 241-B do Estatuto da Criança e do Adolescente, em caso de condenação, as penas podem alcançar até 6 anos de anos de reclusão.


RELEMBRE O CASO:


A Primeira fase da Operação Protec foi deflagrada em 11/04/2021 e cumpriu a dois mandados de prisão temporária e três mandados de busca e apreensão, na intenção de coibir a prática de crimes de estupro de vulnerável e pornografia infantil contra uma criança nas cidades de Araripina/PE e Caldeirão Grande do Piauí/PI. 

A investigação contou com o auxílio da INTERPOL e retratou um gravíssimo caso de abuso sexual infantil intrafamiliar com a suspeita de que  o crime estava sendo praticado desde agosto de 2020, pelo pai da vítima. Os abusos contra a menor, de apenas cinco anos de idade, eram registrados em vídeos e imagens, e posteriormente compartilhados na rede mundial de computadores, através da chamada DeepWeb. O material pornográfico era produzido pelos próprios investigados e difundido entre outros usuários da rede.

A INTERPOL mantém um banco de dados de imagens de abuso sexual infantil, o qual é alimentado por policiais de 61 países membros e pela EUROPOL. O Brasil faz parte dos países autorizados e certificados para a utilização do sistema desde 2009. No Brasil, a INTERPOL é representada pela Polícia Federal. Os investigados foram conduzidos à Delegacia da Polícia Federal em Salgueiro/PE onde foram autuados pelos crimes de Estupro de vulnerável e produção e difusão de pornografia infantil.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

QUER ANUNCIAR NO PORTAL Ligue 87 9. 8812-6217