Anuncie aqui!

Anuncie aqui!
QUER ANUNCIAR NO BLOG: E-mail: agresteemalerta@gmail.com Fone: (87) 9 8857-0534 WhatsApp

Clique na imagem para outras informações

A M SEMENTEIRA - Mudas de hortaliças e legumes

A M SEMENTEIRA -  Mudas de hortaliças e legumes

Cia da Construção e Madeireira.

Cia da Construção e Madeireira.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.
Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Maluquinha preço único

Maluquinha preço único
Avenida Santo Antônio, Centro Garanhuns-PE

Rua Melo Peixoto - Centro - Garanhuns - PE - Fone: (87) 9. 9677-5705

Rua Melo Peixoto - Centro - Garanhuns - PE - Fone: (87) 9. 9677-5705

terça-feira, 11 de maio de 2021

Anvisa recomenda suspensão imediata da aplicação da AstraZeneca em gestantes

 

Do NE10 Interior

Na noite da última segunda-feira (10), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recomendou a suspensão imediata da aplicação da vacina contra a Covid-19, a AstraZeneca, produzida do Brasil pela Fiocruz, em mulheres gestantes.

A recomendação foi feita por meio de uma Nota Técnica emitida pela Anvisa. A orientação da agência é de que a indicação da bula da AstraZeneca seja seguida pelo Programa Nacional de Imunização (PNI).

A orientação é resultado do monitoramento de eventos adversos feito de forma constante sobre as vacinas Covid-19 em uso no país. O uso chamado de "off label", que é feito em situações não previstas na bula, só deve ser feito mediante avaliação individual, acompanhada por profissional de saúde.

O acompanhamento médico deve avaliar os riscos e benefícios da vacina para a paciente. A atual bula do imunizante não recomenda sua aplicação sem orientação médica.

Investigação de caso de morte

O Ministério da Saúde investiga a morte de gestantes morte de uma gestante após aplicação da Astrazeneca. Em nota, o Ministério da Saúde informou que investiga o caso de uma gestante que morreu no Rio de Janeiro após receber o imunizante.

""O Ministério da Saúde informa que foi notificado pelas secretarias de Saúde Municipal e Estadual do Rio de Janeiro e investiga o caso. Cabe ressaltar que a ocorrência de eventos adversos é extremamente rara e inferior ao risco apresentado pela Covid-19", diz a nota.

O Ministério disse ainda que "recomenda a manutenção da vacinação de gestantes, mas reavalia a imunização no grupo de gestantes sem comorbidades."




Nenhum comentário:

Postar um comentário

QUER ANUNCIAR NO PORTAL Ligue 87 9. 8812-6217