Anuncie aqui!

Anuncie aqui!
QUER ANUNCIAR NO BLOG: E-mail: agresteemalerta@gmail.com Fone: (87) 9 8834-9192 WhatsApp

PRIME RASTREAMENTO E PROTEÇÃO AUTOMOTIVA

PRIME RASTREAMENTO E PROTEÇÃO AUTOMOTIVA

Sandro refeições

Sandro refeições

Cia da Construção e Madeireira.

Cia da Construção e Madeireira.

Stop Lanches o Melhor Lanche da cidade

Stop Lanches o Melhor Lanche da cidade
Org: Maciel.

Eletrônica Pc Games

Eletrônica Pc Games
Pop-shop Garanhuns

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.
Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Maluquinha preço único

Maluquinha preço único
Avenida Santo Antônio, Centro Garanhuns-PE

terça-feira, 15 de janeiro de 2019

Garanhuns: MPPE recomenda que fundações remetam as prestações de contas de 2018


O Ministério Público de Pernambuco (MPPE), através da Promotoria de Justiça de Garanhuns, recomendou aos representantes legais das fundações com sede ou filial no município que remetam as prestações de contas referentes ao exercício financeiro de 2018, até o último dia útil do mês de junho.

“O patrimônio da fundação pertence à sociedade ou a uma parcela determinada desta, desvinculando-se de seu instituidor, tornando-se de domínio público, em razão de sua finalidade social”, destacou no texto da recomendação o promotor de Justiça Domingos Sávio.

Segundo a RES-PGJ nº 08/2010, as prestações de contas das fundações no âmbito de Pernambuco devem ser apresentadas ao MPPE através do Sistema de Cadastro e Prestação de Contas (SICAP). A prestação de contas deve ser entregue na respectiva Promotoria de Justiça da comarca onde está localizada a sede ou filial da fundação. Já fundações com sede em Pernambuco e representação em outro estado deverá apresentar a prestação nas Promotorias dos dois locais.

Ainda de acordo com a resolução, a prestação de contas do Sicap deve conter a carta de representação, recibo de entrega, dados cadastrais, informação sobre a gestão, demonstrativos financeiros e fontes de recursos.

Se as contas não forem apresentadas em tempo hábil, o promotor de Justiça competente pode determinar que a entidade o faça em até dez dias. Se mesmo assim a determinação não for atendida, ensejará requerimento judicial de prestação de contas e responsabilização dos administradores das fundações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

QUER ANUNCIAR NO BLOG Ligue 87 9 9962-6354 / 9 8164-4420

J&N CARNES

J&N CARNES