Anuncie aqui!

Anuncie aqui!
QUER ANUNCIAR NO BLOG: E-mail: agresteemalerta@gmail.com Fone: (87) 9 8812-6217 WhatsApp

Clique na imagem para efetuar sua compra.

PRIME RASTREAMENTO E PROTEÇÃO AUTOMOTIVA

PRIME RASTREAMENTO E PROTEÇÃO AUTOMOTIVA

A M SEMENTEIRA - Mudas de hortaliças e legumes

A M SEMENTEIRA -  Mudas de hortaliças e legumes

Cia da Construção e Madeireira.

Cia da Construção e Madeireira.

Stop Lanches o Melhor Lanche da cidade

Stop Lanches o Melhor Lanche da cidade
Org: Maciel.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.
Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Maluquinha preço único

Maluquinha preço único
Avenida Santo Antônio, Centro Garanhuns-PE

Rua Melo Peixoto - Centro - Garanhuns - PE - Fone: (87) 9. 9677-5705

Rua Melo Peixoto - Centro - Garanhuns - PE - Fone: (87) 9. 9677-5705

quarta-feira, 26 de junho de 2019

Pai de adolescente morta e torturada em Maria Farinha soube do caso vendo vídeo em lanchonete

Jc online 

Sem acreditar ainda no que aconteceu, familiares e amigos da jovem de 14 anos que foi assassinada por duas adolescentes em Maria Farinha, participaram do velório da adolescente na manhã desta quarta-feira (26), no Cemitério de Santo Amaro, área central do Recife. A mãe da jovem não teve condições de falar com a imprensa. Em uma cadeira de rodas, estava muito abalada e foi consolada por outros familiares todo o tempo. O pai afirmou que ficou sabendo da morte da menina vendo o vídeo do brutal assassinato que circula nas redes sociais.
"Estava indo para minha casa. Quando cheguei em uma lanchonete, fui comer alguma coisa, as pessoas estavam compartilhando o vídeo: 'duas meninas mataram outra em Maria Farinha'. Eu falei 'cadê, deixa eu ver?'", relatou.
"Eu não vi o rosto, mas vi o perfil. Já me deu um calafrio. Aí eu fiz, 'ei, cara, mostra o rosto'", continuou. Diante da resistência das pessoas, o homem revelou que a menina do vídeo poderia ser sua filha. "Eu falei 'por favor, adianta, ela é minha filha!'. Todo mundo parou, olhou assim e aceleraram o vídeo. Quando eu olhei, tive um choque", descreveu emocionado o pai.


O namorado da jovem também estava na cerimônia. Ele contou que falou com ela na manhã do crime. "Ela passou no meu trabalho de manhã para ir para à escola e me pediu dinheiro para lanchar. Ela olhou para mim e disse: 'meu amor, eu te amo'. Aí eu disse 'te amo, vida'", descreveu.
Segundo o namorado, quem contou o que tinha acontecido foi a própria mãe da vítima. "Quando cheguei na rua de casa, a mãe dela se deparou comigo e perguntou por ela. Ai eu disse:'tá na escola'. Ela falou 'tá não, mataram ela'. Alguém já tinha mandando para ela o vídeo e a foto", conta o jovem.

Relação com uma das suspeitas

O pai e o namorado confirmaram que a jovem tinha um relacionamento conturbado com uma das suspeitas de cometer o crime. A vítima chegou a fugir de casa por 20 dias quando namorava com a suspeita. O pai alegou que chegou a proibir o relacionamento e que a suspeita tem um histórico ruim. "Ela sofria agressões tanto psicológicas quanto físicas", afirmou.
De acordo com o namorado, a vítima tinha marcas de agressões pelo corpo. "Ela tinha medo dela, porque ela batia nela. Tinha várias cicatrizes de faca na perna", conta o jovem.

O crime



A adolescente foi agredida até a morte na terça-feira (25), no Pontal de Maria Farinha, em Paulista, Região Metropolitana do Recife (RMR). De acordo com a Polícia Civil, as suspeitas do crime são duas jovens de 15 anos, que filmaram toda a ação e divulgaram o conteúdo nas redes sociais.
O vídeo tem oito minutos e 34 segundos de duração e mostra a vítima sendo torturada. Mesmo pedindo que as agressoras parassem e conversassem com ela, a jovem não conseguiu escapar dos socos, puxões de cabelo, tentativas de afogamento e golpes de faca
As adolescentes foram apreendidas e levadas para a Unidade de Atendimento Inicial da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase), localizada na Boa Vista, Centro do Recife.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

QUER ANUNCIAR NO PORTAL Ligue 87 9. 8812-6217