Anuncie aqui!

Anuncie aqui!
QUER ANUNCIAR NO BLOG: E-mail: agresteemalerta@gmail.com Fone: (87) 9 8812-6217 WhatsApp

Clique na imagem para outras informações

A M SEMENTEIRA - Mudas de hortaliças e legumes

A M SEMENTEIRA -  Mudas de hortaliças e legumes

Cia da Construção e Madeireira.

Cia da Construção e Madeireira.

Stop Lanches o Melhor Lanche da cidade

Stop Lanches o Melhor Lanche da cidade
Org: Maciel.

Prime rastreamento e proteção automotiva

Prime rastreamento e proteção automotiva

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.
Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Maluquinha preço único

Maluquinha preço único
Avenida Santo Antônio, Centro Garanhuns-PE

Rua Melo Peixoto - Centro - Garanhuns - PE - Fone: (87) 9. 9677-5705

Rua Melo Peixoto - Centro - Garanhuns - PE - Fone: (87) 9. 9677-5705

sexta-feira, 1 de maio de 2020

COVID-19 - Ministro da Saúde admite agravamento da pandemia e diz que Brasil pode ter mil mortes por dia por coronavírus


Com o aumento significativo no número de mortes no período de 24 horas por causa do coronavírus e a curva acentuada na estatística de casos confirmados, chegando a ultrapassar a China, marco zero da doença, o Ministério da Saúde já admite o agravamento da situação no Brasil.  De acordo com o ministro Nelson Teich, o país pode chegar a ter mil mortes por dia.

De acordo com o último boletim epidemiológico divulgado pelo Ministério da Saúde, o Brasil registrou, nas últimas 24 horas, 435 mortes. O alto número tem sido uma constante. O recorde de óbitos contabilizados de um dia para o outro é o do boletim da última terça-feira (28), quando foram registradas 474 novas mortes. De acordo com Nelson Teich, as estatísticas podem subir ainda mais.


Em relação a um possível número de mortes, hoje a gente está perto de 500 mortes, 400. O número de 1.000, se estivermos num movimento, num crescimento significativo da pandemia, é um número que é possível acontecer. Não quer dizer que vai acontecer. A gente tem que acompanhar a cada dia para ver o que está acontecendo para tomar as decisões”, afirmou o ministro.

Junto com o número de mortes, sobem as estatísticas de casos confirmados da COVID-19. Já são 85.380 notificações registradas no Brasil, que ultrapassou a China, marco zero da doença, que confirmou 83.944 pacientes com coronavírus. De acordo com Teich, o ministério já mapeou os lugares mais críticos no país.

“A curva vem crescendo e há agravamento da situação. Isso continua restrito aos lugares que estão vivendo maiores dificuldades, como Manaus, Recife, Rio de Janeiro e São Paulo. Entendendo que Brasil tem que ser tratado de forma diferente, mas nesses lugares com um quadro de piora vamos continuar acompanhando para ver como vai ser a evolução”, concluiu.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

QUER ANUNCIAR NO PORTAL Ligue 87 9. 8812-6217