Anuncie aqui!

Anuncie aqui!
QUER ANUNCIAR NO BLOG: E-mail: agresteemalerta@gmail.com Fone: (87) 9 8812-6217 WhatsApp

PRIME RASTREAMENTO E PROTEÇÃO AUTOMOTIVA

PRIME RASTREAMENTO E PROTEÇÃO AUTOMOTIVA

A M SEMENTEIRA - Mudas de hortaliças e legumes

A M SEMENTEIRA -  Mudas de hortaliças e legumes

Cia da Construção e Madeireira.

Cia da Construção e Madeireira.

Stop Lanches o Melhor Lanche da cidade

Stop Lanches o Melhor Lanche da cidade
Org: Maciel.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.
Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Maluquinha preço único

Maluquinha preço único
Avenida Santo Antônio, Centro Garanhuns-PE

Rua Melo Peixoto - Centro - Garanhuns - PE - Fone: (87) 9. 9677-5705

Rua Melo Peixoto - Centro - Garanhuns - PE - Fone: (87) 9. 9677-5705

quinta-feira, 26 de março de 2020

CORONAVÍRUS - Policiais civis de Pernambuco têm férias suspensas a partir de abril


Policiais civis foram surpreendidos, nesta semana, com uma portaria que suspende as férias previstas para o mês de abril. A medida está relacionada à necessidade do reforço da segurança pública para acompanhar as ações de combate à pandemia do coronavírus em Pernambuco.

A preocupação dos policiais, porém, é que a suspensão das férias se estenda pelos meses seguintes, já que a previsão mais otimista do Ministério da Saúde é de que a pandemia dure até setembro.

“A priori, abril. Mas certamente as (férias) dos meses subsequentes também serão (suspensas)”, disse o presidente da Associação dos Delegados de Polícia de Pernambuco (Adeppe), Bruno Bezerra.

A portaria, assinada pelo subchefe da Polícia Civil de Pernambuco, Nehemias Falcão, informa que aqueles policiais que tiveram as férias suspensas em abril devem gozá-las somente a partir de agosto.

Falta de Equipamentos.

A Adeppe informou que, ontem, solicitou à Secretaria de Defesa Social de Pernambuco (SDS-PE) a adoção do sistema de trabalho remoto e de rodízio para a categoria. A associação denuncia que a maior parte do efetivo não recebeu os Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) necessários para atender o público e conter a transmissão comunitária do coronavírus no Estado.

“Chegaram pouquíssimas unidades, a quantidade é insuficiente. Além disso, o Governo publicou um decreto que obriga os delegados a trabalharem ilimitadamente, sem direito a descanso em regime de PJES (jornada extraordinária sem pagamento de hora extra). Todo mundo vai ficar doente e o serviço vai parar”, afirmou o presidente da Adeppe.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

QUER ANUNCIAR NO PORTAL Ligue 87 9. 8812-6217