Anuncie aqui!

Anuncie aqui!
QUER ANUNCIAR NO BLOG: E-mail: agresteemalerta@gmail.com Fone: (87) 9 8812-6217 WhatsApp

Clique na imagem para outras informações

Sombra Celular nesse você pode confiar

Sombra Celular  nesse você pode confiar

A M SEMENTEIRA - Mudas de hortaliças e legumes

A M SEMENTEIRA -  Mudas de hortaliças e legumes

Cia da Construção e Madeireira.

Cia da Construção e Madeireira.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.
Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Maluquinha preço único

Maluquinha preço único
Avenida Santo Antônio, Centro Garanhuns-PE

Rua Melo Peixoto - Centro - Garanhuns - PE - Fone: (87) 9. 9677-5705

Rua Melo Peixoto - Centro - Garanhuns - PE - Fone: (87) 9. 9677-5705

terça-feira, 13 de outubro de 2020

Nova fase de volta às aulas em Pernambuco nesta terça-feira

 


A terça-feira será marcada pela volta às aulas presenciais para boa parte da educação privada em Pernambuco. Devido ao impasse jurídico que cercou, na semana passada, o processo que previa o retorno escalonado do ensino médio no Estado, muitas escolas da rede privada optaram por retomar as aulas do 3º ano do ensino médio nesta terça-feira (13), data que já estava previsto o regresso dos estudantes dos segundos anos. A rede pública, no entanto, só volta a partir do dia 21 de outubro, após acordo entre professores e o governo de Pernambuco. Na sexta-feira (09), após a liminar que proibia a reabertura das escolas particulares ter sido cassada pelo Tribunal Regional do Trabalho da 6ª Região (TRT6), algumas escolas do Recife abriram as portas, enquanto outras decidiram esperar pela terça. Com a insegurança jurídica para a volta das aulas presenciais – criada pela batalha na Justiça entre a Procuradoria Geral do Estado (PGE), os sindicatos das escolas privadas e dos professores -, ficou para cada colégio privado decidir a data de volta dos concluintes. Os colégios Fazer Crescer, Santa Maria e Madre de Deus, no Recife, e Dom, em Olinda, na Região Metropolitana do Recife, por exemplo, voltaram a funcionar ainda na sexta. Já outras escolas, como o Equipe, Damas, GGE, Cognitivo e CBV decidiram que só retomariam as aulas nesta terça, tanto para os alunos do 2º como do 3º anos. Permanecem sem previsão de voltar ao ensino presencial os alunos da educação infantil e do ensino fundamental. Para os alunos que estão no meio do furacão, a certeza do retorno tem sido um alívio. “Não acredito que, finalmente, conseguirei voltar ao colégio. Estou muito feliz. Não só por voltar a interagir com os professores e meus amigos, mas principalmente pelo aprendizado. As aulas remotas são boas, mas é diferente, principalmente em ano de Enem. É difícil. A aula presencial é melhor. Ainda acho”, afirmou João Paulo Silva, que cursa o 3º ano no Colégio Damas. A expectativa é grande, também, entre donos e funcionários das escolas. “Pelo levantamento que fizemos há uma semana, teremos o retorno de 100% dos professores e coordenadores e 90% dos alunos. Por isso estamos tranquilos e confiantes. É grande a nossa expectativa e alegria com o retorno”, comemorou o professor Armando Reis, diretor do Colégio Equipe, localizado na Zona Oeste do Recife. No Colégio Damas, que funciona na Zona Norte da capital, a expectativa é para o retorno apenas do primeiro grupo do 3º ano do ensino médio. A escola dividiu as turmas do ensino médio em dois grupos para cada ano. Será adotado um rodízio semanal para as aulas presenciais. Os estudantes do 2º ano seguem o mesmo esquema e só irão retomar as aulas a partir do dia 19 de outubro. Para muitos, no entanto, a volta às aulas presenciais será adiada mais um pouco. É o caso do aluno João Vicente Moura de Noronha, que cursa o 3º ano no CBV, que só retornará em novembro. A razão: a família avaliou que é melhor esperar mais um pouco, mesmo com a proximidade do Enem. “Esses últimos meses longe do colégio foram bem complicados. Ter que aceitar outra rotina e manter o foco nos vestibulares com tanta coisa acontecendo foram as piores partes. Então, eu estou muito feliz com a volta às aulas. Acho, inclusive, que já devia ter acontecido. Mas, mesmo assim, não vou voltar logo nos primeiros dias. Meus pais preferem ver como as coisas vão funcionar primeiro e, conforme for, me liberar. A maioria dos meus amigos vão voltar ainda essa semana. Queria estar com eles, mas entendo o lado dos meus pais”, afirmou o estudante.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

QUER ANUNCIAR NO PORTAL Ligue 87 9. 8812-6217