Anuncie aqui!

Anuncie aqui!
QUER ANUNCIAR NO BLOG: E-mail: agresteemalerta@gmail.com Fone: (87) 9 8812-6217 WhatsApp

Clique na imagem para efetuar sua compra.

PRIME RASTREAMENTO E PROTEÇÃO AUTOMOTIVA

PRIME RASTREAMENTO E PROTEÇÃO AUTOMOTIVA

A M SEMENTEIRA - Mudas de hortaliças e legumes

A M SEMENTEIRA -  Mudas de hortaliças e legumes

Cia da Construção e Madeireira.

Cia da Construção e Madeireira.

Stop Lanches o Melhor Lanche da cidade

Stop Lanches o Melhor Lanche da cidade
Org: Maciel.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.
Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Maluquinha preço único

Maluquinha preço único
Avenida Santo Antônio, Centro Garanhuns-PE

Rua Melo Peixoto - Centro - Garanhuns - PE - Fone: (87) 9. 9677-5705

Rua Melo Peixoto - Centro - Garanhuns - PE - Fone: (87) 9. 9677-5705

segunda-feira, 11 de novembro de 2019

ESTUDANTES FICAM A PÉ – Motorista com salário atrasado não vai trabalhar e ônibus é tomado pelo proprietário por falta de pagamentos, deixando alunos sem transporte em Palmeirina-PE


A vida na educação já não está fácil para ninguém. Pernambuco tem índices altos de faltas em muitas escolas, mas o caso de Palmeirina foge a todas as regras do cúmulo da falta de compromisso com o povo.
Estudantes ficaram sem transporte devido a episódios inesperados na última sexta-feira (08). Motorista do transporte estudantil estava com salários atrasados e coincidentemente o veículo em que ele trabalhava transportando alunos para escolas de outras cidades também estava com prestações atrasadas. Como o veículo foi comprado pela administração da Prefeitura Municipal de Palmeirina em cunho particular, o ex-proprietário decidiu retomar seu bem e aguardar o pagamento para poder devolve-lo legalmente. 
O fato é que, a administração da cidade, o motorista e o proprietário do veículo, sem pensar nos transtornos que essas ações acarretariam, acabaram prejudicando os estudantes que precisaram fazer a viagem desembolsando valores para transportes alternativos.

“Estamos indignados com essa situação e infelizmente não temos a quem recorrer. Entendemos que o motorista precisa do seu salário para trabalhar, mas é um absurdo a prefeitura não cumprir com sua parte tanto com o profissional, quanto com o rapaz que fez a venda do ônibus. No final disso tudo são os nossos filhos que ficam prejudicados. ” Disse uma moradora da cidade, se mostrando indignada com tudo o que está acontecendo.

A redação deste portal encontra-se a disposição de ambas as partes para que sejam resolvidos o quanto antes esses problemas, e que a população da cidade possa contar pelo menos com um a educação digna para os seus filhos, na confiança de que, pelo menos, o transporte possa ser cedido para o deslocamento dos estudantes que buscam um futuro promissor.


Um comentário:

QUER ANUNCIAR NO PORTAL Ligue 87 9. 8812-6217