Anuncie aqui!

Anuncie aqui!
QUER ANUNCIAR NO BLOG: E-mail: agresteemalerta@gmail.com Fone: (87) 9 8812-6217 WhatsApp

Clique na imagem para outras informações

A M SEMENTEIRA - Mudas de hortaliças e legumes

A M SEMENTEIRA -  Mudas de hortaliças e legumes

Cia da Construção e Madeireira.

Cia da Construção e Madeireira.

Informações clique na imagem

Informações clique na imagem
Rifas Confiante Rifamos seu sonho e ajudando as pessoas!

Prime rastreamento e proteção automotiva

Prime rastreamento e proteção automotiva

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.
Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Maluquinha preço único

Maluquinha preço único
Avenida Santo Antônio, Centro Garanhuns-PE

Rua Melo Peixoto - Centro - Garanhuns - PE - Fone: (87) 9. 9677-5705

Rua Melo Peixoto - Centro - Garanhuns - PE - Fone: (87) 9. 9677-5705

quarta-feira, 10 de junho de 2020

Auxílio emergencial: beneficiários seguem aguardando calendário da terceira parcela


Os beneficiários do auxílio emergencial continuam na expectativa para a divulgação do calendário de pagamento da terceira parcela. A previsão era de que a Caixa Econômica Federal (CEF).

No próximo sábado (13), a Caixa encerra o calendário de liberação de saques e transferências da segunda parcela do auxílio. Todos os beneficiários do Bolsa Família elegíveis para o auxílio emergencial já receberam o crédito da segunda parcela. Entretanto, as pessoas que receberam a primeira parcela depois de 30 de abril seguem aguardando a data de pagamento da segunda parcela.

Mesmo sem a divulgação do calendário da terceira parcela, os técnicos do Ministério da Cidadania afirmam que o cronograma será semelhante ao da segunda parcela, com a separação de datas entre os beneficiários, para não provocar aglomerações nas agências bancárias.

Quase 59 milhões de pessoas estão inscritas no programa para receber o auxílio de R$ 600, que deverá ser estendido por mais dois meses, em um valor menor. De acordo com a lei aprovada no Congresso e sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro no dia 1º de abril, o valor de R$ 600 seria pago para os trabalhadores informais, autônomos e sem renda fixa, durante três meses, por causa dos impactos econômicos da crise do coronavírus (covid-19).

> O que fazer se auxílio emergencial for negado? Veja passo a passo

O recebimento do benefício está limitado a dois membros da mesma família. A mulher que for chefe de família monoparental (a única responsável pelas despesas da casa) receberá duas cotas do auxílio, ou seja, R$ 1.200.

Duas parcelas extra
O Governo Federal deverá pagar mais duas parcelas do auxílio emergencial, além das três que já estavam garantidas desde a criação da renda emergencial. A informação é do jornal O Globo. Porém, de acordo com a publicação, as parcelas terão o valor reduzido pela metade, ou seja, os beneficiários receberão R$ 300. As duas parcelas extras custarão R$ 51 bilhões aos cofres públicos.

Ne10


Nenhum comentário:

Postar um comentário

QUER ANUNCIAR NO PORTAL Ligue 87 9. 8812-6217