Anuncie aqui!

Anuncie aqui!
QUER ANUNCIAR NO BLOG: E-mail: agresteemalerta@gmail.com Fone: (87) 9 8857-0534 WhatsApp

Clique na imagem para outras informações

A M SEMENTEIRA - Mudas de hortaliças e legumes

A M SEMENTEIRA -  Mudas de hortaliças e legumes

Cia da Construção e Madeireira.

Cia da Construção e Madeireira.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.
Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Maluquinha preço único

Maluquinha preço único
Avenida Santo Antônio, Centro Garanhuns-PE

Rua Melo Peixoto - Centro - Garanhuns - PE - Fone: (87) 9. 9677-5705

Rua Melo Peixoto - Centro - Garanhuns - PE - Fone: (87) 9. 9677-5705

quarta-feira, 20 de janeiro de 2021

Delegado pede lista de profissionais que ministraram vacina em fotógrafo de Jupi, no Agreste de Pernambuco

O delegado responsável pela delegacia de Calçado, Dr. Alexandre Veras, pediu a lista dois profissionais que ministraram a vacina no fotógrafo Guilherme JG. O delegado através da Polícia Civil abriu uma investigação para identificar se há indícios de crime envolvendo os servidores públicos que aplicaram vacinas contra o Covid-19 em pessoas que não faziam parte do grupo prioritário estabelecido no plano nacional de imunização. Na última terça-feira (19), fotógrafo Guilherme JG, divulgou um vídeo ao lado da Secretária de Saúde e  de uma técnica de enfermagem, recebendo a vacinação contra o Covid-19. O vídeo repercutiu nacionalmente mostrando que o protocolo de imunização contra o Covid-19 havia sido violado. 

Guilherme JG

Nadir Ferro Secretária de Saúde

Em nota o prefeito Marcos Patriota informou que afastou o fotógrafo e Maria Nadir Ferro,  Secretária de Saúde de suas funções. 

NOTA DE ESCLARECIMENTO DA SECRETARIA DE SAÚDE DO ESTADO DE PERNAMBUCO. 

Sobre o caso de um fotógrafo sendo vacinado, fora do grupo prioritário na cidade de Jupi, no Agreste Meridional de Pernambuco, a Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) informa que vai solicitar apoio ao Ministério Público de Pernambuco (MPPE) e à Secretaria de Defesa Social para que o caso seja investigado e, se confirmada a imunização fora do grupo prioritário, com desvio de finalidade, os responsáveis sejam punidos.

O MPPE irá instaurar procedimento para apurar a conduta, no âmbito civil e criminal, uma vez que houve o desrespeito às normas contidas no Plano Nacional de Imunização e as pactuações locais acerca do cronograma de vacinação. O MPPE irá instaurar procedimento para apurar a conduta, no âmbito civil e criminal, uma vez que houve o desrespeito às normas contidas no Plano Nacional de Imunização e as pactuações locais acerca do cronograma de vacinação.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

QUER ANUNCIAR NO PORTAL Ligue 87 9. 8812-6217