Anuncie aqui!

Anuncie aqui!
QUER ANUNCIAR NO BLOG: E-mail: agresteemalerta@gmail.com Fone: (87) 9 8857-0534 WhatsApp

Clique na imagem para outras informações

A M SEMENTEIRA - Mudas de hortaliças e legumes

A M SEMENTEIRA -  Mudas de hortaliças e legumes

Cia da Construção e Madeireira.

Cia da Construção e Madeireira.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.
Rua Joaquim Nabuco 33 Centro Garanhuns PE.

Maluquinha preço único

Maluquinha preço único
Avenida Santo Antônio, Centro Garanhuns-PE

Rua Melo Peixoto - Centro - Garanhuns - PE - Fone: (87) 9. 9677-5705

Rua Melo Peixoto - Centro - Garanhuns - PE - Fone: (87) 9. 9677-5705

sexta-feira, 4 de dezembro de 2020

Cupira: MP Eleitoral consegue na Justiça liminar para que agentes públicos sejam readmitidos após demissões injustificadas e por questões eleitorais

 

A Promotoria Eleitoral da 86ª Zona Eleitoral conseguiu na Justiça liminar determinando imediata readmissão oito agentes públicos, com vínculos funcionais diretos ou indiretos com o Município de Cupira, após ajuizamento de ação de investigação judicial eleitoral (AIJE) por prática de interferência do poder econômico e o desvio ou abuso do poder de autoridade, em desfavor da liberdade do voto nas Eleições Municipais de 2020 pelo atual prefeito José Maria Leite de Macedo, que foi reeleito.

O Ministério Público Eleitoral (MPE) apurou que os oitos agentes, com vínculos funcionais diretos ou indiretos com o Município de Cupira foram alvos de perseguições e de ameaças graves como meio de coagi-los em razão de não votarem no grupo político que os representados integram e/ou exporem oposição política a eles nas Eleições Municipais de 2020, tendo sido transferido(s), removido(s), exonerado(s), demitidos(as) e desligados(as) das funções públicas que desempenhavam porque passaram a explicitar que votariam nos candidatos do grupo político de Sandoval José de Luna, candidato a prefeito e opositor ao grupo político do candidato a reeleição de prefeito e representado, José Maria Leite de Macedo.

Além do atual prefeito, o (MPE) também ajuizou ação em face Alvani Correia Feitosa, João Eudes Duarte, Jailson Alves, Carlos Alberto Arruda Fabrício, André Martins, Maria Verônica de Melo Silva, Eliane Nogueira, Verônica de Melo e Fábio Luiz Lessa, todos  agentes públicos do Município de Cupira e, em coautoria com Thallysson Pinto Cândido, presidente do Instituto de Desenvolvimento Humano-IDH, o qual foi contratado para, formalmente, admitir centenas de pessoas para trabalharem na Prefeitura do Município cupirense, e Thiago José de Arruda Dias, presidente da empresa GAA Dias Caminhão, contratada para fornecer o transporte de resíduos sólidos no município.

De acordo com a AIJE, ajuizada pelo promotor Eleitoral Leôncio Tavares, no dia 19 de novembro, todos os agentes mencionados também praticaram os ilícitos eleitorais de condutas tendentes a afetar a igualdade de oportunidades entre candidatos nas Eleições Municipais de 2020, a saber, nomear, contratar ou de qualquer forma admitir, demitir sem justa causa, suprimir ou readaptar vantagens ou por outros meios dificultar ou impedir o exercício funcional e, ainda, ex officio, remover, transferir ou exonerar servidor público, na circunscrição do pleito, nos três meses que o antecedem e até a posse dos eleitos.

Decisão - A liminar da Justiça Eleitoral, do juiz eleitoral Cristiano Henrique de Freitas Araújo, no dia 27 de novembro, foi pela imediata readmissão de Anny Katywssy de Melo Oliveira no cargo/emprego/função de Fisioterapeuta; de Adriana Cristina Paes da Silva, no cargo/emprego/função gratificada; de Edmar Freire Borba no cargo/emprego/função de Médico; de Alziane Edite da Silva Barros, no cargo/emprego/função de Recepcionista; de Carlos Augusto Cardeal Soares, no cargo/emprego/função de Prestador de Serviços; de José Arielson Paes da Silva, no cargo/emprego/função de Coordenador de Iluminação Pública; de Joselma Alves Ferreira, no cargo/emprego/função de Servidora Pública Comissionada de Auxiliar Administrativo; de Érica Manoela Caetano dos Santos, no cargo/emprego/função de Servidora Pública Comissionada de Auxiliar Administrativo.

Os fatos apurados pelo Promotoria Eleitoral da 86ª Zona - Nos meses de abril, setembro e de outubro de 2020, os representados abusaram do poder político que dispunham, usando de grave ameaça para coagir alguém a votar, ou não votar, em determinado candidato ou partido, ainda que os fins visados não sejam conseguidos, nas Eleições Municipais de 2020 em Cupira/PE, bem como demitiram sem justa causa, dificultaram e impediram o exercício de funções públicas, além de terem removido, transferido e exonerado servidores públicos do município cupirense.

Adriana Cristina Paes da Silva, José Arielson Paes da Silva, Alziane Edite da Silva Barros, Joselma Alves Ferreira e Érica Manoela Caetano dos Santos eram servidores públicos do Município de Cupira, contratados/admitidos/nomeados/designados diretamente pelo ente municipal.

Edmar Freire Borba e Anny Katywssy de Melo Oliveira eram servidores públicos do Município de Cupira, contratados/admitidos/nomeados/designados por meio do Instituto de Desenvolvimento Humano-IDH. E Carlos Augusto Cardeal Soares era servidor público e prestador de serviços do Município cupirense, admitido/contratado por meio da empresa GAA Dias Caminhão.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

QUER ANUNCIAR NO PORTAL Ligue 87 9. 8812-6217