Anuncie aqui!

Anuncie aqui!
QUER ANUNCIAR NO BLOG: E-mail: agresteemalerta@gmail.com Fone: (87) 9 8812-6217 WhatsApp

Clique na imagem para outras informações

A M SEMENTEIRA - Mudas de hortaliças e legumes

A M SEMENTEIRA -  Mudas de hortaliças e legumes

Cia da Construção e Madeireira.

Cia da Construção e Madeireira.

Informações clique na imagem

Informações clique na imagem
Rifas Confiante Rifamos seu sonho e ajudando as pessoas!

Prime rastreamento e proteção automotiva

Prime rastreamento e proteção automotiva

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.
Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Maluquinha preço único

Maluquinha preço único
Avenida Santo Antônio, Centro Garanhuns-PE

Rua Melo Peixoto - Centro - Garanhuns - PE - Fone: (87) 9. 9677-5705

Rua Melo Peixoto - Centro - Garanhuns - PE - Fone: (87) 9. 9677-5705

segunda-feira, 22 de junho de 2020

Médicos fixam cruzes pretas às margens do Rio São Francisco em ato pelas vítimas da Covid-19


Foram fixadas 50 cruzes pretas, às margens do Rio São Francisco, na Orla de Petrolina, em Pernambuco. O ato simbólico ocorreu no domingo (21) e fez referência a marca de 50 mil mortes pelo novo coronavírus atingidas no final de semana no Brasil.

Cada cruz preta representou mil mortes registradas pela Covid-19 no Brasil. Os participantes do ato levaram também faixas e fizeram uma homenagem a todos os profissionais de saúde mortos pelo novo coronavírus.

"Nós nos reunimos aqui e fizemos as 50 cruzes para sinalizar, infelizmente, essa marca atingida de 50 mil mortes no nosso país, por conta da Covid-19. Esse marco, de mais de 1 milhão de casos, e também em homenagem aos profissionais de saúde que estão na luta diária, cotidiana. Infelizmente, o Brasil está batendo o recorde de profissionais de saúde mortos pela Covid-19", explicou o médico Aristóteles Cardona.

O manifesto foi organizado pela Rede Nacional de Médicas e Médicos Populares, que informou que foram respeitadas todas as orientações sanitárias previstas para o atual momento, como distanciamento entre os participantes e uso contínuo de equipamentos de proteção individual.

Os atos também foram realizados em mais de 30 cidades pelo país, em ação conjunta entre a Rede Nacional de Médicas e Médicos Populares, a Associação Brasileira de Médicas e Médicos pela Democracia e mais outras 22 entidades nacionais. 

G1 Petrolina



Nenhum comentário:

Postar um comentário

QUER ANUNCIAR NO PORTAL Ligue 87 9. 8812-6217