Anuncie aqui!

Anuncie aqui!
QUER ANUNCIAR NO BLOG: E-mail: agresteemalerta@gmail.com Fone: (87) 9 8857-0534 WhatsApp

Clique na imagem para outras informações

A M SEMENTEIRA - Mudas de hortaliças e legumes

A M SEMENTEIRA -  Mudas de hortaliças e legumes

Cia da Construção e Madeireira.

Cia da Construção e Madeireira.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.
Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Maluquinha preço único

Maluquinha preço único
Avenida Santo Antônio, Centro Garanhuns-PE

Rua Melo Peixoto - Centro - Garanhuns - PE - Fone: (87) 9. 9677-5705

Rua Melo Peixoto - Centro - Garanhuns - PE - Fone: (87) 9. 9677-5705

sábado, 5 de junho de 2021

DELIVERY GARANTE O SUSTENTO DE VÁRIAS FAMÍLIAS EM GARANHUNS - Motoboys arriscam suas vidas fazendo trabalhos de entrega em toda a cidade e não são valorizados em Garanhuns

 


Apesar do momento de pandemia todos nós sabemos o quanto está difícil manter a alimentação e seguir pagando as contas em dia e, a exemplo disso, temos os serviços de entrega, um trabalho que coloca em risco a vida dos motociclistas deixando-os na lista dos Profissionais da Linha de Frente em tempos de distanciamento e isolamento social.

"Infelizmente nós temos que arriscar nossas vidas para ganhar o pão de cada dia e felizmente, nós somos contratados para fazer esse serviço extra em algumas empresas na cidade de Garanhuns onde muitas delas são de pessoas que investiram em um pequeno negócio, porque também não tem de onde se sustentar. Mas eu confesso que não é nada fácil! Saímos de casa sem saber se vamos voltar, principalmente porque a violência está cada vez maior, o risco de contrair o vírus e às noites frias da cidade contribuem para que o nosso cuidado seja redobrado, principalmente com a nossa saúde. 

A gente trabalha porque realmente precisa, mas ainda existem pessoas que ignoram a taxa de entrega e até mesmo reclamam dos valores, porém não entendem que, por trás de um motoboy existe uma família que nos espera. Tem dias que eu chego em casa sento e choro, porque vejo que ainda existem pessoas que não entendem o nosso trabalho e, mesmo quando demoramos é porque nem sempre vale a pena sair com uma só entrega, então esperamos outras para poder valer a pena o nosso roteiro e consequentemente o pagamento no final da jornada." Disse o entregador de lanches, Júnior Ferreira, que se emocionou ao relatar sua rotina a nossa equipe de reportagem.

O Portal Agreste em Alerta se solidariza com a classe trabalhadora que, de alguma forma, precisa deslocar-se das suas casas para entregar produtos ou transportar passageiros. Todos precisam de apoio e é por isso que estamos cientes de que, juntos somos mais fortes.


*Apoie os autônomos

*Seja solidário com os motoboys

*A taxa de entrega é o sustento do trabalhador informal.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

QUER ANUNCIAR NO PORTAL Ligue 87 9. 8812-6217